Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Local

TCM aprova contas da Prefeitura de Paulo Afonso

Publicada em 20/11/19 às 22:17h - 988 visualizações

por Ascom/PMPA


Compartilhe
Compartilhar a notícia TCM aprova contas da Prefeitura de Paulo Afonso  Compartilhar a notícia TCM aprova contas da Prefeitura de Paulo Afonso  Compartilhar a notícia TCM aprova contas da Prefeitura de Paulo Afonso

Link da Notícia:

TCM aprova contas da Prefeitura de Paulo Afonso
 (Foto: Divulgação Ascom PMPA)

A responsabilidade da atual gestão em ações que promovem o desenvolvimento de Paulo Afonso com o emprego de verbas públicas refletiu na sessão do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia (TCM) desta terça-feira (19). O órgão especializado na análise de contas públicas dos municípios que compõem o estado, aprovou as contas da Prefeitura relativas ao exercício de 2018.


A aprovação é fruto do cumprimento das obrigações constitucionais e legais que devem ser observadas pelos municípios brasileiros, na aplicação de recursos financeiros, durante 2018.

O controlador municipal, Kleylson Siqueira, diz que a aprovação é o resultado de um trabalho sério e do compromisso da gestão em usar o dinheiro público em obras e serviços essenciais para garantir o bem-estar da população. “A aprovação das contas da Prefeitura de Paulo Afonso é uma prova do compromisso que o atual gestor tem com a aplicação dos recursos públicos, cumprindo os índices exigidos por leis, com educação, saúde, pagamentos e outras despesas. Por esse resultado, estão de parabéns todos os servidores da administração, que fazem com que os recursos arrecadados cheguem à população em forma de serviços e geração de empregos”, fala o controlador.


De acordo com o parecer do TCM, o município arrecadou recursos no montante de R$331.767.756,25 e promoveu despesas no total de R$323.264.390,29, resultando em superavit de R$8.502.365,96. A despesa com pessoal alcançou o montante de R$152.192.719,74, correspondendo a 46,97% da receita corrente líquida municipal.  Portanto, o valor total das despesas em relação ao que foi arrecadado, atende ao percentual de 54% da Lei de Responsabilidade Fiscal.


O gestor aplicou 26,7% da receita resultante de impostos, compreendida a proveniente de transferência, na manutenção e desenvolvimento do ensino, observando o mínimo de 25%. 


Nas ações e serviços públicos de saúde foram investidos 20,3% dos recursos, superior ao mínimo de 15%. E, no que diz respeito aos recursos do Fundeb, foram aplicados 67,6% na remuneração dos profissionais do magistério do ensino básico, atendendo ao mínimo de 60%.


Para o prefeito Luiz de Deus, seriedade e transparência são as palavras que definem um governo que prioriza o bem-estar da população. “Eu fico satisfeito em saber que o nosso trabalho está repercutindo positivamente. Aplicar dinheiro público em benefícios para a população é uma obrigação de todo governo que tem como princípio a seriedade e a transparência”, falou Luiz de Deus.

Ascom/PMPA




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


Uélito Lelé

21/11/2019 - 08:31:36

Parabéns ao Prefeito Luiz de Deus e toda equipe. Homem sério e honesto !


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!