Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Local

ALPA entrega Moções de Reconhecimento e Gratidão e livros aos vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso

Publicada em 15/12/20 às 23:18h - 435 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia ALPA entrega Moções de Reconhecimento e Gratidão e livros aos vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso  Compartilhar a notícia ALPA entrega Moções de Reconhecimento e Gratidão e livros aos vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso  Compartilhar a notícia ALPA entrega Moções de Reconhecimento e Gratidão e livros aos vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso

Link da Notícia:

ALPA entrega Moções de Reconhecimento e Gratidão e livros aos vereadores da Câmara Municipal de Paulo Afonso
 (Foto: Gabriela Rodrigues - Assessora especial da Câmara Municipal)


Na penúltima Sessão Ordinária desta 15ª Legislatura realizada de forma remota pela Câmara Municipal de Paulo Afonso – CMPA - na segunda-feira, dia 14 de Dezembro, a Academia de Letras de Paulo Afonso – ALPA – esteve presente, representada pelo seu presidente Antônio Galdino da Silva e pela vice-presidente Maria Gorette Moreira que entregaram aos vereadores Moção de Reconhecimento e Gratidão pelo apoio desta Câmara Municipal às ações e eventos da ALPA e pela aprovação de Projetos de Leis e Resoluções de apoio à esta Academia de Letras.

Em 25 de outubro de 2018, a Câmara Municipal de Paulo Afonso entregou solenemente os títulos de Cidadãs de Paulo Afonso às acadêmicas, professoras Maria Socorro de Mendonça Gomes, nascida em Icó/CE mas moradora de Paulo Afonso desde os 4 anos de idade e é agora cearense/pauloafonsina e Jovelina Maria Ramalho da Silva, nascida no Rio de Janeiro e moradora de Paulo Afonso há 50 anos. Agora é carioca/pauloafonsina.

A iniciativa desta homenagem foi do Vereador Jean Roubert Felix Neto, advogado, também membro da ALPA, cadeira Nº 25, atendendo a pedido do presidente e diretores da ALPA e foi aprovada pela unanimidade dos vereadores de Paulo Afonso.

Neste mesmo ano de 2018, também por iniciativa do Vereador Jean Roubert, todos os vereadores da CMPA aprovaram a Lei Municipal Nº 1.397 de reconhecimento da Academia de Letras de Paulo Afonso como de utilidade pública, lei sancionada pelo Prefeito Luiz Barbosa de Deus no dia 12 de dezembro de 2018.

No ano de 2019, na presidência do Vereador Pedro Macário Neto, a Academia de Letras de Paulo Afonso foi autorizada a utilizar o plenário desta Câmara Municipal para a realização de vários eventos como o lançamento de livros, posse de novos membros da ALPA, posse da nova diretoria da ALPA e eventos como homenagem da ALPA às mulheres de Paulo Afonso.

Nesses anos, tanto a Academia de Letras, como instituição cultural literária, como membros da ALPA foram homenageados com Moções de Aplausos e de Reconhecimento pelas ações realizadas pela ALPA em benefício da cultura literária de Paulo Afonso, incentivo a estudantes da rede pública à leitura e à escrita com o Projeto O Escritor vai à Escola, realizado pela Academia de Letras em Paulo Afonso.

Um dos homenageados pela Câmara Municipal de Paulo Afonso foi o membro da ALPA – professor Edvaldo Francisco dos Santos, Cadeira Nº 30, que recebeu Moção de Aplausos do Poder Legislativo de Paulo Afonso pela conclusão do Doutorado em Educação na Universidade Federal de Pernambuco, com defesa da tese sobre as Escolas da Chesf em Paulo Afonso, de 1949 ao ano 2000.

Em 5 de outubro de 2020, a Câmara Municipal de Paulo Afonso aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei do Poder Executivo Municipal que cria o Memorial Abel Barbosa que será organizado e administrado pela Academia de Letras de Paulo Afonso, junto com a Prefeitura Municipal, no prédio que foi a primeira prefeitura de Paulo Afonso, conhecido como Espaço Cultural Raso da Catarina. 

Este projeto, hoje Lei Municipal 1.455/2020, foi sancionada pelo Prefeito Luiz Barbosa de Deus em 27 de Outubro de 2020 e também autoriza que a Academia de Letras de Paulo Afonso seja instalada nesse prédio, justamente para poder administrar o Memorial Abel Barbosa que homenageia este cidadão responsável principal da emancipação política de Paulo Afonso e também membro fundador desta Academia de Letras.

O gesto da diretoria da Academia de Letras de Paulo Afonso sensibilizou os vereadores e todos, ao receberem esta homenagem das mãos do presidente e da vice-presidente da ALPA  externaram a sua alegria em poder ter ajudado a ALPA a alcançar os seus objetivos.

O presidente da ALPA teve a oportunidade de apresentar, durante esta sessão, essa decisão da diretoria e, em sua fala desejou uma gestão profícua para cada um dos que conseguiram se reeleger, assim como para os novos vereadores que tomam posse no início do ano de 2021 para a legislatura que vai até o ano de 2024.

O presidente da Câmara, vereador Pedro Macário Neto, sintetizou o sentimento de alegria de todos os que fazem a CMPA, a sua alegria pessoal por esse reconhecimento da ALPA e disse ter “certeza que a nova direção desta Casa Legislativa e todos os vereadores saberão acolher instituições como a ALPA que muito representa para a exaltação da Cultura Literária de Paulo Afonso e para a preservação da história e da memória de nossa Paulo Afonso. Nós é que somos muito gratos a você, Professor Galdino e a todos que fazem a ALPA por essa sensibilidade e reconhecimento do nosso trabalho. Leve a cada membro da ALPA o nosso fraterno abraço e os votos de pleno sucesso de cada um em particular e desta grande instituição cultural, a Academia de Letras de Paulo Afonso.”

As ações da Câmara Municipal de Paulo Afonso em benefício da Academia de Letras sempre contaram, em todos os momentos, com a interação eficiente da vice-presidente da ALPA, a acadêmica Maria Goretre Moreira, Cadeira Nº 19, que é a Secretária Executiva do Poder Legislativo de Paulo Afonso.

No momento em que foram entregues as Moções de Reconhecimento e Gratidão à Câmara Municipal de Paulo Afonso e aos vereadores da 15ª Legislatura (2017/2020), também foram entregues a todos os vereadores os livros

1ª Antologia de Poetas de Paulo Afonso,

Rio São Francisco em Prosa e Versos e o livro anual da ALPA, chamado de

Revista da Academia de Letras de Paulo Afonso - Nº 02 – Ano 2020.

Todos os livros trazem artigos, textos e poesias de escritores da ALPA.

As Moções de Reconhecimento e Gratidão, aprovadas pela Diretoria da ALPA e os livros produzidos pela ALPA foram entregues diretamente a cada um dos vereadores que estavam no plenário da Câmara ou em seus gabinetes participando desta sessão remotas. Os demais receberam a Moção e os livros das mãos da vice-presidente da ALPA, na Secretaria Executiva da Câmara. Foram homenageados os vereadores de Paulo Afonso em 2020.

Pedro Macário Neto

Alexandro Fabiano da Silva

Edilson Medeiros de Freitas

Lourival Moreira dos Santos

Albério Faustino Farias

Albério Carlos Caetano da Silva

Cicero Bezerra de Andrade

Lêda Maria Rocha Araújo Chaves

Jean Roubert Felix Netto

Marcondes Francisco dos Santos

Marconi Daniel Melo Alencar

Mario Cesar Barreto Azevedo

José Carlos Coelho

José Abel Souza

José Gomes de Araújo




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


F. Nery Jr - acadêmico

16/12/2020 - 11:06:52

Quando Câmara e Academia de Letras se juntam para o bem comum, todos ganham e se desenvolvem.


Negritto

16/12/2020 - 00:50:05

E tome livro para esse povo...Falando sério, sempre com o nosso senso de crítica quando se precisa, vamos ver se essa galera faz bonito em 2021. Mas, vamos dar a César o que é de César. Parabéns a todos que fizeram bonito na aprovação da sede da ALPA e do Memorial Abel Barbosa. Não vejo a hora da Bienal naquele pátio todo.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!