noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

LUCIANO JÚNIOR

E o Carnaval Termina!

Publicada em 15/02/24 às 13:34h - 226 visualizações

Luciano Júnior


Compartilhe
Compartilhar a noticia E o Carnaval Termina!  Compartilhar a noticia E o Carnaval Termina!  Compartilhar a noticia E o Carnaval Termina!

Link da Notícia:

E o Carnaval Termina!
 (Foto: imagem ilustrativa)

Ah, a lendária Quarta-feira de Cinzas, aquele momento sublime em que acordamos com a sensação de que fomos atropelados por um bloco de Carnaval, marchinhas inclusas. São quase 8 horas da manhã e as almas perdidas dos meus amigos me abandonam em casa, como se fosse um prêmio de consolação por ter sobrevivido à noite anterior. Cabeça doendo, vomitando mais que cachorro envenenado e morto de sono, sou uma obra-prima da ressaca em desenvolvimento.

Tento abrir a porta, uma, duas, três vezes, e nada. Será que mudaram a fechadura enquanto eu estava fora, perdido nas terras mágicas do Carnaval? Já dentro, o dilema me encara com olhos cansados: direto pra cama ou pro chuveiro? A cama parece tentadora, como um oásis no deserto da minha ressaca, mas o chuveiro promete redenção, uma espécie de batismo alcoólico para purificar a alma (e o corpo).

Galileu e Newton, os mascotes, me encaram com olhares de julgamento misturados com uma pontinha de preocupação. "Será que ele vai sobreviver a mais essa?", parecem perguntar com seus olhos multicoloridos. Bem, só o tempo (e talvez um bom café) dirá.

Enquanto tento juntar os cacos da minha memória embriagada, lembro das bocas que beijei. Muitas e sem procedência segura, até. Recordo-me de todas as paixões vividas, em cada dia. Ah, o Carnaval, esse festival de paixões efêmeras e juras de amor eterno que duram apenas até o último confete cair.

Mas, espera aí, nem troquei WhatsApp com as minhas paixões de cada dia... Será que foi só a emoção do momento ou o bloco da minha vida amorosa também passou e eu fiquei na calçada, só com a ressaca e as lembranças?

Outra rodada de vômitos é seguida por cólicas existenciais e a promessa solene de que nunca mais, em hipótese alguma, irei beber. Até a próxima festa, é claro. Afinal, quem precisa de juízo quando se tem Carnaval?

Luciano Júnior




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


Luciano

15/02/2024 - 13:55:14

Realmente foi pura ficção. Agradeço as palavras do Editor.Carnaval e álcool nunca foram meu forte, kkkkkkkkk


Professor Galdino

15/02/2024 - 13:46:33

Rapaz! Quem não te conhece, quase um frei, vai pensar que a descrição é de fato muito pessoal, narrativa de vivências carnavalescas... Bom cronista parece ter vivido o que narra... Bom, ressaca à parte, como se diz que no Brasil tudo só começa pra valer depois do carnaval, então, quem sabe, a partir de hoje, já quinta-feira, as coisas começam a andar... Portanto, um Feliz Ano Novo, para todos! rssss


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!