Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Pezão, de POP na Transamazônica, deixa Jacareacanga, no Pará e chega à Vila de Sucurundi, no Estado do Amazonas

Publicada em 15/04/22 às 00:27h - 315 visualizações

por Antonio Galdino, com informações de Flávio Mendonça - Pezão


Compartilhe
Compartilhar a notícia Pezão, de POP na Transamazônica, deixa Jacareacanga, no Pará e chega à Vila de Sucurundi, no Estado do Amazonas  Compartilhar a notícia Pezão, de POP na Transamazônica, deixa Jacareacanga, no Pará e chega à Vila de Sucurundi, no Estado do Amazonas  Compartilhar a notícia Pezão, de POP na Transamazônica, deixa Jacareacanga, no Pará e chega à Vila de Sucurundi, no Estado do Amazonas

Link da Notícia:

Pezão, de POP na Transamazônica, deixa Jacareacanga, no Pará e chega à Vila de Sucurundi, no Estado do Amazonas
Movimento de barcos no rio Sonrisal, em Jacareacnaga  (Foto: Divulgação Flávio Mendonça - Pezão)

Como estava programado, em virtude da quebra do bagaceiro de sua moto POP 110, Flávio Pezão chegou a Jacareacanga/PA às 9 da noite do dia 12 de abril e no dia 13 seria um dia para verificar as condições do bagaceiro, possibilidade de solda e revisão da moto o que tomaria boa parte do dia 13 de abril.

Tudo isso, Pezão fez na parte da manhã e depois de avaliação do bagageiro em várias oficinas ele optou em colocar o bagageiro original, bem menor e descartar parte da bagagem, como a barraca que tinha estragado um pouco, panelas e alguns outros utensílios.

Às 13:30 horas do dia 13, Pezão voltou à estrada transamazônica, em estradas como esta, para ganhar mais alguns quilômetros porque o seu cronograma também está ficando um pouco apertado. Ele precisa estar em Paulo Afonso até o dia 30 de abril quando acabam as suas férias, para voltar ao trabalho no início de maio.

Rodou 165 quilômetros de Jacareacanga a Vila de Sucurundi, já no Estado do Amazonas, onde chegou às 19 horas. Havia a preocupação sobre o horário da balsa que leva até à Vila, mas deu tudo certo e ele pernoitou em Vila de Sucurundi/PA.

De Sucurundi/AM a Humaitá, são 497 quilômetros e entre esses dois pontos estão Apuí/AM que fica a 110 km de Sucurundi e Novo Aripuanã que está a 220 quilômetros de Sucurundi.

Depois de Humaitá/AM vem Lábrea/AM, a 200 quilômetros à frente, o marco final da transamazônica.

Até agora foram rodados 570 quilômetros, de Paulo Afonso/BA até Cabedelo/PB e 3.513 quilômetros, na BR-230, a Transamazônica, de Cabedelo/PB até Sucurundi, no Amazonas., totalizando 4.083 quilômetros com a Moto Honda POP-110.

Nesta expedição de Flávio Pezão foram percorridos territórios dos seguintes estados: Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Amazonas., totalizando 10 estados brasileiros.

Veja o vídeo a seguir. 

Aproveitamos para agradecer o apoio de Negrito Alcântara, do SELIGANAMÚSICA, pelo apoio nas edições dos vídeos recebidos de Flávio Pezão.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

4 comentários


Edna Mendonça

16/04/2022 - 19:46:25

Flávio, meu sobrinho querido. Deus vai continuar te abençoando e protegendo dos perigos desta viagem. Continue confiando DEUS e siga frente. 🌿


Socorro Mendonça

15/04/2022 - 15:37:16

Agradeço ao JORNAL FOLHA SERTANEJA, por informar diariamente todo o percurso desta brilhantes e corajosa aventura do meu filho Flávio Mendonça.Não tem sido fácil! Mas na proteção DIVINA junto à coragem e determinação deste guerreiro, parte de mim....ja deu certo ! Ele vencerá o desafio e realizará este SONHO de todos nós/ família e amigos.Quando aos reconhecimentos por tudo que ele têm divulgado carinhosamente, da nossa cidade e da moto Honda POP 110, fica a critério de cada um. Deus tem nos dado bençãos de proteção e paz. Meu filho segue feliz e ileso


Professor Galdino

15/04/2022 - 13:50:57

Faz muito sentido o comentário e a sugestão do Leitor amigo. De fato, depois de uma aventura destas, o motociclista Pezão merece vários bons prêmios. Primeiro, mais um mês férias, remunerado de novo, do seu patrão, agora para um merecido descanso. Depois merece um prêmio de grande valor da Honda do Brasil pelo excepcional marketing que está fazendo de seu produto mais popular, a Moto Honda POP que, depois de provar sua força nessa missão vai obrigar a Honda a aumentar muito a sua produção, tão grande vai ser a procura. E a Honda vai faturar muito... Reforço essa ideia já apresentada em outra das matérias do site que acompanha, diariamente, a viagem do representante do Moto Clube Carcarás do Sertão, do município de Paulo Afonso-BA.


Leitor amigo

15/04/2022 - 08:40:31

Se o nosso aventureiro se atrasar um pouco, contamos com a compreensão do seu patrão que deve concordar que o atraso vale a pena. Se eu fosse o patrão daria mais um mês de férias.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12