Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Jornal Folha Sertaneja Online
Professor Nery

O que queremos dos nossos políticos

Publicada em 13/06/21 às 22:34h - 327 visualizações

por Francisco Nery Júnior


Compartilhe
Compartilhar a notícia O que queremos dos nossos políticos   Compartilhar a notícia O que queremos dos nossos políticos   Compartilhar a notícia O que queremos dos nossos políticos

Link da Notícia:

O que queremos dos nossos políticos
 (Foto: Imagem ilustrativa - )

Está publicado o encontro do deputado Mario Negromonte Júnior com o ministro da saúde, Marcelo Queiroga. Foi basicamente em busca de alguma operação de salvamento para o Hospital Nair Alves de Souza. 


Importante a terminologia da declaração do deputado: “Vou lutar até ver o hospital em que nasci sendo referência”. O primeiro termo a agregar valor à declaração é “lutar”. “Meu pai trabalha até agora [isto é, luta] e eu trabalho também”, disse Jesus. Estou quase terminando a leitura do romance Dom Quixote de Miguel de Cervantes, versão em inglês de 1021 páginas. Nele, vemos o herói autoproclamado a se bater sem perda de fôlego pelas causas que julgava essenciais para o bem comum. Levava sovas e bordoadas para logo se recuperar e reiniciar sua missão de palmatória do mundo. O fiel pajem Sancho Pança, fiel porque esperava a sua nomeação para governador de uma ilha qualquer, sempre ao seu lado. Um pouco menos fiel e subserviente como querem nos fazer acreditar, era franco - e mesmo ríspido - nos comentários com o chefe, mas fiel. 


Mário Júnior promete “lutar até ver...”. Se a vida é combate que aos fracos abate, promete ir até o fim, lança em riste, até ver o HNAS um hospital de referência. O hospital não é mais da Chesf que está no caminho da “desestatização”. Esta a realidade mórbida que estamos a contemplar – e não estamos a entender. Se saúde é prioridade, como entender o que se nos apresenta como o abandono do nosso hospital? 


Foi lá que nasceu o pequeno Mário e muitos dos nossos filhos. Foi lá que nordestinos de todas as beiras sempre encontraram cuidado e amparo. Ambulâncias de toda a região do entorno de Paulo Afonso continuam a despejar pobres e desamparados no Nair em busca de cura e consolo. 


E assim é preciso lutar pela sobrevivência e pela busca da referência do Nair Alves de Souza. Há muitas promessas. Juras e loas. Temos sobretudo um deputado federal que vai nos permitir compará-lo a Dom Quixote no sentido do incansável cavaleiro andante que nunca perdia o foco e nunca desistia dos seus valores. É nisso que queremos acreditar e é para isso que lhe desejamos sucesso na empreitada de salvar um hospital que deseja apenas salvar vidas. 


Francisco Nery Júnior 


P.S.
No gabinete do ministro, acompanhando Mário Júnior, o prefeito de Glória, David Cavalcanti. Antes de ler a matéria sobre o encontro com Marcelo Queiroga, eu tinha lido sobre a inauguração de um açougue municipal em determinada localidade da zona rural de Glória. Como as pequenas pedras seguram as muralhas, açougues e pequenas obras asseguram o avanço do bem estar social do povo.  



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12