Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Sobradinho mantém a vazão de 4.000 metros cúbicos e as Cachoeiras de Paulo Afonso podem ser admiradas por mais alguns dias

Publicada em 01/02/22 às 23:08h - 588 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia Sobradinho mantém a vazão de 4.000 metros cúbicos e as Cachoeiras de Paulo Afonso podem ser admiradas por mais alguns dias  Compartilhar a notícia Sobradinho mantém a vazão de 4.000 metros cúbicos e as Cachoeiras de Paulo Afonso podem ser admiradas por mais alguns dias  Compartilhar a notícia Sobradinho mantém a vazão de 4.000 metros cúbicos e as Cachoeiras de Paulo Afonso podem ser admiradas por mais alguns dias

Link da Notícia:

Sobradinho mantém a vazão de 4.000 metros cúbicos e as Cachoeiras de Paulo Afonso podem ser admiradas por mais alguns dias
 (Foto: Lícia e Tiago)

A Chesf, através da Carta Circular SOO 011/2022, informa que as vazões de 4.000 metros cúbicos por segundo, previstas incialmente até o dia 24 de janeiro continuam em Sobradinho e Xingó “serão mantidas no valor de 4.000m³/s até nova avaliação”.

Diz ainda a empresa que “a situação hidrológica está sendo permanentemente avaliada, podendo haver alterações nestes valores em função da evolução das chuvas e vazões da Bacia do Rio São Francisco.”

A Chesf informa que todo o monitoramento das águas do Rio São Francisco vem sendo acompanhado pela Agência Nacional das Águas – ANA em reuniões periódicas.

Alerta da Chesf sobre a ocupação das áreas na calha do rio

“É fundamental chamar a atenção para não ocupação das áreas ribeirinhas situadas na calha principal do rio, haja visto o período úmido em curso e a possibilidade de elevação das vazões para valores acima de 4. 000m³/s, a depender do quadro de chuvas na Bacia”.

O vídeo que está no final do texto, editado por @PAFolia mostra a beleza das cachoeiras de Paulo Afonso e, com esse quadro de chuvas nas nascentes do rio São Francisco, os paulofonsinos e visitantes poderão ver as águas da Cachoeira de Paulo Afonso e também as quedas do Capuxu, Saltos do Croatá e a Cachoeira Véu de Noiva durante mais alguns dias que podem, em princípio, ir até o dia 6 de fevereiro, podendo, a depender das avaliações futuras se estender por mais alguns dias e até como mais volume de águas, como alerta a Chesf em sua carta datada de 1º de fevereiro de 2022.

A última grande cheia do rio São Francisco aconteceu em 2009/2010, última vez que de viu a Cachoeira de Paulo Afonso e todas as outras com grande volume de águas.

Turistas e visitantes não ligados à Chesf, para fazerem as visitas às Cachoeiras precisam agendar essas visitas no Serviço de Atendimento ao Turista – SAT, pelo telefone (75) 3281-1634.

Ali, receberão todas as orientações sobre esse passeio, inclusive sobre a taxa cobrada pela Associação de Guias de Turismo de Paulo Afonso, criada em 1984, pelo serviço dos Guias de Turismo que acompanharão as visitas.

Veja o vídeo abaixo, editado para o site por Nilton Alcântara, do site www.seliganamusica.com. A música do vídeo é Águas do São Francisco da @bandafulodemandacaru.

Veja abaixo a Carta Circular SOO 011/2022, da Chesf.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!