Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Jornal Folha Sertaneja completa 18 anos registrando a história recente de Paulo Afonso e região

Publicada em 18/02/22 às 22:10h - 531 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia Jornal Folha Sertaneja completa 18 anos registrando a história recente de Paulo Afonso e região  Compartilhar a notícia Jornal Folha Sertaneja completa 18 anos registrando a história recente de Paulo Afonso e região  Compartilhar a notícia Jornal Folha Sertaneja completa 18 anos registrando a história recente de Paulo Afonso e região

Link da Notícia:

Jornal Folha Sertaneja completa 18 anos registrando a história recente de Paulo Afonso e região
 (Foto: Arq. Jornal Folha Sertaneja)

Professor Antônio Galdino em 18/02/2004, no Cepeazinho

Hoje eu quero abrir essa notícia de alegria com esta foto feita há exatos 18 anos, no dia 18 de fevereiro de 2004, uma quarta-feira. 

Às 19 horas estávamos reunidos no Cepeazinho para o jantar de lançamento da Edição Nº 01 do jornal Folha Sertaneja que começava a sua caminhada em terras paulafonsinas, mas com o olhar regional.

O prefeito e os secretários municipais que prometeram estar ali, não chegaram e vendo a minha ansiedade, esperando por eles para começar a solenidade, uma amiga me disse, reservadamente.

- Não espere pelo prefeito nem pelos secretários para começar. O prefeito não vem e disse para nenhum secretário vir. Eu estou aqui representando a Secretária de Educação que queria vir, gosta muito de você, mas foi impedida.

Tomei um choque, na verdade dois, porque havia também o compromisso com o jantar que eu tive que assumir integralmente...

Descobri o motivo do boicote. O jornal trazia na capa uma matéria que se referia a um projeto de produção de tilápias em Paulo Afonso, criado por uma multinacional, com grande empenho do prefeito e que estava afundando. Uma matéria do renomado jornalista, aposentado do jornal A TARDE, de Salvador, Clementino Heitor de Carvalho...

Isso também ficou claro quando, antes de começar a solenidade, fomos abordado por uma jornalista ligada à Prefeitura, que me perguntou qual o objetivo da criação desse jornal? Eu me fiz de desentendido e respondi com outra pergunta que encerrou a conversa. Você é jornalista e, como tal, acredito, deve saber o que é um jornal.

A ausência do prefeito de Paulo Afonso e dos secretários municipais não tirou o brilho do lançamento do jornal Folha Sertaneja.

Ali estavam o presidente da Câmara, Vereador João Lima de Souza e o seu colega vereador Regivaldo Coriolano. Leônidas da Fachesf, Erivaldo da ASCOPA. Também estava o presidente da OAB/Seção Paulo Afonso, o advogado José Fernandes Neto. O Administrador da Chesf, Professor Gilberto Pedrosa (Maninho), o comandante do 20º BPM, Ten. Cel, Nilton, o Venerável da Loja Maçônica União do São Francisco, Josimar Luís, o presidente da CDL, Francisco Neto, o empresário Sebastião Leandro de Morais, que continua nos apoiando desde aquele momento.

Ali estavam João Gomes, prefeito de Jatobá e Padre Eraldo atuante em Delmiro Gouveia.

Ali estavam muitos amigos, gente que torcia pelo sucesso desse projeto e até quem apareceu só por curiosidade...

Ali estavam os que acreditavam nesse sonho e a eles se dedicavam pelo simples prazer de fazer um jornal. O seu diretor, Professor Antônio Galdino conseguiu reunir uma equipe portentosa.

Da esq: Nilson Brandão, Nadja Maria, Ednaldo Júnor, Giuliano Ribeiro, Antônio Galdino e João Gomes, prefeito de Jatobá/PE

Os jornalistas Clementino Heitor de Carvalho e Edinaldo Júnior (Júnior Padão). Para trazer as notícias do Esporte, Nilson Brandão. A área Social ficou aos cuidados de Nádja Maria. Em campo, dois repórteres: Antônio Carlos Zuca, ex-editor da Revista Mais Destaque, hoje importante repórter e radialista da Rádio Cultura de Paulo Afonso. Giuliano Ribeiro, com brilhante atuação depois na Rádio Delmiro FM e atual diretor e radialista da Rádio Angiquinho.

Depois dos primeiros impactos, até teve bons apoios da Prefeitura de Paulo Afonso, nas gestões de Wilson Pereira, que era o vice-prefeito e terminou o mandato de Paulo de Deus em 2004, Raimundo Caires (2005/2008), Anilton Bastos (2009/2012 e 2013/2016) e Luiz de Deus, no seu primeiro mandato (2017/2020). Em todas estas gestões, valores bem pequenos e irregulares. E até se passavam vários meses sem se receber nada. Algum apoio da Chesf nos seus dois primeiros anos...

E o jornal Folha Sertaneja, mensal, seguiu a sua caminhada e chega aos 18 anos de vida


O fato é que o jornal viveu momentos de penúria e ainda assim está sobrevivendo, mantendo a ética, o respeito e a linha editorial sempre equilibrada e em alto nível e chegou aos 18 anos.

A marca desses 18 anos é bem sugestiva. Há o verde indicativo de uma constante renovação da esperança. O azul simboliza as águas do nosso Velho Chico, o rio São Francisco. Há o sol, sempre presente nestas terras sertanejas onde nasce o mandacaru, cheio de espinhos que simbolizam as dificuldades mas sempre símbolo de resistência dos sertanejos. Uma criação do nosso Web Design Admilson Gomes.

E foi, ao longo desses 18 anos, na forma impressa quando já teve até 20 páginas e no formato online como vem fazendo desde setembro de 2021, o fiel relator da história recente desses últimos 18 anos do município de Paulo Afonso e até registou fatos e teve edições especiais de Jatobá, Macururé, dentre outras.

No cenário político do município de Paulo Afonso, o jornal Folha Sertaneja, que nesta sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022, completa 18 anos de caminhada, acompanhou os últimos dias do governo do segundo mandato do prefeito engenheiro Paulo de Deus (1997/2000 e 2001/2004) que renunciou em 31 de março de 2004 para concorrer às eleições para prefeito de Canindé do São Francisco, sem sucesso e foi substituído pelo seu vice-prefeito engenheiro Wilson Pereira.

Também registou os fatos mais relevantes dos nove meses de gestão de Wilson Pereira e a sua luta para ser eleito, sendo derrotado nas eleições de 2004 pelo candidato das oposições, o bioquímico Raimundo Caires Rocha.

Durante a gestão do prefeito Raimundo Caires, o jornal Folha Sertaneja estava presente próximo a um palanque armado ao lado do prédio do Centro de Cultura Lindinalva Cabral e nesse palanque estava o candidato à reeleição para governador da Bahia que chamou para o seu lado o prefeito Caires, o Administrador da Chesf, Gilberto Pedrosa (Maninho) e o então Secretário de Saúde do Estado, Jorge Solas e deu a cada um uma tarefa: Maninho, você cuida das instalações físicas no HNAS; Jorge, você cuida da aquisição de todos os equipamentos e você Caires resolve o problema do pessoal e levantando a voz o candidato à reeleição a governador do Estado da Bahia falou para o povo, dentre eles um grupo de idosos de uma Associação de Paulo Afonso:

- E, dentro de sessenta dias eu volto a Paulo Afonso para inaugurar os 30 leitos da UTI do Hospital da Chesf.

Foi uma explosão de aplausos, lágrimas dos idosos, abraços...

O jornal Folha Sertaneja estava lá...

16 anos depois não há nem um leito de UTI no HNAS, apenas alguns leitos na UPA, feitos às pressas e exclusivos para os pacientes da COVID.

Como as demais, a gestão de Raimundo Caires foi fielmente acompanhada pelo jornal Folha Sertaneja, que viu a sua tentativa de reeleição, o que não aconteceu porque a eleição de 2008 teve como vencedor o candidato médico Anilton Bastos Pereira (2009/2012), indicado pelo grupo de Luiz de Deus, de que fazia parte.

No final do ano de 2012, Anilton Bastos se apresentou buscando a reeleição que conseguiu nas eleições em outubro e o manteve na gestão do município por mais quatro anos (2013/2016).

Ao fim do seu mandato, impossibilitado pela legislação de novamente ser candidato, apoiou o candidato Luiz de Deus que foi eleito para a gestão do período 2017/2020.

Ainda no início desta gestão de Luiz de Deus, que voltava à prefeitura depois de ter sido prefeito em 1989/1992, ter sido deputado estadual em quatro mandatos consecutivos e ter passado dois anos como deputado federal, Luiz de Deus precisou se afastar da gestão municipal por cerca de 100 dias, quando foi, de forma natural, substituído pelo vice-prefeito Flávio Henrique Magalhães que havia sido o Procurador Municipal nas duas gestões do ex-prefeito Anilton Bastos.

O período de gestão do vice-prefeito não agradou ao grupo do Prefeito Luiz de Deus e os dois se afastaram politicamente.

Em 2020, no final do seu mandato, Luiz de Deus se apresentou como candidato à reeleição e encontrou forte resistência em seus antigos aliados como Anilton Bastos, lançado por ele na política e por ele indicado e apoiado para ser o seu substituto quando deixou a Prefeitura, em 1992 e também do seu ex-vice-prefeito Flávio Henrique.

Ao final da apuração Anilton Bastos teve grande votação mas quem ameaçou a cadeira do prefeito foi o vereador Mário Galinho que só perdeu a eleição nas últimas urnas quando aconteceu a apuração dos votos dos moradores da zona rural...

O vírus do Covid-19, que matou mais de 200 pessoas em Paulo Afonso e que ainda hoje assusta e mata, também matou empresas do comércio local e, naturalmente, como em todo o mundo, fortaleceu outras.

A empresa Galcom Comunicações foi uma dessas empresas atingidas pelo Covid. Faltaram os patrocínios de outras empresas e também dos órgãos públicos que têm verbas para publicidade, como as Câmaras dos Vereadores e as Prefeituras e isso nos levou a deixar de ter as edições impressas de todo mês, a demitir funcionários e a manter, praticamente sozinho, o jornal na sua versão online e assim, privando os leitores de ter acesso ao papel, ao cheiro do jornal.

Mas estamos vivos e com a mesma disposição com que iniciamos essa caminhada. E até mais. E sempre muito agradecidos a todos aqueles que, ao longo desta caminhada de 18 anos nos deram um apoio em algum tempo e aqueles que estão conosco desde o começo como Sebastião Leandro de Morais e a SUPRAVE.

O nosso agradecimento a cada colaborador, repórter, jornalista, ao diagramador Admilson Gomes e aos pioneiros Anderson Carlos e depois, seu irmão, Tony Filho. Minha gratidão a Zenaide Novaes, que por vários anos assumiu a Secretaria da Galcom, sendo até premiada com o Troféu Destaque do Sertão pelo seu trabalho no Jornal e a Ricardo Costa que já cuidava da produção de vídeos e assumiu esta Secretaria, na sua saída. 

A nossa palavra de GRATIDÃO a Deus porque sabemos que, se chegamos até aqui foi porque "Até aqui nos ajudou o Senhor" (I Sm.7:12)

Além da edição mensal agora apresentada aos leitores na forma online, disponibilizada no site www.folhasertaneja.com.br e também enviada por E-mail e pelo WhatsApp, inventamos de criar um Caderno Cultural que está disponível nesses mesmos espaços, todos os domingos.

Aproveitamos para uma importante informação e um especial agradecimento.

Um dos admiradores do jornal Folha Sertaneja, o Professor Doutor Edvaldo Nascimento presenteia periodicamente a direção do jornal Folha Sertaneja com as edições deste jornal encadernadas, uma foram de preservar esse conteúdo histórico.

Ao Professor e Doutor em Educação, o pauloafonsino que vive nas terras alagoanas – Delmiro/Maceió,  há muitos anos, a gratidão de um aniversariante de 18 anos.

Queremos também agradecer pelos muitos prêmios que o Jornal Folha Sertaneja recebeu ao longo de sua caminhada. 

Foram muitas Moções de Aplausos e de Congratulações recebidas da Câmara Municipal de Paulo Afonso e 15 Troféus Destaque de Sertão recebidos da Nordeste Eventos, empresa dirigida por Derinho Oliveira, nesse grande evento que se realiza todos os anos no Clube Paulo Afonso e reúne centenas de empresários e autoridades de Paulo Afonso e da região no que é considerado o maior evento social da região dos últimos anos.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

10 comentários


Prof. Jacques Fernandes

03/03/2022 - 11:06:10

Amigo Prof. Galdino, faço minhas as palavras dos nossos confrades e confreiras, no regozijo de suas conquistas. Você, e a Folha Sertaneja, são divisores da cultura e formação regional, e se misturam organicamente com os trajetos da região do São Francisco. Parabéns, pelo pioneirismo, coragem, força, e fé! Um ícone disruptivo em terras sertanejas.


Maria Gorette Moreira

24/02/2022 - 00:07:45

Antonio Galdino _ Diretor da Folha Sertaneja, muita bravura estar nos seus 18 anos resistindo a todos os vendavais que os meios de comunicação enfrentam em nossa cidade.Digna de respeito e aplausos por toda a sua trajetória, com uma comunicação série e de veracidade única . Parabéns! Tenho orgulho que a nossa cidade tenha um Jornal desse nível e que circula no mundo todo!


Professora Iana Lima

21/02/2022 - 07:42:38

Parabéns a Folha Sertaneja e ao seu idealizador Professor Baldinho pelo legado e prestação de serviço a sociedade.


F. Nery Jr.

19/02/2022 - 11:32:35

A Folha com responsabilidade registrando a História para alegria e prazer de nós todos e para os pesquisadores do futuro.


Edson Barreto

19/02/2022 - 10:58:26

Meu caro Galdino, parabéns pela maioridade do nosso glorioso Jornal Folha Sertaneja. 18 anos de responsabilidade e credibilidade. Poderia sintetizar dizendo que é a voz do Município de Paulo Afonso que ecoa emérita em várias regiões do Brasil e atravessa fronteiras pelo mundo. Parabéns é muito pouco. Que a Folha Sertaneja vista-se de glória para continuar desbravando o futuro que anseia por competência no processo de comunicação.


João Gomes

19/02/2022 - 10:58:10

Nossos parabéns ao amigo/irmão Galdino por sua garra e transparência frente ao Jornal, você mais do que ninguém é memória paulafonsina, gratidão por tudo, fraternal abraço.


Valdomiro Bernardo do Nascimento

19/02/2022 - 09:15:00

Parabéns Folha Sertaneja! Um grande veículo de comunicação! Parabéns ao Professor Antonio Galdino! Vida longa, graças a Deus!


Nancy

19/02/2022 - 08:45:28

Parabéns a Folha Sertaneja, que ao longo dos seus 18 anos prestou um brilhante e fundamental papel aos cidadãos de Paulo Afonso. Acompanhei, Professor Galdino, a sua luta incansável no propósito de registrar e sobretudo de informar os acontecimentos da cidade de Paulo Afonso e região. Manter esse veículo de comunicação não foi fácil, mas foi vitorioso. Você é um profissional que simboliza bem a constância de propósito. Isso é admirável e tiramos o chapéu pra vc. Abraço forte. Nancy


Socorro Araújo

19/02/2022 - 07:17:24

Parabéns a Folha Sertaneja por resistir as muitas dificuldades que assolaram, e ainda assolam, a cidade, o país e o mundo. Quando se ama o que se faz nenhum empencilho é grande o suficiente para fazer desistir aquele que persiste!


Evaristo Cavalcanti

19/02/2022 - 00:18:12

Parabéns à Folha Sertaneja pelos 18 anos completados dignificando a imprensa regional, tendo como polo emissor a bela e pujante Paulo Afonso.Parabéns ao seu criador, paulafonsino de coração, o Prof. Galdino, pela tenacidade, inteligência, brilhantismo e bravura na luta diária para a sobrevivência de tão importante órgão de divulgação, motivo de orgulho para todos os munícipes.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12