noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

Opinião/Reflexão/Crônica

Desvendando as Engrenagens Políticas: Lobby, Relações Governamentais e Public Affairs na Realidade Brasileira

Publicada em 20/01/24 às 22:05h - 900 visualizações

Rebeca Mendes Paz


Compartilhe
Compartilhar a noticia Desvendando as Engrenagens Políticas: Lobby, Relações Governamentais e Public Affairs na Realidade Brasileira  Compartilhar a noticia Desvendando as Engrenagens Políticas: Lobby, Relações Governamentais e Public Affairs na Realidade Brasileira  Compartilhar a noticia Desvendando as Engrenagens Políticas: Lobby, Relações Governamentais e Public Affairs na Realidade Brasileira

Link da Notícia:

Desvendando as Engrenagens Políticas: Lobby, Relações Governamentais e Public Affairs na Realidade Brasileira
 (Foto: imagem ilustrativa)

Desvendando as Engrenagens Políticas: Lobby, Relações Governamentais e Public Affairs na Realidade Brasileira

Rebeca Mendes Paz

Você tem conhecimento sobre Lobby, Relações Governamentais e Institucionais e Public Affairs? Já se questionou sobre o processo de tomada de decisões políticas e o papel dos profissionais nesse cenário?

Estes termos são cruciais para compreender a dinâmica política. O Lobby envolve pressão política por grupos de interesse para influenciar decisões governamentais, como uma empresa de energia que busca políticas favoráveis à indústria.

Um exemplo notório de lobby na política brasileira ocorreu durante as discussões sobre a reforma da Previdência em 2019. Diversos setores econômicos, sindicatos e organizações empresariais mobilizaram-se para influenciar a redação final da reforma, visando proteger seus interesses.

Empresas e entidades realizaram intensas atividades de lobby junto a parlamentares, promovendo encontros, fornecendo informações e argumentos que respaldavam suas posições. Grupos de pressão buscaram assegurar que certas categorias ou setores não fossem impactados de maneira desfavorável pelas mudanças propostas.

Setores empresariais buscavam condições favoráveis para garantir a estabilidade econômica, enquanto sindicatos tentavam proteger os direitos dos trabalhadores e minimizar possíveis impactos negativos nas aposentadorias.

Diversas associações e entidades de classe, representando profissionais de diferentes setores, também estiveram envolvidas no processo. Advogados, médicos, professores e outros grupos buscavam influenciar as regras específicas aplicadas às suas categorias profissionais, por exemplo.

Esse caso ilustra como o lobby é uma ferramenta estratégica utilizada para influenciar a elaboração da legislação, adaptando-a aos interesses específicos dos grupos envolvidos. O processo, frequentemente conduzido de maneira discreta, revela como diversos atores buscam exercer sua influência nos bastidores para assegurar que suas visões sejam levadas em consideração nas decisões políticas.

Por sua vez, Public Affairs trata da gestão da reputação e comunicação organizacional, exemplificado por uma ONG que utiliza estratégias para sensibilizar a opinião pública sobre questões ambientais. Durante a pandemia da COVID-19, diversas organizações de saúde e empresas farmacêuticas lançaram campanhas de Public Affairs para promover a importância da vacinação. Essas campanhas visavam não apenas influenciar a opinião pública a favor da vacinação, mas também buscar apoio governamental para facilitar a distribuição e administração das vacinas.

E quanto às Relações Institucionais e Governamentais (RIG)? Essa área foca na interação entre empresas/organizações e o governo. Um exemplo real de funcionamento de Relações Públicas e Governamentais no Brasil ocorreu durante debates sobre a regulação de serviços de tecnologia de transporte, como Uber e similares.

Empresas desse setor enfrentaram desafios regulatórios significativos, com diferentes cidades brasileiras buscando estabelecer legislações específicas para esses serviços. Durante esse processo, as empresas de tecnologia de transporte empregaram estratégias de Relações Públicas e Governamentais para moldar a percepção pública e influenciar as decisões governamentais.

Vale frisar que essas três áreas estão interconectadas, todas lidando com a influência e interação entre setores público e privado para moldar o ambiente político a seu favor. O Lobby muitas vezes está presente nas práticas de Relações Governamentais, enquanto ambos envolvem interação com autoridades públicas. Além disso, o Lobby pode ser usado em Public Affairs para fortalecer a percepção pública sobre temas específicos.

Relações Governamentais e Public Affairs se entrelaçam, gerenciando as relações de uma organização com o governo e o público. A interconexão destaca a complexidade dessas interações, onde estratégias complementares nessas áreas buscam objetivos específicos, seja na defesa de interesses empresariais ou de organizações não governamentais.

Compreender essas interconexões fornece ao cientista político uma visão abrangente dos mecanismos de influência política, contribuindo para uma análise holística dos fenômenos políticos e ajudando na resolução de desafios cotidianos na profissão.

A proximidade entre o mercado de Relações Institucionais e Governamentais (RIG) e a academia na formação de cientistas políticos é crucial. Essa colaboração garante que a formação acadêmica esteja alinhada com as demandas práticas do mercado, permitindo atualização constante, desenvolvimento de habilidades aplicadas, pesquisa relevante e construção de pontes entre teoria e prática. Essa integração beneficia tanto estudantes quanto profissionais, promovendo inovação, networking e uma compreensão mais ampla das dinâmicas políticas.

Rebeca Mendes Paz, nascida em Brasília, filha de nordestinos, 22 anos.

Estudante do 4⁰ semestre de Ciência Política na Universidade de Brasília, apaixonada por estudos legislativos e pelo universo da política e das relações governamentais e Institucionais. Fluente em inglês e espanhol, possui proficiência básica em francês e italiano. Coordenadora da Pesquisa do Projeto Política na Escola (PNE) - UnB e diretora geral do Comitê de Adequação e Treinamento da AMUN (UnB) 2024.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


Laércio Paz

21/01/2024 - 14:15:32

Excelente oportunidade para através desse artigo, entender como trabalham nos bastidores grupos influentes, e extremamente organizados nas complexas engrenagens políticas.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!