noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

HISTÓRIAS & LEMBRANÇAS - Valdomiro Nascimento

Viva a Santo Antonio do Pambu, o nosso Padroeiro!

Publicada em 29/01/24 às 11:02h - 1378 visualizações

Valdomiro Nascimento


Compartilhe
Compartilhar a noticia Viva a Santo Antonio do Pambu, o nosso Padroeiro!  Compartilhar a noticia Viva a Santo Antonio do Pambu, o nosso Padroeiro!  Compartilhar a noticia Viva a Santo Antonio do Pambu, o nosso Padroeiro!

Link da Notícia:

Viva a Santo Antonio do Pambu, o nosso Padroeiro!
 (Foto: Divulgação Valdomiro Nascimento)

Contam os historiadores que há muitos, muitos anos atrás foi encontrada em uma pedra a pequena imagem de Santo Antonio, às margens do Rio São Francisco, no Povoado do Pambu, Município de Abaré, na Região Norte da Bahia. 

As pessoas começaram a fazer promessas e a notícia foi se espalhando que o Santo era milagroso. 

Com o tempo, fizeram uma Igreja e o lugar do Altar é exatamente na pedra onde a imagem do Santo foi encontrada.

Tenho várias lembranças de minha infância, na década de 1960, quando meus pais Seu Valério e Dona Cotinha, da Fazenda Varjota, Icozeira, reuniam a Família e, montados a cavalo, íamos visitar a Igreja de Santo Antonio do Pambu. 

No meio do caminho a parada obrigatória era na Fazenda Escalavrado de Dona Urçulina, madrinha de minha mãe. Lembro-me de Comadre Coló, muita amiga também de minha Família. 

Na chegada ao Pambu, Dona Maria Pia nos recebia com muita alegria, pois era ela que cuidava da Igreja. Era um momento de muita fé, para nós. Santo Antonio estava nos esperando todos os anos.

Toda a Região faz essa peregrinação até hoje. Muita gente viaja quilômetros à pé, para agradecer as graças alcançadas.

Atualmente, quem cuida da Igreja é Rosineide Menezes de Aguiar (na foto com sua mãe D. Rosa Menezes de Aguiar), neta de Dona Maria Pia, mantendo uma tradição de muitos anos.

Com a doação dos romeiros são feitas as benfeitorias na Igreja e sua manutenção. Agora mesmo, está sendo preciso colocar um sino novo na Igreja (o antigo está quebrado).

A Festa tradicional de Santo Antonio do Pambu é comemorada no dia 06 de janeiro, quando os fiéis de vários Municípios, outros Estados e até do Exterior visitam o Santuário.

Colhi alguns relatos de devoção e fé:

Maria Eugênia Nunes nasceu na Fazenda Pereiro, perto de Icozeira. Lembra de sua adolescência, nos anos 60, indo à pé pagar as promessas pelas graças alcançadas na Igreja do Pambu com sua Tia Cleonice Nunes. Andavam muitas léguas (uma légua tem seis quilômetros), levavam um bornal com rapadura, carne de bode e farinha, também uma cabaça com água. Durante a viagem pediam água nas Fazendas. Lembra ainda das paradas na Fazenda Escalavrado, com muita felicidade.

Fátima Silva (de Ibó) tem boas recordações dos romeiros passando na Fazenda Curralinho, de sua Avó Antonia Bela. Muitos montados a cavalo e outros andando, felizes cantando e orando a caminho da Igreja do Pambu. Comadre Antonia, já esperava as caravanas com uma boa comida e uma carinhosa acolhida. Todos iam visitar o glorioso Santo Antonio do Pambu, levando os amuletos das graças alcançadas, feitos em madeira, como: perna, pé, dedo, cabeça, enfim o órgão curado. Muita fé e devoção, lembra Fátima.

O Vaqueiro Quicas Valdivino (foto), natural do Município de Belém do São Francisco, Pernambuco, nasceu com problemas de coordenação motora. Sua mãe fez uma promessa com Santo Antonio e a graça foi alcançada. Recentemente foram agradecer e levaram um corpo de madeira para deixar na Igrejinha da Santa Cruz da Venerada, pertinho da Igreja de Santo Antonio do Pambu, onde são guardados todos os amuletos. Um momento de muita comoção e fé!

Acelino Secundino dos Santos, residente no NH3, no Município de Juazeiro, Bahia, testou positivo para covid 19. Seu quadro piorou e teve que passar por intubação, quando teve paradas cardíacas. As senhoras Rita Rosalina dos Santos e Mariquinha Antonia fizeram uma promessa com Santo Antonio do Pambu, para a sua cura. Com as graças de Deus, Acelino se recuperou. Os Médicos, os Enfermeiros e a sua Família ficaram muito felizes.

Para a realização desta Matéria, agradecemos o carinho de Padre Elton da Paróquia de Abaré, Jiscilene Rodrigues (Fofinha), Niel Canário, Valdeny Nascimento, Júnior Secundino, Fátima Silva (de Ibó), Maria Eugênia Nunes (de Amando), Emielson da Silva Nunes e Rosineide Menezes de Aguiar.

Veja nas fotos, a luminosidade de Santo Antonio do Pambu.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

13 comentários


Magali Menezes

31/01/2024 - 14:49:54

Parabéns pela excelente matéria! Sempre divulgando a nossa cultura, com expressão de fé e devoção a Sto Antônio!!


Valdeny Bernardo do Nascimento

30/01/2024 - 21:13:11

Parabéns meu irmão por escrever uma história muito bonita, Santo Antônio do Pambu precisava ser relembrado por seus inúmeros milagres reconhecidos em nossa região que Santo Antônio do Pambu continui intercedendo por nos junto a Jesus Cristo


Regina Menezes

30/01/2024 - 20:35:48

Morro aqui em Pambu, fiquei encantada com esse documentário, há cada palavra uma história a se emocionar.


Jamilda Maria da Silva

30/01/2024 - 20:20:28

A DEVOÇÃO A SANTO ANTÔNIO DE PAMBU É UM MARCO EM MINHA VIDA, QUANDO CRIANÇA OU ADOLESCENTE,PRESENCIAVA A PASSAGEM DE PESSOAS VINDO DE OUTROS MUNICÍPIOS INDO PAGAR AS PROMESSAS FEITAS A SANTO ANTONIO E ATÉ MESMO ASSISTIREM A FESTA QUE É UMA TRADIÇÃO DOS CATÓLICOS. A MESMA ACONTECE EM 06/01 OU SEJA, DIA DE REIS.


Eliana Araújo Barbalho Duarte

30/01/2024 - 18:51:28

Sou filha de Pambu, Município de Abare, atualmente resido em Sr. do Bonfim BA.Desde que vim morar aqui, todos os anos estou presente na Festa de Santo Antônio do Pambu.Santo Antônio é um Santo dos Milagres quem pede com fé, Ele intercede a Deus e a graça é alcançada.Desde a minha infância lembro-me de muitos fiéis pagando suas promessas por graças alcancadas.Inclusive eu já alcancei milagres por intersecção de Santo Antônio.Por isso se Milagres desejais recorrer a Santo Antônio, vereis fugir o demônio e as tentações infernais.VIVA SANTO ANTONIO!!!!!3nmtms


Fátima Silva

30/01/2024 - 09:57:41

Valorizar a cultura de fé de uma região é gratificante para as pessoas que vivem essa fé e somente pessoas sensíveis são capazes de tal ato. Acredito que não existe nenhuma família perto ou longe, que tenha recorrido a Santo Antônio e não tenha uma graça recebida. Parabenizo aos senhores Galdino e Valdomiro, mentores de uma história viva de milagres que se perpetuará.


Rita de Cassia

29/01/2024 - 20:51:42

Parabéns a todos os envolvidos na realização dessa matéria.É sempre muito bom poder divulgar a história do povo de Abaré.Abaré tem histórias belíssimas.Viva a Santo Antônio Do Pambu!!!


Zenóbio José Gomes

29/01/2024 - 20:48:37

Boa noite Valdomiro, excelente conteúdo de fé, é muito importante esta divulgação da fé do povo brasileiro, locais onde é cultuado, a fé a esperança de cura, manifestações mais cinserias de um povo...


Junior secundino

29/01/2024 - 20:28:06

Gostaria de parabenizar o escritor, pela excelente matéria onde relata sobre realidade de nosso povo que desde dos nossos antepassados até hj permanecer firme na devoção a santo Antônio do Pambú.


Emielson

29/01/2024 - 18:08:00

Parabéns por essa linda matéria levando a história do nosso glorioso santo Antônio do pambu um marco na nossa história de fé


Márcio Nascimento

29/01/2024 - 15:12:11

Parabéns ao escritor.Lindo esse relatos verídico.Admiro seu trabalho.Continue Escrevendo.


Veronice Almeida Souza Bonfim

29/01/2024 - 12:34:34

Lembranças maravilhosas! A fé é que nos movem.


Manoel Rozrndo Filho

29/01/2024 - 12:29:25

Mais uma vez amigo ,Galdino lhe parabenizo pela matéria neste jornal para mim de grande relevância.Eu valorizo demais seu trabalho.Lembro que em uma data comemorativa em Avaré ,fui com Dr.Luiz esperar o governador na época Otto Alencar ,foi recebido pelo Prefeito Delizio ,Vereador José Alberto (parente de Dr.Zezinho ,filho de José Costa eles eram de abaré,Eloy também.)na comitiva estava ex Prefeito Amilton e Luiz de Deus .Teve uma apresentação de capoeira e o Governador ,ficou batendo o atabaque.Vou passar uma foto histórica da época


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!