noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

Professor Galdino

Por que não se teve mais o CELEBRAI e a Marcha para Jesus em Paulo Afonso?

Publicada em 07/05/24 às 17:03h - 195 visualizações

Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a noticia Por que não se teve mais o CELEBRAI e a Marcha para Jesus em Paulo Afonso?  Compartilhar a noticia Por que não se teve mais o CELEBRAI e a Marcha para Jesus em Paulo Afonso?  Compartilhar a noticia Por que não se teve mais o CELEBRAI e a Marcha para Jesus em Paulo Afonso?

Link da Notícia:

Por que não se teve mais o CELEBRAI e a Marcha para Jesus em Paulo Afonso?
 (Foto: Antônio Galdino, acervo do autor e Arq. Jornal Folha Sertaneja)

Recentemente o Vereador Keko do Benone colocou em suas redes sociais uma cobrança que fez na Câmara para o retorno do CELEBRAI, “ainda em 2024”.

Justificou o vereador que “Celebrai faz parte do calendário festivo do município e é tão importante quanto os outros eventos. Sendo, o terceiro maior evento gospel do Nordeste realizado pela Prefeitura de Paulo Afonso”.

Diante disso, o Vereador Keko do Benone protocolou uma indicação, na Câmara Municipal de Paulo Afonso, pedindo o retorno do evento com toda estrutura necessária para que seja realizado, considerado um dos maiores encontros evangélicos da região. A ideia é fazer uma festa entre evangélicos e católicos, em que todos, estejam juntos adorando a Deus.

O vereador destaca, que além de proporcionar ao público evangélico momentos de lazer, confraternização e comunhão com Deus, o Celebrai também é uma fonte de renda extra para as pessoas que sobrevivem do comércio informal. Na semana do evento, cresce o movimento do comércio e aumenta a ocupação de hotéis e pousadas, gerando arrecadação de impostos para o município.

O evento, apesar de idealizado pelo Pastor evangélico Arilson, atrai público de todas as religiões, pois é um momento de louvar e ouvir a palavra de Deus. Tornando-se um momento de oração e amor a ser compartilhado na cidade”, conclui o Vereador Keko do Benone.

O editor do site entrou em contato com o Vereador na tarde de 7 de maio, que informou que até o momento não havia recebido nenhuma resposta da Prefeitura sobre a sua indicação que pede o retorno do evento Celebrai.

Então, fica a pergunta:

Por que não se teve mais o CELEBRAI e a Marcha para Jesus em Paulo Afonso?

O fato é que este evento foi criado em 2003, há 21 anos,  pelo Pastor Arilson Maciel, era apresentado inicialmente em cima de um trio elétrico na Avenida Getúlio Vargas mas logo, com a presença de grandes nomes da música evangélica, chamada gospel, o Celebrai tomou proporções gigantescas e passou a exigir uma grande estrutura e espaço maior para acomodar multidões de 30, 40 mil pessoas de Paulo Afonso e das cidades vizinhas dos Estados da Bahia, Alagoas, Pernambuco e Sergipe.

Assim, o Parque de Exposições e o Centro de Cultura Lindinalva Cabral, passaram a receber esse público para ouvir a mensagens de renomados pastores e a música de grandes intérpretes evangélicos.


No CELEBRAI, em Paulo Afonso  já estiveram nomes como Irmão Lázaro, Fernando Brum, a Banda Jeová Nissi, Mara Maravilha, Cassiane, Cristina Mel, Aline Barros, Irmãos Diante do Trono – Ana Paula Valadão, André Valadão e Mariana Valadão, Bruna Karla e depois retornaram em apresentações solo, André Valadão e Mariana Valadão e muitos outros nomes da música evangélica nacional.


Ainda em 2016, o Jornal Folha Sertaneja trouxe uma reportagem questionando o esvaziamento do apoio ao Celebrai que, passou a ser realizado pela Prefeitura em lugares menores, como a Praça das Mangueiras e no Estacionamento da Escola Montessori e com atrações locais e regionais.


A gestão municipal em um tempo impôs a condição de apoiar o evento mudando-lhe o nome que passou a ser Fest Gospel, na gestão do prefeito Raimundo Caires, voltando a ser Celebrai nas gestões seguintes.


Outro evento evangélico que deixou de ser feito em Paulo Afonso nos últimos anos é a Marcha Para Jesus, que teve as suas primeiras apresentações sob a coordenação da Igreja Evangélica Quadrangular.


O questionamento do Vereador Keko do Benone faz sentido sim, uma vez que a gestão municipal gasta milhões de reais com a festa de São João e São Pedro, no Centro e no Bairro Tancredo Neves, outros milhões com a Copa Vela, com o Moto Paulo Afonso e todos os fins de semana promove a realização de eventos com bandas locais, o que é muito justo e necessário, no Balneário Abelardo Wanderley e adjacências.


As fotos, no final do texto, mostram as multidões que participavam desses eventos, no caso o Celebrai que, além do mais, nunca trouxe qualquer situação de violência, distúrbio da ordem, ao contrário do que acontece em outros eventos.


Estive presente em todos esses eventos e, em vários deles, como divulgador na Folha Sertaneja e no site www.folhasertaneja.com.br e apresentador e também gostaria de rever esse evento como nos seus primeiros tempos no Lindinalva Cabral. 


A pandemia do Covid-19 já deu uma grande trégua e muitos grandes eventos já voltaram a acontecer. É preciso voltem o CELEBRAI e a MARCHA PARA JESUS   e até que apareçam outros eventos evangélicos, festival de músicas ou outros.


Aproveito também para, além de apresentar estas fotos de momentos do Celebrai em vários anos, também apresento uma matéria publicada no site www.bobcharles.com.br com uma entrevista feita pelo radialista Washington Luiz com a cantora Aline Barros quando de sua apresentação no Celebrai em Paulo Afonso.

 

Recorde de público na noite de estréia do Celebrai

Paulo Afonso - 03/04/2010

www.bobcharles.com.br

Superou todas as expectativas de público, a abertura do "Celebrai 2010", evento gospel criado no ano de 2003, cujo objetivo da comissão organizadora liderada pelo Pastor Evangélico Arilson Maciel, na época. Um jovem recém convertido ao cristianismo e membro Igreja Evangélica Pentecostal do Brasil, era oferecer uma alternativa de festa diferente das que normalmente acontecem com frequência na cidade, dando uma oportunidade para o público evangélico, de louvar a Deus e passar momentos de comunhão com o Espírito Santo.

Minutos antes do início da grande festa, que recebeu púbico recorde de aproximadamente 15 mil pessoas de todas as idades e religiões, o criador do Celebrai, Pastor Arilson Maciel falou à nossa reportagem e disse que sua expectativa era de que naquela noite, vidas seriam restauradas pelo poder do Espírito Santo, e milagres seriam operados.

Na abertura, que mais uma vez não aconteceu no horário previsto, comandada pelo Presbítero Jecélio, da Igreja Evangélica Assembleia de Deus e pelo assessor de comunicação da Prefeitura, Antônio Galdino, já era notória a ansiedade do público para ver o desenrolar da programação, que só terminaria por volta de 00h30, com a apresentação da Banda MRV.

O primeiro pregador desta edição do "Celebrai" foi o Pastor Oséias Gomes da cidade de Curitiba - PR, que durante 45 minutos moveu literalmente a quadra do Centro de Cultura Lindinalva Cabral, com seu sermão totalmente baseado em textos bíblicos.

Em seguida foi a vez da Pastora e cantora gospel Aline Barros emocionar o público com seu rico repertório que há mais de duas décadas se faz presente em praticamente todas as igrejas evangélicas do Brasil.

Após o show, que teve uma hora e meia de duração, Aline Barros concedeu entrevista ao repórter Washington Luís, onde falou de seu dia a dia como cantora, Pastora, dona de casa e sobre sua expectativa de mudança de comportamento dos jovens brasileiros, a partir de um encontro com Deus.

ENTREVISTA:

Washington Luís - Você trabalha com o ministério do louvor desce sua infância. Qual tem sido o efeito de seu trabalho, principalmente entre os jovens?

Aline Barros - Alegra muito o meu coração, ver o que Deus tem feito nesse tempo, não só através da minha vida, mas através de um povo que tem um comprometimento com o Senhor. Deus levanta quem Ele quer, no tempo dEle. Eu agradeço muito a Deus por ter sido escolhida para levar a essa geração aquilo que Ele tem ministrado em minha vida. Tenho visto muitos jovens serem impactados pela palavra, pela música, por uma história daquilo que tenho feito, que tenho vivido e que se torna um referencial para milhares de pessoas. E isso é uma responsabilidade muito grande.

Washington Luís - Há quem diga que a música gospel, hoje está quebrando tabus. Pessoas de todas as religiões estão cantando músicas de Régis Danese, Aline Barros... Como você vê isso?

Aline Barros - É o máximo. Eu acho que como igreja, nós temos que sair das quatro paredes e levar a mensagem aonde precisa ser levada. É na escuridão que a luz vai brilhar. As oportunidades têm sido colocadas diante de nós, e com sabedoria nós temos falado do amor de Deus, não só de uma forma teórica, mas de uma forma prática. Deus tem aberto caminhos para que possamos expandir o seu Reino na terra. Que levante outras pessoas e abra as portas para que se possa a cada dia, fazer com que o nome desse Jesus poderoso e maravilhoso seja levado a milhares de corações.

Washington Luís - Um dos maiores problemas do país é o ingresso de jovens no mundo das drogas. Você acha que dá para mudar esse quadro?

Aline Barros - Com Jesus tudo tem jeito. Há solução para todos os problemas e respostas para todas as coisas. Temos visto jovens se afundar nas drogas, famílias destruídas e nós estamos na contramão de tudo isso. Viemos para fazer a diferença e dizer a estes jovens e a estas famílias, que embora estejam afundados nas drogas e embora suas casas estejam completamente destruídas, uma nova casa pode ser reconstruída e refeita uma nova história, porque há esperança em Cristo Jesus. A igreja tem a resposta para uma sociedade perdida, violenta, quebrada e sem vida. A resposta está na boca da igreja. A resposta é Jesus Cristo.

Washington Luís - Sua agenda de shows é muito cheia. Como você concilia vida pessoal com atividades artísticas?

Aline Barros - Com muita sabedoria vinda da parte do Senhor. Hoje eu tenho uma grande missão como esposa, Pastora e como uma pessoa que é um referencial para a juventude e para milhares de crianças. Deus tem nos dado essa sabedoria e temos obtido sucesso em tudo o que nos propomos a fazer. Glória a Deus por isso. Eu continuo sempre pedindo resposta ao Senhor e assim Ele vai conduzindo a nossa vida, nossa agenda, nossa casa e nossos sonhos.

Washington Luís - O que você achou da recepção em Paulo Afonso?

Aline Barros - Maravilhosa. Estou impactada. O carinho de vocês é muito grande e muito especial. Tenho certeza que essa noite vai ser um marco. O início de uma nova história para milhares de pessoas que estiveram aqui.

Washington Luís - Qual é o seu maior desafio?

Aline Barros

- Não desanimar. Eu acho que isso é vencer o medo. O ser humano enfrenta isso todos os dias, por conta de muitas coisas que nos cercam. Mas a nossa grande arma e a nossa espada é a palavra de Deus, que alimenta o nosso espírito e fortalece a nossa vida, garantindo conquista e vitória. Para mim é um desafio estar lembrando a cada dia, das promessas de Deus, caminhando em vitória, em triunfo, sabendo que Deus tem coisas ainda maiores para nós nesse tempo.

Fotos do CELEBRAI em Paulo Afonso-BA
Com Fernanda Brum:


Com Aline Barros (2010)






Com Cristina Mel:

Com Mariana Valadão:


Com Irmãos Diante do Trono:




Com Bruna Carla (2017) - Debaixo de chuva:



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


Luciano

07/05/2024 - 17:37:12

Fim dos tempos...


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!