Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

A morte de Marília Mendonça, um acidente evitável?

Perigos semelhantes em Paulo Afonso?

Publicada em 06/11/21 às 02:10h - 360 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia A morte de Marília Mendonça, um acidente evitável?   Compartilhar a notícia A morte de Marília Mendonça, um acidente evitável?   Compartilhar a notícia A morte de Marília Mendonça, um acidente evitável?

Link da Notícia:

A morte de Marília Mendonça, um acidente evitável?
 (Foto: O Centro Oeste)

Com pesar, tivemos notícia da morte da cantora Marília Mendonça, aos vinte e seis anos de idade, no auge do sucesso, em um acidente aéreo, hoje à tarde. O debate que se impõe é se o acidente poderia ter sido evitado. 


O noticiário dá conta que o avião se chocou com uma linha de transmissão antes de cair. Segundo um piloto local, não havia aquelas esferas de metal para chamar a atenção dos pilotos. Os pilotos da área, ainda segundo o piloto local, sabiam evitar a proximidade da linha nas manobras de aterrissagem. Sabiam que a linha era perigosa para a manobra de aproximação da pista de aterrissagem. 


Importa perguntar por que não chamaram atenção dos responsáveis – se não chamaram -  pelo tráfego aéreo da região. Por que se omitiram, senão por que razão prevaricaram? Se sabiam contornar o perigo por conhecimento da área, poderiam também prever a aproximação de pilotos de fora. Se não cumpriram o dever de prever um acidente e contribuir para a eliminação do perigo, por mais remoto que fosse, o ensejo é descobrir o porquê. Ficar marcado? Ser taxado de chato? Ser perseguido? Perder contratos? 


E se perigos que tais existirem em Paulo Afonso? Que atitude tomar os entendidos da área? Como analisar a sua responsabilidade após um possível acidente – que poderia ter sido evitado? 


Alguém publicou um comentário neste site chamando a atenção para o perigo de o nosso arranha-céu poder estar na rota de aproximação do aeroporto. Algum responsável tomou conhecimento dessa observação? Se faz sentido, que medidas imediatas de segurança e balizamento deveriam ser tomadas? Além da perda de vidas, podemos considerar os prejuízos materiais para todos os afetados em um possível acidente. 


As nossas torres de comunicação estão devidamente sinalizadas? Os sinais luminosos funcionam? O fato de um erro na aviação ser fatal – como constava em um placar do hangar da Chesf em Paulo Afonso – continua fazendo sentido? 


Como é melhor prevenir do que remediar, no caso com perda de vidas preciosas e recursos materiais, ficam estas ponderações que, confiamos, serão levadas em conta pelos que, temos certeza, são competentes e responsáveis pela segurança de todos nós. 


Francisco Nery Júnior 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12