noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

LUCIANO JÚNIOR

Os Cinquentões Teimosos e Suas Aventuras Futebolísticas, no CIEPA

Atualizada em 14/02/2024 às 22:40 hs. com a inclusão de foto no final da matéria.

Publicada em 13/02/24 às 12:32h - 273 visualizações

Luciano Júnior


Compartilhe
Compartilhar a noticia Os Cinquentões Teimosos e Suas Aventuras Futebolísticas, no CIEPA  Compartilhar a noticia Os Cinquentões Teimosos e Suas Aventuras Futebolísticas, no CIEPA  Compartilhar a noticia Os Cinquentões Teimosos e Suas Aventuras Futebolísticas, no CIEPA

Link da Notícia:

Os Cinquentões Teimosos e Suas Aventuras Futebolísticas, no CIEPA
 (Foto: Arq. do jornal Folha Sertaneja)

Ah, a teimosia é uma arte, e os cinquentões atletas são mestres nela. Lembro-me dos dias ensolarados no CIEPA, onde Érico, Mazinho Chumbo e toda a turma de apaixonados jogadores desafiavam as leis da física, termodinâmica, como diria o professor Jackson, em prol da sagrada bola. Se a aula podia esperar, a partida não. Se bem que eram todos excelentes alunos e não gaseavam...

Era uma epopeia digna de nota, a "fominhagem de bola" os levava à quadra improvisada, sob um sol escaldante de 55 graus, ou seriam 120?

Hoje, quase meio século depois, lá estão eles novamente, ou talvez nunca tenham parado de fato. Apenas duas coisas mudaram: o número do SAMU, que agora está programado no celular aguardando o inevitável "send" para solicitar uma ambulância, e a adição de uma prole preocupada.

Sim, agora cada um tem seu próprio técnico pessoal, cortesia dos filhos que os acompanham. "Pai, não corra tanto", "Pai, lembre-se da contusão", "Pai, sua pressão deve estar alta..." E como não poderia faltar, uma sacola cheia de remédios milagrosos, gelol, sebo de carneiro e até mesmo um desfibrilador portátil.

Não há jogo sem interrupção. "Pai, é hora do remédio de labirintite..."

Mas é a vida, e conhecendo-os bem, posso apostar que chegarão aos 120 anos jogando bola, mesmo que seja em cadeiras de rodas. A teimosia desses cinquentões é tão infinita quanto sua paixão pelo esporte, e quem somos nós para julgar? 

Que continuem suas partidas, seus conselhos médicos dos filhos e suas eternas partidas sob o sol escaldante. Afinal, o importante é se manter jovem de espírito, mesmo que o corpo insista em discordar.

Luciano Júnior

VEJA a matéria sobre este assunto no link abaixo:

https://www.folhasertaneja.com.br/noticias/destaques-do-jornal-folha-sertaneja/752044/1

4º Encontro dos amigos ciepenses. Em pé: Ericson, Antônio Augusto (Toca), Jean, Clécio, Gilsomar,Josair e Ernesto. Agachados: Augusto Leonardo, Flávio Lima, Érico e Ednilson Lima (Chumbo).




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


Augusto lima

13/02/2024 - 17:20:05

Materia muito bem escrita e relata perfeitamente o que nos une.


SAUL CAMBOIM

13/02/2024 - 13:04:58

QUEM É DO MAR NÃO ENJOA🤣🤣🤣PARABÉNS A ESSES GUERREIROS.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!