noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

LUCIANO JÚNIOR

Segredo da Convivência Duradoura

Publicada em 10/06/24 às 22:37h - 68 visualizações

Luciano Júnior


Compartilhe
Compartilhar a noticia Segredo da Convivência Duradoura  Compartilhar a noticia Segredo da Convivência Duradoura  Compartilhar a noticia Segredo da Convivência Duradoura

Link da Notícia:

Segredo da Convivência Duradoura
 (Foto: do autor)

Depois de um fim de semana prolongado, nada como uma segunda-feira para nos lembrar das pequenas urgências cotidianas. Chegando de viagem, a mala ainda cheia de roupas para lavar e a geladeira, coitada, parecendo um deserto, sabia que uma visita ao supermercado era inevitável. Lá fui eu, ainda com a poeira da estrada nos sapatos, rumo ao estabelecimento mais próximo.

O supermercado, apesar de ser um cenário de guerra na segunda-feira, com carrinhos em colisão e prateleiras sendo saqueadas, também é um palco perfeito para pequenas comédias humanas. E foi exatamente isso que encontrei na fila do caixa.

Logo na fila do lado, dois senhores se reencontravam com uma alegria quase infantil. Um deles, cabelos grisalhos e postura ereta, cumprimentava o outro, um senhor de aparência igualmente respeitável, talvez um pouco mais encurvado pelo tempo. A conversa, que começou com trivialidades sobre o clima e a saúde, logo enveredou para assuntos mais profundos.

"Então, meu amigo, qual é o segredo para viver tantos anos com a mesma mulher?" perguntou o senhor mais curvado, com um brilho de curiosidade nos olhos.

O outro, sem hesitar, abriu um sorriso que transbordava malícia e sabedoria acumulada. Aproximou-se do amigo, como quem compartilha um segredo de Estado, e respondeu em um tom solene: "O segredo, meu caro, é se fazer de surdo."

A risada que seguiu a resposta foi contagiante. Outros clientes, que até então estavam concentrados em suas listas de compras, também sorriram. Não resisti e me peguei rindo junto, imaginando a sagacidade por trás daquela simplicidade. O conselho, embora engraçado, carregava uma verdade universal: a capacidade de ignorar as pequenas irritações do cotidiano é, talvez, uma das chaves para a convivência duradoura.

Enquanto a fila avançava lentamente, refleti sobre como muitas vezes nos deixamos abalar por trivialidades. Às vezes, um comentário fora de hora, uma crítica não solicitada ou mesmo um hábito irritante podem se transformar em tempestades. A arte de "se fazer de surdo", no entanto, é uma habilidade que poucos dominam. Saber selecionar o que merece nossa atenção e o que pode ser deixado de lado é um verdadeiro ato de sabedoria.

Finalmente, chegou minha vez no caixa. A funcionária, com a eficiência mecânica de quem já escaneou centenas de produtos naquele dia, me atendeu rapidamente. Aquele momento, entretanto, ficou gravado na minha memória. Saí do supermercado com as sacolas cheias, mas com o coração leve e uma nova filosofia para aplicar no meu próprio casamento e nas relações de modo geral.

Então, se você, caro leitor, alguma vez se pegar na fila do supermercado, lembre-se: há mais a ser aprendido ali do que a maioria das pessoas imagina. E quem sabe, ao se fazer de surdo para as pequenas irritações, você também possa descobrir o segredo para uma convivência longa e feliz. Afinal, a sabedoria está muitas vezes onde menos esperamos.





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!