Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Comoção, tristeza e homenagens no velório e sepultamento do Comandante Coimbra em Paulo Afonso

Publicada em 08/06/22 às 00:55h - 605 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia Comoção, tristeza e homenagens no velório e sepultamento do Comandante Coimbra em Paulo Afonso  Compartilhar a notícia Comoção, tristeza e homenagens no velório e sepultamento do Comandante Coimbra em Paulo Afonso  Compartilhar a notícia Comoção, tristeza e homenagens no velório e sepultamento do Comandante Coimbra em Paulo Afonso

Link da Notícia:

Comoção, tristeza e homenagens no velório e sepultamento do Comandante Coimbra em Paulo Afonso
Chegada do corpo do piloto Coimbra a Paulo Afonso/BA - edição de vídeos para o site: Nilton Alcântara - www.seliganamusica  (Foto: Das redes sociais)

Nota do Editor: Com o apoio de Hugo Quadros e de Fátima Araújo, Clécio, Antônio Sobrinho (Fifí) e Geraldo Leite, apresentamos nesta matéria vídeos de pronunciamento da diretoria da Chesf (no início da matéria) e de imagens da chegada e sepultamento do comandante Coimbra, em Paulo Afonso/BA (no final da matéria).

A edição desses vídeos para o site foi de Nilton Alcântara, do site www.seliganamúsica.com. Agradecemos a todos.



Comoção, tristeza e homenagens no velório e sepultamento do Comandante Coimbra em Paulo Afonso

Os chesfianos desde o domingo, 5 de junho, vivem momentos de grande lamento e dor pela perda dos colegas num trágico acidente com um helicóptero da empresa hidrelétrica pilotado pelo comandante Coimbra, de Paulo Afonso e levando os técnicos em linhas de transmissão Robson e Francisco, ambos de Natal/RN num trabalho de inspeção de linhas de transmissão na região rural de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, quando o helicóptero se chocou com uma linha de transmissão de 230 Kv e caiu em um açude.

No acidente, que aconteceu às 13h36 do domingo, 5 de junho, morreram o comandante da aeronave, Juberson Coelho Coimbra, de 65 anos de idade (Piloto) que estava trabalhando no Chesf há 34 anos e 7 meses e morava em Paulo Afonso/BA, e os dois funcionários da Chesf, Robson Deusdette de Melo Araujo de 35 anos de idade (Inspetor de Linha), com 10 anos e 10 meses de trabalho na Chesf e Francisco Wilson da Silva de 52 anos de idade (Inspetor de Linha), com 11 anos e 9 meses de trabalho na Chesf, ambos residentes em Natal/RN.

Testemunhas, em mensagens nas redes sociais, dão conta que o tempo estava muito fechado, com pouca visibilidade e o impacto da aeronave com a rede elétrica deixou várias cidades no escuro.

Na segunda-feira, o presidente da Chesf e todos os diretores da Hidrelétrica do São Francisco realizaram uma videoconferência para toda a empresa relatando o triste acontecimento que ceifou a vida de três empregados da empresa e disse estar adotando todas as providências em relação à tragédia e aos vitimados nela, assim como a assistência às famílias enlutadas. Disse o presidente da Chesf que toda a empresa estava de luto e pesarosa com estas perdas.

Na terça-feira um avião da Chesf saiu de Paulo Afonso para Mossoró para dali trazer o corpo do comandante Coimbra para o seu sepultamento em Paulo Afonso.

A chegada do corpo no Aeroporto de Paulo Afonso, Hangar da Chesf, reuniu muitos chesfianos, os colegas do Hangar e outros amigos entre os quais muitos motociclistas de Paulo Afonso, uma vez que Coimbra era membro de motoclube, outra de suas paixões. Foi um momento de grande comoção.

Durante o restante do dia, até às 16 horas, os chesfianos e amigos do comandante Coimbra puderam velar o seu corpo no velatório do SAF, na Avenida Apolônio Sales, em Paulo Afonso e ás 16 horas, grande número de pessoas e dezenas de motociclistas fizeram o cortejo fúnebre até o cemitério Padre Mário Lourenço Tori.

Ali, mais emoção. Músicas de despedidas, mensagens e uma homenagem muito significativa dos pilotos de helicóptero, colegas de Coimbra, Comandante Geovani e comandante Cristiano que, pilotando outro helicóptero da Chesf, ficaram sobrevoando em voos bem baixos a área do cemitério onde estava o túmulo do colega piloto que foi sepultado com muitos aplausos emocionados dos presentes.

A cerimônia do sepultamento do comandante Coimbra permitiu, de forma inusitada, que a família se reunisse em Paulo Afonso. Sua mãe, veio do Espírito Santo. O filho, veio do Paraguai onde está fazendo o Curso de Medicina. As duas irmãs vieram dos Estados Unidos, onde moram atualmente.

Esses três dias, desde o trágico acidente em Currais Novos até a chegada, velório e sepultamento do corpo do comandante Juberson Coimbra, foram de intensas emoções tanto entre os seus colegas da Chesf como entre os moradores da cidade.

A Câmara Municipal de Paulo Afonso, como informou a Secretária Executiva Gorette Moreira, em sua Sessão Ordinária desta segunda-feira, 6 de junho, dedicou tempo dessa sessão para prantear o piloto Coimbra e, por unanimidade os 15 vereadores apresentaram e votaram uma Moção de Pesar pela sua morte.

Também os colegas motociclistas dos moto clubes de Paulo Afonso mostraram toda a sua tristeza e Val Oliveira, Secretário de Cultura e Esportes de Paulo Afonso e presidente do Moto Clube Cavalo Doido, um dos mais antigos da cidade, acompanhou durante todo o dia as ações de preparação do sepultamento do seu amigo pessoal e, no Cemitério Padre Loureço Tori fez compungente discurso de despedida do amigo-irmão mototociclista...

Passada a tragédia, muitas histórias vão aparecer na mídia, nos informativos da televisão, mas nenhuma das situações levantadas vão trazer de volta aqueles que saíram de suas casas num domingo de chuva intensa no Nordeste para, a bordo de um pequeno helicóptero fazer o seu serviço: o piloto experiente, com mais de 20 mil horas de voo nesse tipo de aeronave em seus quase 35 anos de trabalho nessa área na Chesf e os técnicos da empresa que precisavam ver as condições de funcionamento das redes elétricas de alta tensão...

As homenagens são o reflexo do valor dessas pessoas para a empresa, para suas famílias, para a sociedade dos lugares que eles escolheram para morar. Eles se foram. Ficam as perguntas e a grande dor por suas perdas...

O nosso sentimento de pesar para as famílias de todos os que nos deixaram, Robson, Francisco e Coimbra.

Os pauloafonsinos deixam, com suas lágrimas e tristeza, o seu adeus, ao comandante Coimbra!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!