Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Com sua moto POP 110, o pauloafonsino Flávio Pezão chega na Floresta Amazônica

Ele saiu de Estreito/MA, cruzou 155 km em território do Estado do Tocantins e chegou a Cajazeiras do Pará

Publicada em 08/04/22 às 00:33h - 339 visualizações

por Antonio Galdino, com informações de Flávio Mendonça - Pezão


Compartilhe
Compartilhar a notícia Com sua moto POP 110, o pauloafonsino Flávio Pezão chega na Floresta Amazônica  Compartilhar a notícia Com sua moto POP 110, o pauloafonsino Flávio Pezão chega na Floresta Amazônica  Compartilhar a notícia Com sua moto POP 110, o pauloafonsino Flávio Pezão chega na Floresta Amazônica

Link da Notícia:

Com sua moto POP 110, o pauloafonsino Flávio Pezão chega na Floresta Amazônica
 (Foto: Divulgação Flávio Mendonça - Pezão)

Na viagem de hoje, 7 de abril de 2022, saí de Estreito, no Maranhão às 7:30, percorri 155 quilômetros em terras do Estado do Tocantins, passei dentre outras cidades, por Marabá e consegui chegar em Cajazeiras no Pará. Cheguei em Cajazeiras às 17 horas.

Nesse trajeto estive em três estados brasileiros. Saí de Estreito, no Maranhão, passei por Tocantins e estou em Cajazeiras, no Pará.

Peguei chuva de Marabá a Cajazeiras do Pará. (veja o vídeo)

Mas a viagem foi tranquila e já estou dentro da floresta amazônica.

Em Marabá registrei a passagem em frente ao quartel do Batalhão Capitão Mor Caldeira Castelo Branco, o Batalhão da Selva.

Outro registro marcante foi a passagem sobre a ponte do rio Araguaia que tem 900 metros.

Wabry e seu haras, em Cajazeiras do Pará

Em Cajazeiras estava num mercado, comprando uma água quando fui abordado por um senhor que me perguntou se eu estava nessa POP. Confirmei que sim e ele se apresentou, Warby, e me convidou para ir até o haras dele, conhecer alguns cavalos, tomar um sorvete. Foi um momento bem agradável dessa viagem.

Marcos e a esposa e o convite para pernoitar em sua casa em Altamira amanhã, dia 8 de abril

Outro momento interessante foi quando estava no Espetinho Transamazônica e conheci um caminhoneiro chamado Marcos que estava vindo de Maracá com uma carga. Ele se apresentou, com a esposa e disse que estava indo para Altamira onde mora e tem uma pizzaria  lá e já me convidou para amanhã pernoitar na casa dele. E eu aceitei.

Essa é a recepção carinhosa que encontramos em cada lugar onde chegamos. Todos querem ser úteis, oferecer um apoio.


O desafio previsto para amanhã, quinta-feira, dia 8 de abril, é chegar a Altamira, ainda no Pará, que fica a 530 quilômetros de Cajazeiras/PA.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

3 comentários


Socorro Mendonça

08/04/2022 - 15:24:02

Obrigada ao JORNAL FOLHA SERTANEJA pela publicação diária deste projetor desafiador do meu filho Flávio MendonçaO planejado está dentro do previsto. Ele segue feliz, seguro e desbravando parte do nosso PAÍS. Contempla e comenta os acolhimentos. Gratidão à Deus pelos livramentos e pagz na estrada


Erica Kariny

08/04/2022 - 08:50:58

Eita... fui colocar uns emojis no texto e saiu um bocado de números e letras aleatórios aí, desculpem.


Erica Kariny

08/04/2022 - 08:45:31

Essa expedição está sendo o máximo 😍, incrível ver a facilidade de se fazer amigos, não só no meio motociclístico, mas com as pessoas de uma forma geral, elas gostam de ver os motociclistas se aventurando.😊 Estou adorando também acompanhar essa aventura pela Folha Sertaneja. Parabéns Galdino pela iniciativa de cobrir a expedição.👏👏👏👏👏


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12