Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

A triste reinvestidura de Emmanuel Macron na presidência da França

Publicada em 08/05/22 às 21:49h - 141 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia A triste reinvestidura de Emmanuel Macron na presidência da França   Compartilhar a notícia A triste reinvestidura de Emmanuel Macron na presidência da França   Compartilhar a notícia A triste reinvestidura de Emmanuel Macron na presidência da França

Link da Notícia:

A triste reinvestidura de Emmanuel Macron na presidência da França
 (Foto: da Net)

Emmanuel Macron, presidente da França, foi reinvestido na presidência para mais cinco anos de governo. Emmanuel significando Deus conosco, o povo francês preferiu Macron com eles em mais um mandato. A vitória de Macron, do centro político, foi sobre Marine Le Pen, candidata radical da extrema direita. Só por já ter pregado a saída da França da União Europeia, em momento perigoso para a Europa – e para o mundo -, a sua derrota, pela segunda vez no pleito presidencial, se apresenta como um alívio. 


Falamos da França dos revolucionários de 1789, do império esclarecido de Napoleão com importantes avanços para a França e para a humanidade (os franceses o adoram). Da França da resistência ao nazismo e da França de Charles de Gaulle. 


O Le Figaro transmitiu a solenidade de posse em tempo real. Bela solenidade. Pompa e patriotismo. Formatura militar impecável na qual excedem os militares. A cena foi no Arco do Triunfo. Lá de cima, a França que acabamos de descrever. Lá de cima, bem ao lado do arco, a imagem de Adolf Hitler registrada em foto pensando-se conquistador da França para seu Reich de mil anos. Dois ou três anos após, um tiro na têmpora e cinzas de um cadáver levadas ao vento. 


O leitor vai sendo conduzido, banhado em patriotismo francês que poderia nos influenciar um pouco, mas de repente não entende a escolha do adjetivo triste lá no título. Por que triste após o que acabou de lhe ter sido oferecido? “Ah, mas que sujeito chato sou eu que não acha nada engraçado” de Raul Seixas poderia ser a meia resposta. 


Macron, como todo político cioso francês, investe no sentimento da França Gloriosa do passado. O mundo se queda em procissões de turistas na França. Cada um, de cada nacionalidade, demonstra se sentir um francês uma vez na França. Como um, uma vez assim o sentimento. Até a entrada em uma manifestação dos Coletes Amarelos nas ruas de Toulouse. Esta afirmação, com a devida permissão do leitor, prova o que acabou de ser dito. 


A entrada no meio dos franceses esclarecidos não levou em consideração o olhar da polícia ponderada e atenta a pouca distância. Valia a pena o risco de ser contestado e deportado. 


O nosso não achar nada engraçado se instala quando consideramos que todo o fervor revolucionário, democrático, sincero e profundo dos franceses deveria ganhar uma dimensão mundial. O que é isso de nações, muitas delas instaladas em pequenos territórios, umas em pequenas ilhas, se enrolarem em casulos e fecharem os olhos para o resto da humanidade, exceção quando é para ganhar dinheiro em transações comerciais? 


Pessoas passam fome no mundo! Crianças morrem de desnutrição. Fome, frio e penúria grassam mundo afora. Em muitos países, menos de 2% da população tomaram a primeira dose da vacina contra o Covid-19. 


Imponente, até tocante, a formação do aparato militar na posse de Emmanuel Macron. Trilhões de dólares que certamente resolveriam os problemas do mundo que podem ser resolvidos com dinheiro são canalizados para os orçamentos militares. 


Encerramos lamentando a hipocrisia de nos considerarmos humanidade, países desenvolvidos solidários uns com os outros; cristãos, muçulmanos, hindus, budistas, judeus, agnósticos e ateus pregadores do amor! 


Francisco Nery Júnior 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12