Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

Enéas, o profeta da crise energética

Publicada em 22/10/21 às 22:41h - 395 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia Enéas, o profeta da crise energética   Compartilhar a notícia Enéas, o profeta da crise energética   Compartilhar a notícia Enéas, o profeta da crise energética

Link da Notícia:

Enéas, o profeta da crise energética
 (Foto: Net)

Nosso pano de fundo é a crise energética e o corte de verbas para o Ministério da Tecnologia. Os reservatórios do Brasil já não conseguem mais garantir água suficiente para girar as turbinas das nossas hidrelétricas. Rio Paraná com uma seca histórica e a Usina de Belo Monte incompreensivelmente planejada para funcionar a fio d’água.  Em época de regime hídrico reduzido, mal fornece água para uma das dezoito máquinas. Neste site, previmos que, um dia, iríamos lamentar a falta de bom senso. Estamos a lamentar. 

Cremos que quase todos nós não entendemos por que o Brasil não decola. O então candidato à presidência da República, o doutor Enéas Carneiro, arrazoava, em 1994, sobre a necessidade de elegermos pessoas preparadas para governar o Brasil. Lamentava que nós nos dobrássemos perante países com muito menos potencial econômico que o nosso. 

E, de dedo apontado na direção prevista, seguro e em riste, enfatizava a necessidade do preparo. Com certa ironia, argumentava a sólida e constante formação de um piloto de avião. 

Brasil [quase] quebrado e de cobertor curto, o jeito do governo é puxar um pouco mais pra lá e cortar parte das verbas destinadas à pesquisa. Sem ela, não avança o desenvolvimento das energias alternativas. A ameaça de um apagão nacional não é desprezível. 

Verifiquemos a percepção do perigo registrada pelo antigo candidato há quase trinta anos em um debate eleitoral. Não espere o leitor que lhe demos o título de gênio. Ele apenas sabia-se mais um João Batista a pregar no deserto das terras brasileiras. E dizia Enéas:  

“Eu me permito discordar do senhor. Quero dizer o seguinte:  se não é fundamental que se tenha nível de escolaridade, como resolver, por exemplo, a questão energética? Não vi nenhuma referência a uma questão crucial. Nós temos no Brasil uma riqueza incomensurável e nós nos curvamos diante de países que detêm quase zero de reserva energética. Nós temos sol o ano inteiro. Um dia de sol equivale a 315 mil usinas de Itaipu funcionando o tempo todo. Ninguém fala nisso. Ninguém fala nos grandes problemas gigantescos que afligem o mundo moderno. Não falam por ignorância específica no assunto. Eu defendo que é preciso preparo específico porque, para dirigir um avião, é preciso formação. Para dirigir um país, ela é também fundamental.” 

Francisco Nery Júnior 

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12