Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Opinião/Reflexão/Crônica

De como educar os políticos para a transformação e superação dos problemas sociais

Publicada em 28/01/20 às 12:38h - 704 visualizações

por Francisco Nery Júnior - De Salvador/BA para o site e jornal Folha Sertaneja


Compartilhe
Compartilhar a notícia De como educar os políticos para a transformação e superação dos problemas sociais  Compartilhar a notícia De como educar os políticos para a transformação e superação dos problemas sociais  Compartilhar a notícia De como educar os políticos para a transformação e superação dos problemas sociais

Link da Notícia:

De como educar os políticos para a transformação e superação dos problemas sociais
Uma reflexão muito apropriada para um ano de eleições municipais  (Foto: imagem ilustrativa - Estátua de Platão)

Janeiro de 2020, início da leitura de A República de Platão, em português, Clássicos para Todos da Editora Nova Fronteira, tradução de Leonel Vallandro.

Os comentários que seguem para o leitor estão calcados na apresentação-síntese muito bem elaborada pela editora. Seguem oportunos, acredito, se considerarmos o atual estágio da nossa evolução política.

O objetivo básico de Platão, em forma e estilo poéticos, é sintetizar o fenômeno político visando à busca de soluções para os problemas do mundo com foco na JUSTIÇA, que o apresentador considera o problema central da obra.

Que mais desejaria o povo – no caso o povo de Paulo Afonso – além da resolução dos problemas que afligem a sua vida cotidiana em ambiente de solidariedade e justiça?

Tal processo tem a função de recrutar um chefe com a função primordial de moderar, coordenar e harmonizar os relacionamentos sociais.

Para tal, o chefe deveria ser submetido a uma maratona especial de educação científica e política coordenada pelos filósofos (cientistas, professores e escritores; cronistas).

O objetivo básico seria a aquisição do amor à verdade, do gosto pela pesquisa [e pela honestidade] e da faculdade de bem discernir; tudo dentro de um contexto.

O processo também deveria conduzir à escolha dos guardiões do processo entre os guerreiros que deveriam, por sua vez, ser submetidos a sessões de ginástica e música para não perder a ternura. Seria um treinamento para serem duros [se necessário] sem serem grosseiros.

Na obra, Platão aborda cinco tipos de governo, além do governo ideal que visualizava, entre eles a aristocracia, a oligarquia e a tirania,

Pelo que aprendemos da lavra de um dos maiores filósofos da humanidade, fica a critério do leitor definir, na escala de 0 a 10, a gradação dos políticos brasileiros.

Francisco Nery Júnior

(membro da ALPA – Cadeira 18)

De Salvador/BA, para a Folha Sertaneja




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

3 comentários


F. Nery Jr.

02/02/2020 - 11:50:46

O formato que o agente da lan house em Salvador escolheu para enviar a matéria alterou a divisão original dos parágrafos do texto. Deve ter sido isto. Os estudantes de português desconsiderar.Desculpem-nos a falha.


Maria do Socorro

28/01/2020 - 13:06:22

Excelente reflexão, Francisco Nery. Bem pertinente a conjuntura atual!


Negrito Alcantara

28/01/2020 - 12:55:59

lendo esse texto vejo que temos que da é 0 mesmo para muitos políticos de Paulo Afonso.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!