Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Nery

Por que tanto defendemos o São Francisco – 2

Reatores atômicos e energia nuclear

Publicada em 19/06/21 às 22:07h - 366visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Cânion do rio São Francisco em Paulo Afonso-BA.  (Foto: Arq. do jornal Folha Sertaneja)

De início, desculpas, se necessário, aos nossos leitores e seguidores em relação aos esclarecimentos preliminares que fomos convidados a prestar. De novo, se se apresentarem como puro cabotinismo, mais uma vez desculpem-nos. Se alguma virtude, a todos nós pertence.  


Se com um diploma para lecionar inglês, português e latim com autorização e registro no Ministério da Educação, se havendo trabalhado em duas multinacionais, se tendo ensinado em um colégio de língua inglesa, se havendo participado de debates múltiplos em dois cursos intensivos de mais de um mês cada um com alunos de todo o mundo nos Estados Unidos e na França, se tendo entrado na Chesf competindo com mais de 300 candidatos, se tendo recebido a honra de se tornar cidadão de Paulo Afonso; se tudo isso não nos autoriza “achar” alguma coisa sobre um assunto tão importante para a nossa cidade e região (tema em tela), quem poderia achar? 


Os dados que nos propomos acrescentar para os nossos leitores foram fornecidos nada menos que pelo canal History Channel. Se o History Channel publica para todo o mundo, qual o óbice para nós publicarmos para nossos concidadãos? Não estamos nos concentrando em nenhum tipo de libelo acusatório. Apenas pensamos juntos; nós e o nosso povo. 


Dados e esclarecimentos seguem em itens: 

 - No acidente da explosão do reator atômico de Chernobyl, 500.000 pessoas foram expostas à radiação; 


- Medidas subsequentes levaram à construção de uma abóbada de proteção. Dois mil (2.000) trabalhadores morreram na construção da abóbada; 


- A cidade mais próxima do acidente será uma cidade fantasma. Permanecerá inabitada pelos próximos 20.000 anos; 


- Engenheiros de 40 países tiveram de projetar a maior estrutura móvel do planeta  de altura correspondente a um prédio de 30 andares e largura de um porta-aviões para cobrir o reator nuclear que explodiu. A nova abóbada (a antiga inicial está prejudicada pela ferrugem) tem um revestimento externo de aço inoxidável como barreira antirradiação; 


- Com 36.000 toneladas, a cúpula tem o peso correspondente a seis vezes o peso da Torre Eiffel; 


- E um dos engenheiros responsáveis declarou com todo o langor inerente: “Se a nova estrutura não funcionar, toda a Europa terá o mesmo destino”. 


Francisco Nery Júnior  



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2021 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12