noticias Seja bem vindo ao nosso site Jornal Folha Sertaneja Online!

Esportes & Ação

Faleceu Antônio Galdino de Souza, o Bala, criador do Palmeiras do Bairro Tancredo Neves

Ele foi pioneiro morador e desportista do então Bairro Mulungu, hoje Tancredo Neves

Publicada em 14/06/19 às 17:33h - 1649 visualizações

Antonio Galdino da Silva, com informações do site tribunamulungu.com.br, de Ramon Felix e Nilson Brandão e NiedjaTorquato. Fotos do site tribunamulungu.com.br e Nilson Brandão


Compartilhe
Compartilhar a noticia Faleceu Antônio Galdino de Souza, o Bala, criador do Palmeiras do Bairro Tancredo Neves  Compartilhar a noticia Faleceu Antônio Galdino de Souza, o Bala, criador do Palmeiras do Bairro Tancredo Neves  Compartilhar a noticia Faleceu Antônio Galdino de Souza, o Bala, criador do Palmeiras do Bairro Tancredo Neves

Link da Notícia:

Faleceu Antônio Galdino de Souza, o Bala, criador do Palmeiras do Bairro Tancredo Neves
 (Foto: do site tribunamulungu.com.br, cedidas por José Ivandro e Nilson Brandão)

O site www.tribunamulungu.com.br criado por José Ivandro, morador do Bairro Tancredo Neves, divulgou na manhã desta sexta-feira, nota do falecimento do conhecido defensor do esporte naquele populoso bairro e em Paulo Afonso, Antônio Galdino de Souza, conhecido por Bala, criador do time Palmeiras.

Bala, grande desportista, é também citado por Nilson Brandão em seu livro Ecos de Futebol e outros esportes de Paulo Afonso que deveria ter sido lançado desde o início do ano passado e será lançado no final do mês de Julho com o registro de muitos e importantes momentos do esporte em Paulo Afonso.

Galdino, o Bala  foi também pioneiro como morador do Bairro Mulungu, hoje Tancredo Neves.

Na primeira matéria que o colunista esportivo do site www.tribunamulungu.com.br, Ramon Felix, morador do Bairro Rodoviário fez para este site, foi uma homenagem a esse desportista e a outro, o Bigode.

Bala, no Estádio Ruberleno Oliveira sendo homenageado pelo Prefeito Paulo de Deus

Sobre Bala, Ramon destaca a seu amor pelo futebol desde quando ainda morada em sua cidade natal, Sertânia e ali “foi atleta do América Esporte Clube e posteriormente do Esporte Clube Sertânia, na cidade de Sertânia em Pernambuco. Bala, como é mais conhecido, chegou ao BTN aos 34 anos de idade, jogador de futebol, ponteiro direito, se destacava pela velocidade, corria muito e por isso ganhara o apelido de bala, já que “nem bala o alcançava”.

E, continua Ramon Felix em sua narrativa: “Chegando, viu um bairro que não era nem de perto desenvolvido como nos dias atuais, muito mato e poucas casas. Assim, diante de um cenário tão diferente do que o da cidade de onde vinha, Bala resolve ser pioneiro e cria um time de futebol, não só para fazer o que mais gostava, mas também para resgatar os jovens do álcool e das drogas.

Sempre deixando clara a função social do clube, no ano de 1971, mais especificamente no dia 1º de maio, Dia do Trabalhador, Antonio Galdino Souza, o “Bala”, funda o Palmeiras Futebol Clube de Paulo Afonso. Deixando claro seu amor pelo time da Palestra Itália, palmeirense fanático, Bala batiza o seu clube com o mesmo nome do time paulista, o primeiro time de futebol do nosso querido bairro.

Palmeiras de Bala: Partida válida pelo campeonato de Paulo Afonso – (Bala primeiro da esquerda, em pé)

O campo de futebol era localizado onde hoje é a Escola Municipal Professora Rivadalva de Carvalho, sendo o primeiro espaço do time e o primeiro campo do bairro.

Dono de inúmeras conquistas nos campeonatos do bairro, e de várias partidas memoráveis, o time do Palmeiras consolidou-se como uma equipe forte do futebol de Paulo Afonso, medindo forças com times do centro da cidade e de outros bairros. O time do mestre Galdino transformava vidas através do futebol.

Hoje o Palmeiras de ‘Bala’ está com suas atividades temporariamente suspensas. Suas atividades esportivas estavam sendo realizadas no campo do Marina França, local onde o Palmeiras ganhou um espaço para construção do seu campo, uma vez que o terreno do primeiro campo do time foi cedido para a prefeitura para a construção da Escola. 

Aproveito para informar aos fãs, torcedores e amigos que o nosso grandioso baluarte encontra-se adoentado, aos 82 anos de vida seu estado de saúde preocupa seus familiares. (Felix Ramon, Colunista Tribuna Mulungu)

A matéria de Ramon Felix foi publicada no site www.tribunamulungu.com.br no dia 11/06/2019 ás 07:00. Hoje, 14/06, pela manhã, Antônio Galdino de Souza, o Bala, faleceu. Desde 1971 que começou a escrever uma bela história de amor ao futebol e ao seu Palmeiras como mostram estas fotos extraídas da matéria de Ramon, publicada há 3 dias, no site www.tribunamulungu.com.br.

 

Vereador Jean Roubert lamenta a morte do amigo Bala

Faleceu na manhã dessa sexta-feira, 14/06, aos 82 anos, o desportista Antônio Galdino de Souza, popularmente conhecido por Bala. 

Bala foi um dos fundadores do Bairro Mulungu, atual Bairro Tancredo Neves. 

“ Perdemos um grande homem, um conselheiro e amigo, estou triste porque partiu para outro mundo, mas tenho certeza que estará em paz. O senhor é um amigo muito especial, estará sempre em nossos corações, deixa eternas saudades, mas também lindas lembranças”, Jean Roubert. 

O velório está acontecendo na Rua Nossa Senhora de Lurdes, 133, BTN III, próximo à Paulo do Galeto. O sepultamento está marcado para às 16h, de sábado, 15/06, no Cemitério São Lucas, no BTN.

(Antônio Galdino da Silva, com informações do site www.tribunamulungu.com.br, de Ramon Felix, Nilson Brandão e Niedja Torquato)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2024 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!