Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Local

Campo Forte: curso de beneficiamento de leite é ofertado a produtores do Sítio do Tará

Publicada em 01/07/21 às 19:19h - 265 visualizações

por Ascom/PMPA


Compartilhe
Compartilhar a notícia Campo Forte: curso de beneficiamento de leite é ofertado a produtores do Sítio do Tará  Compartilhar a notícia Campo Forte: curso de beneficiamento de leite é ofertado a produtores do Sítio do Tará  Compartilhar a notícia Campo Forte: curso de beneficiamento de leite é ofertado a produtores do Sítio do Tará

Link da Notícia:

Campo Forte: curso de beneficiamento de leite é ofertado a produtores do Sítio do Tará
 (Foto: Divulgação Ascom PMPA)

O fortalecimento do produtor rural tem sido um dos trabalhos realizados pela Prefeitura por meio do programa Campo Forte, desempenhado pela Secretaria de Agricultura e Aquicultura. Em mais uma ação do projeto, os produtores de leite do Sítio do Tará participaram de uma capacitação para o beneficiamento do produto.

O curso, realizado em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), apresentou técnicas de processamento e o preparo de alimentos derivados do leite, como queijo frescal, queijos temperados, requeijão cremoso, doce de leite, ricota, coalhada, entre outros laticínios. Além disso, conheceram as normas de práticas da fabricação, processo de pasteurização, controle de qualidade de produtos e técnicas de produção industrial para laticínio.

Para o engenheiro agrônomo José Barbosa dos Anjos, a capacitação vai contribuir para uma produção de alimentos dentro das medidas recomendadas pelos órgãos de fiscalização, e consequentemente, ampliar a variedade de itens, agregando valor na venda final do produto.

“Sabemos que aqui na região ainda se faz queijo com leite cru, e isso é um perigo para saúde do consumidor. Nessa capacitação demonstramos o manuseio adequado do lacticínio a exemplo da pasteurização e as diferentes técnicas para a produção do queijo frescal e do requeijão cremoso”, explica.

Ainda segundo o engenheiro, a turma aprendeu a reaproveitar o soro, derivado do leite que era utilizado pelos produtores como alimentação animal ou descartado no final da produção do queijo. A partir da capacitação, os produtores poderão utilizá-lo para fabricação da ricota, aumentando o leque de produtos.

A produtora Cássia falou da importância de aprender novas técnicas para a valorização de seus produtos “Antes produzíamos sem o conhecimento da técnica, agora aprendemos a pasteurizar, beneficiar e reaproveitar todo o leite. Agradeço a todos pelo curso, pois vai agregar tanto na minha vida quanto em toda a comunidade”, disse. A capacitação contemplou seis produtoras, que servirão como disseminadores das práticas para o restante da categoria no povoado e região. 

Utilizar as técnicas corretas de práticas de fabricação, além de estar dentro das normas sanitárias, vai possibilitar aos produtores de leite um aumento na geração de renda e a valorização dos itens produzidos na região.

Ascom/PMPA




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12