Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

“EU SOU IDOSO. VELHO, NÃO!” – 1ª PARTE - Vovôs e vovós! As habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos

Publicada em 26/07/22 às 13:29h - 123 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia “EU SOU IDOSO. VELHO, NÃO!” – 1ª PARTE - Vovôs e vovós! As habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos  Compartilhar a notícia “EU SOU IDOSO. VELHO, NÃO!” – 1ª PARTE - Vovôs e vovós! As habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos  Compartilhar a notícia “EU SOU IDOSO. VELHO, NÃO!” – 1ª PARTE - Vovôs e vovós! As habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos

Link da Notícia:

“EU SOU IDOSO. VELHO, NÃO!” – 1ª PARTE - Vovôs e vovós! As habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos
 (Foto: Imagem ilustrativa - da net)

Hoje, o calendário que tem dia para tudo, reservou o 26 de julho para dedica-lo aos vovôs e vovós desse mundão a fora. E como já são muitos esses senhorzinhos e senhorinhas. Já se contam aos milhões. Alguns mais precoces, tiveram filhos ainda jovens e, consequentemente também se tornaram avôs e avós ainda com jeito de apenas senhores e senhoras mais maduros...

Antes como hoje, aqueles que a Lei reconhece como “pertencente à terceira idade” continua sofrendo discriminação de outros, especialmente de jovens ainda imberbes ou até mais velhos que dizem que os habilidosos e competentes idosos estão lhe tomando o seu emprego.

Como se diz tanto por aí, falta a estes ainda despreparados jovens senhores a competência, a experiência acumulada por tantos anos de experiência desses senhores de fronte grisalha e olhar sereno.

Além disso, a ciência está comprovando a cada dia que os vovôs e vovós são privilegiados pela própria natureza. Para eles, as habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos. Leu direito? 80 a 90 anos...

No livro anual da Academia de Letras de Paulo Afonso deste ano, 2022, escrevi um artigo falando disso, dessas habilidades dos idosos nos dias de hoje, e destacamos, como uma homenagem, quadro idosos, membros da ALPA, todos com mais de 80 anos, poetas, escritores, palestrantes, pesquisadores que nos passam muita segurança em seus trabalhos e estudos.

Aproveitando que hoje é Dia do Idoso, resolvi apresentar esse estudo aqui no site e, como ele um tantinho comprido, decidi apresenta-lo em duas partes, em duas matérias.

Se você já tem mais de 60 anos, saiba que não está sozinho. Você está na companhia, hoje, de mais de 400 milhões de coleguinhas como você. E não se espante. Daqui a 30 anos, os idosos serão 1,2 bilhões de seres andando, vivendo nesse planeta terra.

Quando estamos vivendo o primeiro quarto do século XXI, os cientistas de todo o mundo já se preocupam e desenvolvem pesquisas e estudos sobre como lidar com o aumento da população de idosos nos próximos anos.

Já se sabe, que segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que até 2050, daqui a menos de 30 anos, o número de pessoas com mais de 60 anos triplique e passe dos atuais 400 milhões para mais de 1,2 bilhões a nível mundial.

Asseguram os estudiosos do assunto, que “estes dados representam um enorme desafio para as sociedades atuais que há muitos anos tentam contornar a questão do envelhecimento populacional. 

Como pode a sociedade adaptar-se a este envelhecimento populacional?

Quais as medidas que devem ser adotadas para rejuvenescer a população e, ao mesmo tempo, proporcionar uma maior qualidade de vida aos mais idosos? 

Estas são apenas algumas das questões às quais a sociedade tem de dar uma resposta efetiva”.

Se, por um lado o reconhecimento de que, de acordo com o último dado do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa média de vida no Brasil foi de 76,6 anos em 2019, sendo entre os homens 73,1 anos e entre as mulheres 80,1 anos, por outro lado observamos que as recentes publicações científicas também asseguram que “o cérebro de uma pessoa idosa é muito mais prático do que normalmente se acredita. Nessa idade, a interação dos hemisférios direito e esquerdo do cérebro torna-se harmoniosa, o que expande nossas possibilidades criativas”

É o que afirma o diretor da Escola de Medicina da Universidade George Washington, que diz ainda:

“Claro, o cérebro não é mais tão rápido como na juventude. No entanto, ele ganha em flexibilidade.  Portanto, com a idade, temos mais probabilidade de tomar as decisões certas e menos expostos a emoções negativas.  O pico da atividade intelectual humana ocorre por volta dos 70 anos, quando o cérebro começa a funcionar com força total.

Com o tempo, a quantidade de mielina aumenta no cérebro, uma substância que facilita a passagem rápida de sinais entre os neurônios.  Devido a isso, as habilidades intelectuais são aumentadas em 300% em relação à média.

Também interessante é o fato de que após 60 anos, uma pessoa pode usar 2 hemisférios ao mesmo tempo.  Isso permite que você resolva problemas muito mais complexos.

O professor Monchi Uri, da Universidade de Montreal, acredita que o cérebro do idoso escolhe o caminho que consome menos energia, elimina o desnecessário e deixa apenas as opções corretas para resolver o problema.  Foi realizado um estudo no qual participaram diferentes faixas etárias.  Os jovens ficavam muito confusos ao passar nos testes, enquanto aqueles com mais de 60 anos tomavam as decisões certas.

. Conclusão: se uma pessoa leva um estilo de vida saudável, se move, tem uma atividade física viável e tem plena atividade mental, as habilidades intelectuais NÃO diminuem com a idade, elas só CRESCEM, atingindo um pico na idade de 80-90 anos.

Portanto, não tenha medo da velhice. Esforce-se para se desenvolver intelectualmente.  Aprenda novos trabalhos manuais, faça música, aprenda a tocar instrumentos musicais, pinte quadros!  Dança!  Interesse-se pela vida, encontre-se e comunique-se com amigos, faça planos para o futuro, viaje o melhor que puder.  Não se esqueça de ir a lojas, cafés, shows.  Não se cale sozinho, é destrutivo para qualquer pessoa.  Viva com o pensamento: todas as coisas boas ainda estão à minha frente!

FONTE: New England Journal of Medicine.

Estamos trazendo esse tema, que publicamos na 4ª edição da Revista anual da ALPA, em 2022, como uma reflexão para todos nós e uma homenagem aos membros da ALPA que já são octogenários e continuam atuando e vivendo intensamente porque, mesmo que o corpo tenha limitações, como se vê, o cérebro continua ativo.

A Academia de Letras de Paulo Afonso é uma instituição cultural, de base literária, mas aberta a interagir com outras artes e ciências, que reúne em seu quadro amantes da literatura, da vida, das ciências, das pesquisas, com várias idades biológicas.

Em 2022, o quadro da ALPA é formado por 40 membros e 23 deles estão na terceira idade, com mais de sessenta anos e outros 7 entre 54 e 59 anos. Somos, assim, uma instituição de literatos, pensadores, da terceira idade. E é com alegria que proclamamos isso, embora pairem sobre os chamados idosos preconceitos e discriminações, quase sempre por parte de jovens que se mostram incapazes e despreparados para o exercício de atividades que são realizadas com a sabedoria acumulada dos mais idosos, justamente beneficiados pela idade avançada e conhecimentos adquiridos ao longo da caminhada.

Os mais idosos da ALPA são altamente produtivos e eficientes embora alguns deles já tenham comemorado oitenta anos ou mais.

E nesse texto, nesta quarta edição da Revista da Academia de Letras de Paulo Afonso, é mesmo nosso desejo homenagear a estes que, mesmo ultrapassando a casa dos 80 anos, continuam atuantes na ALPA, escrevendo poemas e textos brilhantes, escrevendo livros, realizando palestras impactantes, sendo úteis à sociedade onde vivem.

Os que já passaram dos 60 anos, vários ainda estão no exercício de suas profissões, são professores universitários ou, mesmo aposentados, alguns se dedicam a atividades motivar crianças e adolescentes à leitura e à escrita, plantar árvores para melhorar o clima e o meio ambiente da cidade...

A Bíblia Sagrada dos cristãos diz que ao homem é dado viver 70 anos e que depois dessa idade é canseira e enfado.

De fato, quando as leis reconhecem que a partir dos 60 anos de idade o homem precisa de certos incentivos e benefícios para continuar a sua caminhada, há um reconhecimento também dos homens que fazem as leis, das limitações, das dores da idade do “condor”, dos custos que a velhice traz, dentre eles o até abusivo aumento dos planos de saúde, muito elevados para os mais velhos, a compra de medicamentos, os valores das consultas médicas, tudo mais caro para os idosos.

Mas, o reconhecimento de que, de acordo com o último dado do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a expectativa média de vida no Brasil foi de 76,6 anos em 2019, sendo entre os homens 73,1 anos e entre as mulheres 80,1 anos, e as recentes publicações científicas que asseguram, como vimos, que “o cérebro de uma pessoa idosa é muito mais prático do que normalmente se acredita. Nessa idade, a interação dos hemisférios direito e esquerdo do cérebro torna-se harmoniosa, o que expande nossas possibilidades criativas”. 

(CONTINUE LENDO, NA SEGUNDA PARTE, A SEGUIR...




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

1 comentário


Socorro Mendonça

26/07/2022 - 16:39:43

Parabéns ao jornal FOLHA SERTANEJA, que nos parabenizou pelo dia dos vovôs e vovós da ALPA e nos trouxe informações valiosas sobre o idosos de forma geral.Escrever é manter o cérebro ativo e vê a vida com os olhos de forma diferenciada.Lamentável saber que apesar de existir em nosso país um excelente ESTATUTO de proteção aos idosos, muito pouco é feito para que CUMPRA - SE a LEI.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!