Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Educação & Cultura

A arte literária faz história em Santa Brígida que vive um dia de emoção, teatro e de poesia.

= E VEJA A GALERIA DE FOTOS - 1º ENCONTRO DE ESCRITORES SANTABRIGIDENSES E CONVIDADOS

Publicada em 25/11/19 às 17:13h - 1446 visualizações

por Antônio Galdino - Atualizada às 20h.17min; Nova atualização às 22h.22min.


Compartilhe
Compartilhar a notícia A arte literária faz história em Santa Brígida que vive um dia de emoção, teatro e de poesia.  Compartilhar a notícia A arte literária faz história em Santa Brígida que vive um dia de emoção, teatro e de poesia.  Compartilhar a notícia A arte literária faz história em Santa Brígida que vive um dia de emoção, teatro e de poesia.

Link da Notícia:

A arte literária faz história em Santa Brígida que vive um dia de emoção, teatro e de poesia.
 (Foto: Negrito Alcântara)

No sábado, 23 de novembro, a Secretária de Cultura e Turismo de Santa Brígida, Marivônia Marques foi a anfitriã de dezenas de pauloafonsinos e outro tanto de Santa Brígida, de Canindé do São Francisco, de Nossa Senhora da Glória, que participaram do 1º Encontro de Escritores Santabrigidenses & Convidados, , um evento cultural organizado por aquela Secretaria, pelo escritor Marcos Antônio Lima, membro da ALPA, pelo Professor Mário Moura, Coordenador Pedagógico do Centro Educacional Zenor Teixeira, com o apoio da Secretaria de Educação daquela cidade baiana.

Com uma bela encenação teatral do Auto da Compadecida, por alunos de Santa Brígida, poesias, mensagens de agradecimento e de reflexão, tudo pelos estudantes de Santa Brígida e Paulo Afonso fomos envolvidos no clima da arte, do teatro, da poesia, do cordel, da literatura para sermos apresentados a um livro, recheado de textos de gente grande e de pequenos e novatos, iniciantes escritores, poetas e poetisas.

O excepcional valor cultural do evento se refletia na participação de dezenas de estudantes da rede pública de ensino, de Paulo Afonso e de Santa Brígida que estreavam na arte da construção literária produzindo poemas e textos que ornamentam a Antologia lançada naquele dia.

Estes adolescentes, especialmente no caso de Paulo Afonso, são os primeiros frutos das sementes culturais semeadas por projetos de incentivo à leitura e à escrita, um processo lento, de meses e anos, que envolve professores, também amantes da leitura e têm o apoio de coordenadores, diretores e gestores municipais.

Como exemplo, de Paulo Afonso ali estiveram cerca de 40 jovens estudantes que saíram de projetos já vitoriosos que têm revelado muitos talentos como o Aventureiros da Leitura, criado pela Bibliotecária da Escola Municipal Manoel Nascimento Neto, Lúcia Nascimento, com formação (ainda incompleta) em Pedagogia. 

Esse projeto nasceu ainda em 2015 e, a partir de 2017, tomou corpo e hoje, com o apoio de professoras como Maria Gedalva, Maria Aparecida Alves de Lima- professora do 5°Ano A, carinhosamente chamada de Menininha e Rosimeire Pereira da Silva, Professora do 5° Ano B, da Coordenadora Pedagógica, Berilânia Rosa dos Anjos Albuquerque, chamada carinhosamente de Bell e da diretora Luciana Santos Silva, todos da Escola Municipal Manoel Nascimento Neto, tem visto os alunos participando de eventos, ganhando concursos de redação e agora deixando seus poemas e textos literários em uma Antologia.

Do projeto Aventureiros da Leitura, 32 alunos estiveram em Santa Brígida e receberam ali o livro em que estão os seus textos e poemas.

(Veja no final do texto os Colégios e Escolas de Paulo Afonso, Santa Brígida e Monte Alegre de Sergipe, participantes desse projeto)

Nesta mesma linha de incentivo à produção literária, a professora Maria do Carmo, conhecida como Carmem, vem desenvolvendo na Escola Municipal João Bosco Ribeiro, o projeto Leitura, Luz do Aprender e, por ele, 6 alunos desta escola também participaram da Antologia organizada em Santa Brígida e estavam ali, exultantes de alegria, prestigiados pela presença da diretora desta escola, Ciane Cristina Marinho Bezerra. 

A Secretaria Municipal de Educação mantém e patrocina o projeto Leitura e Descoberta: viaje nessa ideia, lançado neste ano de 2019 em substituição a outro similar chamado Leitura, a Chave do Mundo, que foi coordenado até 2018 pela professora Maria do Carmo (Carmem).

O projeto Leitura e Descoberta, é desenvolvido em várias escolas da rede municipal e já apresenta também os seus primeiros frutos. Dentre eles ali estava o aluno Thauan de Jesus, um dos participantes desta Antologia de Escritores Santabrigidenses e Convidados que também apresentou um cordel de sua autoria homenageando o Bairro Tancredo Neves, onde mora. Ele é estudante da Escola Georgina Alves e estava acompanhado pela vice-diretora desta escola, Professora Elânia dos Santos Oliveira.

O Prefeito Luiz de Deus e a Secretaria Municipal de Educação, através da Secretária Elza Brito e do Sub-Secretário Pedro Gomes e também a chefe do Gabinete do Prefeito, Cíntia Rosena forneceram ônibus para a ida destes estudantes e de diretores, coordenadores e professores da rede municipal de ensino para participarem desse evento.

Foi também, para estes jovens que se despertam para a leitura e a escrita, a oportunidade de encontrarem ali escritores membros de várias Academias de Letras da Região, como os escritores membros da Academia de Letras de Paulo Afonso (ALPA), Antônio Galdino da Silva (Presidente), Socorro Araújo (Tesoureira), Socorro Mendonça e Marcos Antônio Lima, que mora em Santa Brígida. Ali também estava o escritor Idenilson Albuquerque, membro da Academia Literária do Alto Sertão Sergipano (ALAS). 

Da Academia de Letras e Artes de Canindé do São Francisco (ACLAS), estavam os escritores Tinho Santana, que é o seu presidente e foi o cerimonialista do evento e Ciro Feliciano. Da Academia Gloriense de Letras (AGL), estava o escritor Joelino Dantas.

A Coordenadora Pedagógica, Maria de Lourdes Cruz, representou o Secretário de Educação de Santa Brígida. O evento contou ainda com a presença do vereador, Secretário da Câmara Municipal de Santa Brígida, Cláudio Pereira Lima.

De Santa Brígida alunos e professores das escolas da rede pública municipal dentre eles o também poeta e escritor Professor Alex Xela, do Colégio Estadual Luiz Viana Filho, Padrinho de seu aluno Adrian Silva e ainda Lúcia Professora, Coordenadora Pedagógica do EJA e as professoras de Língua portuguesa, Avaneide e Zélia Ribeiro, responsáveis, junto com a direção e coordenação da Colégio Municipal Pedro Batista, pela organização da peça O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna, apresentada brilhantemente pelos seus alunos do 8º ano.

A professora Zélia Ribeiro também fez o lançamento do seu primeiro livro chamado Borboletas, Poemas e Cantorias.

Também de Santa Brígida, estava a Professora Maria Aline do Centro Educacional Alfra Barbosa Valadão, do Povoado Marancó, juntamente com os alunos: Maicon Fredy Lima de Souza e Kayane Barbosa dos Santos, ambos do 8º ano.

O escritor Marcos Antônio Lima, membro correspondente da ALPA, Cadeira Nº 28, um dos organizadores desta Antologia e 1º Encontro de Escritores Santabrigidenses & Convidados,  muito emocionado, falou da alegria de ver concretizado esse sonho e de abrir oportunidade para novos escritores. 

"Não foi fácil chegar até aqui. Havia muitas pedras no caminho, mas nenhuma delas colossais o bastante para nos deter." 

Tudo registrado pelo produtor cultural Rogério Xavier que também tem dado grande contribuição à cultura de Paulo Afonso conduzindo projetos como o Chá de Poesia e agora o Cultura em Movimento, este patrocinado pela Secretaria de Cultura de Paulo Afonso.

O que se viu em Santa Brígida foi que a produção literária desses jovens é apenas um tênue começo que precisa ser trabalhado permanentemente mas, o primeiro passo, a sementinha já está plantada e como diz Milton Nascimento na sua Canção do Estudante, “é preciso cuidar do broto, para que a vida nos dê flor e fruto...”.

Todos sabem ou deviam saber que o processo de educação tem o seu tempo de plantio, de adubo e só bem mais na frente, as árvores crescem e começam a dar os seus frutos.

O que se viu nesse final de semana em Santa Brígida, onde estiveram os estudantes de Paulo Afonso encontrando-se com outros estudantes da rede pública daquele município e com escritores com um bom número de livros já publicados, foi a realização de um sonho para muitos, meninos e meninas pobres, estudantes de escola pública, em um começo de viagem, como sugere o projeto da Secretaria de Educação, que precisam de muito incentivo, de muitos apoios, independente do nome que tenha o projeto.

O que se viu ali, foi o começo de uma colheita cujas primeiras sementes foram plantadas há alguns anos e foram adubadas por projetos, acompanhamento de professores dedicados e por outros escritores, pela ALPA e outras academias de Letras e Artes e apoiados por ações das gestões municipais e é imprescindível que se tenha sempre investimentos constantes para que aconteça um renovar de valores, a descoberta de novos talentos e com isso a preservação da arte, da cultura literária, renovando-se a cada ano.

Na solenidade de lançamento da Antologia Escritores Santabrigidenses & Convidados, o presidente da ALPA falou:

“Não há como não se emocionar diante de um cenário destes. Ver estudantes da rede pública escrevendo poemas e textos, participando de um evento que os junta a muitos outros já reconhecidos escritores desta região, de Paulo Afonso, de Santa Brígida, de Nossa Senhora da Glória, de Canindé do São Francisco, como criadores de textos literários, é por demais emocionante, se considerarmos que vivemos em um mundo onde as imagens são o grande atrativo da comunicação.

E para que estivéssemos todos aqui, alegres vendo o brilho nos olhos desses jovens, foi preciso que cada um de nós nos tornássemos padrinhos desses meninos e meninas, contribuindo financeiramente para que eles pudessem ver os seus escritos impressos nesse livro, quando, no meu entender, esse investimento já deveria estar no orçamento das Prefeituras para incentivar a criatividade desses pequenos cidadãos, aprendizes de escritores, como todos nós, sempre eternos aprendizes.

Por isso, quero parabenizar os organizadores desse feito histórico, cada padrinho e madrinha desses jovens escritores e mais ainda abraçar os que desenvolveram os projetos de leitura e escrita como o Aventureiros da Leitura, o Leitura, Luz do Aprender, o Leitura e Descoberta: viaje nessa ideia, que alcança várias e quem sabe, logo, todas as escolas da rede municipal de ensino de Paulo Afonso que reúne mais de 16 mil alunos.

Sobretudo, em nome da Academia de Letras de Paulo Afonso, desejo aplaudir a iniciativa de cada professor/professora das unidades escolares que estimulam seus alunos a buscarem na leitura e na escrita a descoberta de novos mundos, para que possamos, muitas outras vezes, participar de eventos como este e ver outras vezes esse brilho contagiante no olhar de cada um desses meninos e meninas, os novos escritores.

Eu ouvi de um dos membros da Comissão Organizadora desse evento, que “a história se faz com os presentes”. De fato, os que aqui estão, estão fazendo história. Vocês organizadores deste evento, vocês jovens novos escritores, todos nós que aqui chegamos, estamos fazendo história nesse sábado, 23 de Novembro de 2019, nessa terra de calor intenso, em Santa Brígida, terra do beato e venerado Pedro Batista.

E viva a leitura e a escrita! E viva a literatura brasileira!”

Participantes da Antologia Santabrigidense

Projeto: Os Aventureiros da Leitura (Paulo Afonso – BA)

32 alunos participantes, sendo:

26 da Escola Municipal Manoel Nascimento Neto,

01 da Colégio Estadual Carlina Barbosa de Deus – Paulo Afonso, 

02 alunas da Escola Municipal Raimundo Medérico da Silva Toledo – Bairro dos Rodoviários – Paulo Afonso,

03 alunos da Escola SESC Ler.

Projeto: Leitura Luz do Aprender (Paulo Afonso – BA)

01 aluna da Escola Monteiro Lobato – Paulo Afonso.

05 alunos da Escola Municipal Vereador João Bosco Ribeiro.

Projeto Leitura e Descoberta, Viaje nessa ideia (SEDUC) - (Paulo Afonso – BA)

01 aluno da Escola Municipal Georgina Alves da Silva

De Santa Brígida - BA

Projeto Leitura em Movimento: “O Universo Mágico do Conhecimento”.

01 aluno do Colégio Estadual Luiz Viana Filho – Santa Brígida

02 alunos do Centro Educacional Alfra Barbosa Valadão – Povoado Marancó – Santa Brígida

01 aluna do Centro Educacional Zenor Pereira Teixeira – Povoado Colônia – Santa Brígida

De Monte Alegre de Sergipe.

01 aluno da Escola Municipal Antônio Barbosa – Povoado Baixa Verde – Monte Alegre de Sergipe.

Total de alunos (as) participantes: 44, sendo:

39 estudantes de Paulo Afonso/BA;

04 estudantes de Santa Brígida/BA;

01 estudante de Monte Alegre de Sergipe/SE.

Total de Unidades Educacionais participantes: 11, sendo:

07 Unidades Educacionais de Paulo Afonso/BA;

03 Unidades Educacionais de Santa Brígida/BA;

01 Unidade Educacional de Monte Alegre de Sergipe/SE.

(fonte: Marcos Antônio Lima, da Comissão Organizadora da Antologia do 1º Encontro de Escritores Santabrigidenses & Convidados.)





ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


Maria do Socorro Araújo Nascimento

26/11/2019 - 05:11:57

Atividades como essas de incentivo a leitura, fomenta o surgimento de escritores,elevando a qualidade literária nas escolas e abre espaço para novos talentos. A participação dos professores e gestores nesses projetos eleva o grau de sucesso de toda comunidade educacional!


Marcos Antônio Pereira de Lima

25/11/2019 - 21:01:40

Quero aqui externar os mais efusivos agradecimentos ao Jornal Folha Sertaneja pela magnânima cobertura, e apoio cultural a este fabuloso evento literário. Para tudo que aconteceu na manhã do dia 23 de novembro, a palavra é gratidão. Muito obrigado a todos e todas que direta, ou indiretamente compartilharam e contribuíram para a realização desse sonho literário. Gratidão é a palavra.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!