Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

Natal, fim de ano e o sentido da vida

Publicada em 29/12/21 às 21:37h - 243 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia Natal, fim de ano e o sentido da vida   Compartilhar a notícia Natal, fim de ano e o sentido da vida   Compartilhar a notícia Natal, fim de ano e o sentido da vida

Link da Notícia:

Natal, fim de ano e o sentido da vida
 (Foto: imagens ilustrativas)

Para mim, de saída, considerando que estamos entre amigos, leitores e cronista, a vida só faz sentido no espírito da fé cristã; aquele cristianismo nascente ainda imune aos sabidões de plantão. Sem ele, a nossa conversa não estaria acontecendo [neste momento]. 


O jornalista Charles Lescurier, no Le Figaro de 22 de dezembro, publicou resultados de uma enquete com 19.000 leitores em 17 países sobre “valores que dão sentido à existência”. Prevaleceram a família, o bem-estar material, passando pela fé e os animais domésticos. Em suma, os ingredientes que nos tornam a vida agradável. 


A matéria é longa e a tradução completa tornaria a vida do meu leitor monótona. Como sempre faço após a leitura de uma matéria do jornal, imitando o meu colega de faculdade João José que priorizava o seu gosto na leitura dos comentários (nosso leitor comenta pouco, desprezando o seu potencial de influenciar), fui aos comentários dos leitores do Le Figaro de Paris. Creio que eles sintetizam o que eu, autor desta matéria, teria a conversar com os nossos leitores. Seguem na ordem que apareceram no jornal: 

. Surpreendente o escore pífio (fraco) da espiritualidade e das relações amorosas; 

. Resumo: trabalho, família, saúde; 

. Os franceses perderam a sua fé católica; 

. Jesus! ; 

. Faltaram dois valores: a ciência e a arte; 

. Deus! ; 

. É indispensável ter um sentido para sua vida? Alguém não pode simplesmente gozar este pequeno momento passado no Universo? ; 

. Amar viver dá um sentido à vida e vice-versa; 

. Este mundo é uma oportunidade (chance, sorte) ímpar (única, inaudita). 

Entremos em 2022 cientes que somos parte de um projeto sublime e compensador de um projetista muito, muito superior ao que imaginamos; que uma criança nascida em Belém se esforçou ao extremo para nos tornar parte dele [do projeto]. 

Francisco Nery Júnior 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12