Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

ALPA, uma adolescente de 16 anos

Publicada em 07/11/21 às 22:24h - 468 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia ALPA, uma adolescente de 16 anos   Compartilhar a notícia ALPA, uma adolescente de 16 anos   Compartilhar a notícia ALPA, uma adolescente de 16 anos

Link da Notícia:

ALPA, uma adolescente de 16 anos
 (Foto: Acervo do autor)

Ela não é mais uma debutante. Foi com o professor Antônio Galdino. Agora ela é uma adolescente com a doutora Maria Gorette neste percurso de dezesseis anos desde que fundada pelos colegas imortais visionários. 

A Academia de Letras de Paulo Afonso se aproxima da maturidade. Imagina-se celeiro de ideias e berço de cultura. Procura interagir com a comunidade que supõe receptiva. Pesquisa os luminares da cultura nacional e os expoentes da cena internacional à procura de fórmulas testadas em benefício da nossa comunidade. Sabe ser a cultura fator de desenvolvimento. E [ardentemente] almeja a reciprocidade. Feliz a nação que reverencia e ouve as suas cabeças pensantes. Sábios os seus cidadãos. Prudentes os seus governantes. 

Nova diretoria empossada, presidente Maria Gorette firme no leme, aconteceu a reunião de entrosamento e socialização em razão dos dezesseis anos da academia. O local foi o Palácio Raso da Catarina, primeira sede da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, cedido à ALPA por iniciativa do Chefe do Executivo do município, cessão consolidada em lei aprovada pela Câmara Municipal. (Lei Municipal Nº 1.455/2020, aprovada por todos os vereadores e sancionada pelo Prefeito Luiz Barbosa de Deus em 27/10/2020).

Os imortais se fizeram presentes. A exceção foram os que trabalham à noite, mormente em nossas instituições de ensino, os membros correspondentes que moram fora de Paulo Afonso e os que, cansados da [longa] caminhada da vida, impossibilitados por algum mal eventual, curtiam o merecido descanso, presentes porém em espírito. 

Como é bendito o que semeia, bendita a ALPA que inspirou o imortal Marcos Antônio a fundar a Academia de Letras de Santa Brígida. E Marcos veio acompanhado de algumas crianças, potenciais futuras imortais. Elas, como também estudantes da nossa Rede Municipal de Ensino, nos apresentaram algumas produções literárias que ouvimos, acompanhamos com atenção e aplaudimos. 

Temos certeza que não muito distante estaremos a descrever para os leitores a reunião de comemoração da maioridade da nossa academia, madura, firmada, irreversível e produtiva – este articulista ou o sucessor da cadeira número dezoito da Academia de Letras de Paulo Afonso. 

Francisco Nery Júnior

ALPA – Cadeira 18  

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

4 comentários


Gorette Moreira

08/11/2021 - 07:46:44

Professor Nery , o momento foi registrado de maneira leve e magnífica pela ocasião, onde, Ficamos tantos dias impossibilitados de nos ver , nos olhar, nos sorrir e dizermos um ao outro a ALPA é muito maior que nós todos ... ela é revolução de novos pensamentos para o mundo e como esse dia 05.11.2021,outros virão com Vida Longa a ALPA, Parabéns a todos nós ! Juntos somos e seremos mais fortes !


Smendonça

08/11/2021 - 06:21:26

QUERIDO AMIGO E IMORTAL NERY, PARABÉNS PELO BELÍSSIMO REGISTRO E HOMENAGEM FEITA À NOSSA ALPA! REALMENTE FOI MARCANTE O NOSSO EVENTO! O NOSSO ENCONTRO, A CONQUISTA DO NOSSO ESPAÇO, A NOSSA PRESIDENTE " MARIA " E O DESEJO UNÂNIME DE LUTARMOS PARA QUE A ALPA CONQUISTE UM NÍVEL DE EXCELÊNCIALITERÁRIA! JUNTOS SOMOS FORTES !


Socorro Araújo

08/11/2021 - 05:31:42

Momento de muita emoção e acolhimento. Foi uma noite memorável, recheada de muitas surpresas boas pela participação de pessoas vindas de diferentes rincões!


Marcos Antônio Lima

07/11/2021 - 22:46:28

Foi realmente uma noite de magia literária, como são peculiares as noites de eventos da Academia de Letras de Paulo Afonso. Foi assim com o Guerreiro das Letras, Prof. Antônio Galdino, e continuará sendo com a nossa querida Presidente Gorette Moreira.Vida longa a ALPA. Parabéns, atodos e todas envolvidos. Muito obrigado, nobre confrade Prof. Nery, pela citação. A turma da Oficina Manhã Literária têm como objetivo semear letras, para colher livros.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12