Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Opinião/Reflexão/Crônica

Hoje quero falar de Memórias Afetivas.

Publicada em 09/12/21 às 23:06h - 546 visualizações

por Fabiana Galdino - Fabilândia @quandoviratexto


Compartilhe
Compartilhar a notícia Hoje quero falar de Memórias Afetivas.   Compartilhar a notícia Hoje quero falar de Memórias Afetivas.   Compartilhar a notícia Hoje quero falar de Memórias Afetivas.

Link da Notícia:

Hoje quero falar de Memórias Afetivas.
 (Foto: Messias Ferreira)

Recebi essa foto cedinho e passou um filme na minha cabeça...

Esse presépio é montado na parte da frente da casa dos meus avós maternos (Dona Irene e Seu Zuza) há mais de 40 anos. Lembro-me nitidamente de ter acompanhado a montagem dele em alguns anos, sempre com muito zelo e carinho. Lembro, também, que ele era tipo um "atrativo turístico" pois muitas mães levavam os filhos para conhecerem o presépio da Dona Irene. 

Ver esta foto me fez lembrar muita coisa boa. Lembro-me que eu era tão pequena que ficava de ponta de pé para ver o presépio. Lembro do presente que ela deu aos netos no último Natal (ela faleceu dois dias depois do Natal).

Tantas lembranças boas.

Fiquei pensando nas memórias Afetivas que tenho e nas que estou criando com pessoas, nos lugares, com os cheiros e os sabores.

As memórias Afetivas são criadas no dia a dia, quando guardamos os momentos bons e também aqueles não tão bons mas que nos fizeram crescer (Os ruins devem ser lembrados só se forem para o crescimento... Nada de perder tempo pensando em coisas ruins).

Estes momentos é que nos trazem um sorriso no rosto, uma sensação de realização e até mesmo uma pontinha de saudade.

Quando meus netos vierem farei questão de mostrar esse presépio a eles e contar a história de Zuza e Irene. Ele, trabalhador da Chesf (Almoxarife). Ela, autônoma. Trabalhava na sua sapataria produzindo e consertando sapatos.

Duas pessoas fortes que criaram e educaram muito bem os 8 filhos.

E produziram na nossa família lindas memórias Afetivas.

Rever esse presépio me fez voltar ao tempo e lembrar quando convivia com meus avós (hoje eles moram no céu).

E entender que quando a gente ama alguém, ela fica viva e guardadinha no coração da gente como uma linda memória afetiva...

"A vida não é julgada pelo tempo mas pelas memórias dos momentos especiais."

Colecione memórias Afetivas com quem você ama. Existem momentos que duram segundos, mas deixam lembranças para toda vida.

Texto: Fabilândia @quandoviratexto

Foto: Messias Ferreira

#pensenisso

#inspira #saudemental #fé  #felicidade #depressãonãoéfrescura #esperanca #autoestima #motivacao #mensagemdodia




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

6 comentários


galindorosejane@gmail.com

14/12/2021 - 00:31:55

Obrigada minha linda, nos transportou à todos os momentos lindos que Madrinha IRENE nos proporcionou: Ao presépio, à dança do pastourinho, aos almoços dos Domingos sempre finalizado com uma sobremesa nova,à Casinha da boneca;Lembranças Felizes e inesquecíveis.


Marcia

10/12/2021 - 10:55:58

Texto muito bem escrito e de um significado intenso!


Marcos Antônio Lima

10/12/2021 - 07:01:25

MA-RA-VI-LHO-SO!!!


Socorro Araújo

10/12/2021 - 05:26:02

A beleza de um presépio é a representação máxima de nosso amor ao criador e nos remete a toda emoção que o natal nos trás, sempre renovando nossos sentimentos de renascimento para fé e para a vida!


Fabiana Galdino

09/12/2021 - 23:50:41

Emocionada ❤️


Jacilda Mendes

09/12/2021 - 23:29:02

Verdade. Memórias afetivas fazem bem ao coração ❤️


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12