Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

Prefeito e vereador no ringue

Dinheiro público bem empregado

Publicada em 20/12/21 às 15:09h - 499 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia Prefeito e vereador no ringue   Compartilhar a notícia Prefeito e vereador no ringue   Compartilhar a notícia Prefeito e vereador no ringue

Link da Notícia:

Prefeito e vereador no ringue
 (Foto: imagem da net)

Foi no interior do Amazonas. Os dois se “bateram” no ringue de MMA para a resolução de disputas políticas. Melhor assim. Poderiam ter-se batido com parabellums na mão. Nós os amamos e os queremos vivos. Sem eles, adeus a motivação, a inspiração e o fôlego para as nossas crônicas. Eles são o sabor das nossas leituras. Nos descontraem, presunçosos que são que somos ingênuos. Aqui e acolá, vai o registro, um ou dois que respeitamos e conquistam os nossos votos. 


E nos pouparam um aperreio! (Na verdade, pouparam os contribuintes da sua cidade.) Almejaríamos nós, leitor e cronista, estarmos paramentados em luvas e joelheiras, em cima de um ringue a, com socos e pontapés, fazer com eles o que, insistentes, insensíveis e cínicos eles nos fazem todos os dias. Ninguém é de ferro e assumimos o nosso pecado de, pelo menos uma vez na vida, em cima de um ringue ou fora deles, nos deliciarmos com a aplicação de umas poucas bofetadas em quem, renitentemente, nos bofeteia. 


Vamos com calma e nada de preocupação: o duelo que desejamos seria realizado com luvas fofas e macias. Claro que não desejamos, leitor e cronista, quebrar a cara de ninguém. Talvez não tenhamos tanta moral para tanta fúria. Afinal, eles foram eleitos em processo legal e devidamente supervisionado. Melhor analisarmos os nossos votos. 


Para encerrar – não há muito mais que possa ser dito – um agradecimento e uma satisfação: todas as vezes que desejei ter o poder de um ditador nas mãos, imaginei um decreto que colocaria as duas bruxas de plantão, daquelas que existem em todos os lugares, em cima de um ringue de MMA, como se colocaram os dois políticos do Amazonas. 


Um saiu cheio de hematomas no rosto e o outro com a perna machucada pelos pontapés constantes do adversário. Um com o sorriso torto e o outro com o andar manco. Bastou para os dois e bastaria para elas, as ditas bruxas. 


O relato da mídia nos dá conta que o Ministério Público vai investigar se houve dinheiro público empregado para a promoção do evento. Creio poder afirmar que nós outros, na função de jurados em um julgamento, absolveríamos os dois pugilistas sem pestanejar. Condecoraríamos os dois, se pudéssemos condecorar! 


Francisco Nery Júnior    




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


Professor Galdino

20/12/2021 - 15:15:41

De fato, Professor Nery, os dois desafetos poderiam ter optado por outro tipo de duelo, talvez como os da idade média, de preferência, como disse o articulista, de parabellums, e que, os dois fossem excelentes atiradores, para dar empate.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12