Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Especiais

Nesta segunda, 3, abraço simbólico no rio São Francisco – Prainha de PA4 – 8 horas

Se o rio São Francisco morrer, milhões de pessoas morrem com ele.

Publicada em 01/06/19 às 12:53h - 1126 visualizações

por Antônio Galdino com informações de Almeida Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia Nesta segunda, 3, abraço simbólico no rio São Francisco – Prainha de PA4 – 8 horas  Compartilhar a notícia Nesta segunda, 3, abraço simbólico no rio São Francisco – Prainha de PA4 – 8 horas  Compartilhar a notícia Nesta segunda, 3, abraço simbólico no rio São Francisco – Prainha de PA4 – 8 horas

Link da Notícia:

Nesta segunda, 3, abraço simbólico no rio São Francisco – Prainha de PA4 – 8 horas
As baronesas estão matando o rio São Francisco  (Foto: Esta foto:TV São Francisco. Demais fotos: Antônio Galdino e Arq. jornal Folha Sertaneja)

Em junho se comemora a Semana do Meio Ambiente, período em que são realizadas atividades para lembrar bem a responsabilidade de todos nós na preservação da natureza, suas matas, seus rios, cuja existência é a razão da própria vida dos seres humanos.

Em Paulo Afonso, tudo o que existe é em razão da existência do rio São Francisco que, há milênios vem proporcionando vida e desenvolvimento para os seus ribeirinhos, em seus quase 3 mil quilômetros de caminhada, desde a Serra da Canastra em Minas Gerais até a foz, no Oceano Atlântico, entre os Estados de Alagoas e Sergipe.

A Cachoeira de Paulo Afonso, já teve uma vazão de mais de 18 mil metros cúbicos por segundo e está, a cerca de 10 anos, completamente seca.

Da força das águas do rio São Francisco, Delmiro Gouveia tirou a energia hidroelétrica na sua Usina Angiquinho que abasteceu parte do território de Alagoas, a partir do ano de 1913.

Trinta e cinco anos depois, chegou a Chesf e levou a “luz de Paulo Afonso” para todo o Nordeste, promovendo o seu desenvolvimento e o nascimento de muitas cidades e municípios. Promoveu-se a irrigação de grandes áreas, estimulou-se a produção da piscicultura em tanques-rede e o turismo se expandiu trazendo para o Nordeste milhares de visitantes de outras regiões do país e de muitos países do mundo.

E tudo isso pelas benesses do rio São Francisco que agoniza e está quase morrendo.

As baronesas que invadiram seu leito é uma prova da doença do rio.

As promessas de revitalização deste riquíssimo e importante patrimônio nacional, o rio São Francisco, nunca aconteceram na real necessidade do rio que agoniza. E o nosso grande e benfazejo rio São Francisco já ofereceu espetáculos como os mostrados nestas fotos.

Os milhões de habitantes que precisam do rio São Francisco para sobreviver precisam agir urgentemente. É urgente que a urbanização de mais de 500 localidades que jogam seus esgotos in natura no rio, acontece já! Mas precisamos fazer a nossa parte, enquanto cidadãos conscientes.

A campanha “Eu viro carranca pra defender o Velho Chico” será comemorada em Paulo Afonso na próxima segunda feira, dia 03 de junho, Dia Nacional em Defesa do Rio São Francisco, com um abraço simbólico no Rio, às 08 h da manhã, na Prainha de PA IV. A campanha foi instituída pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), e coloca o Velho Chico para sempre no calendário brasileiro de eventos.

Segundo Anttonio Almeida Júnior, o objetivo da campanha é chamar a atenção de todos para os graves problemas enfrentados pelo Rio e para a necessidade de sua revitalização. “É antes de tudo uma ação de cidadania e conta com o apoio da Associação Amigos de Francisco, Folha Sertaneja, ALPA, site Bob Charles e Peixe São Francisco. E conclui “Participe da campanha. Venha! Junte-se a nós. Vire carranca em defesa do rio são Francisco!”

O quê? Abraço simbólico no Rio São Francisco

Onde: Prainha de PA IV

Horário: 8h

#euvirocarranca




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

9 comentários


Cap Paz

02/06/2019 - 22:10:44

Parabéns professor Galdino pelo belo exemplo de cidadania em favor da revitalização do nosso Velho Chico. Estaremos junto se Deus quiser.


Kátia Maria

01/06/2019 - 19:26:37

Parabéns!Professor Galdino pela matéria realmente deveremos defender nosso Rio São Francisco.👏👏👏👏👏👏


Kátia Maria

01/06/2019 - 19:26:16

Parabéns!Professor Galdino pela matéria realmente deveremos defender nosso Rio São Francisco.👏👏👏👏👏👏


Antão de Siqueira Neto

01/06/2019 - 17:19:52

Meu parceiro das lutas ambientais. Entendemos que o problema é gravissimo, os impactos ambientais provocados pelas construções das barragens estão aflorando de forma continua, trazendo prejuízos para rio prejudicando a flora, fauna e a sociedade...Vamos cobrar dos dirigentes uma solução...


Socorro Rolim

01/06/2019 - 14:28:51

Como sempre amigo, você sempre engajado nos assuntos de tamanha importância para milhares de brasileiros, que é a vida do Velho Chico que vem morrendo dia após dia, precisamos sim, pedir um tratamento urgente para o nosso grandioso rio. Conte comigo, estarei aí juntamente com a comissao do meio ambiente da OAB subseção de Paulo Afonso.


Josefa Cardoso

01/06/2019 - 14:12:29

Parabéns Galdino! Excelente matéria.


Marcos Antônio Pereira de Lima

01/06/2019 - 13:56:31

Uma louvável ação. Confirmo presença junto ao exército do bem.


Professor Galdino

01/06/2019 - 13:54:23

Obrigado, Girão. Estamos tentando fazer a nossa parte. Abraço fraternal.


Angelo Girão

01/06/2019 - 13:29:13

Parabéns Galdino, excelente reportagem.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!