Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Dona Diva Barboza Reis, 99 anos. Celebrando a vida!

Publicada em 05/07/21 às 21:48h - 912 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia Dona Diva Barboza Reis, 99 anos. Celebrando a vida!  Compartilhar a notícia Dona Diva Barboza Reis, 99 anos. Celebrando a vida!  Compartilhar a notícia Dona Diva Barboza Reis, 99 anos. Celebrando a vida!

Link da Notícia:

Dona Diva Barboza Reis, 99 anos. Celebrando a vida!
 (Foto: da família, enviadas por Manoel Reis)

Neste domingo, 4 de julho de 2021, D. Diva Barboza Reis completou 99 anos de vida e, na sua casa onde sempre morou na companhia de Fátima e filhas e neta, recebeu a visita do filhos Manoel Reis (Nell) e sua esposa Elizabeth e Zé Reis e esposa, que passaram rapidinho para pedir a bênção da mãe quase centenária.

Ali também estava a neta Shairla (filha de Mário Reis), que é vizinha da vovó Diva. Todos com muito cuidado nessa homenagem a esta senhora que celebrava a vida, aos 99 anos de idade.

Foi um reencontro de gerações que estão juntos todos os dias, mas nesse 4 de julho era um domingo especial e a família ali estava representando todos os que não vieram cantar os parabéns para D. Diva. 

Já são muitas gerações. Joseli (Lili) tem um filho e uma neta. Mora no Recife, onde também mora Aparecida. Zé Reis tem três filhos e quatro netos. Fátima, tem 2 filhas e três netos. Mario Reis (in memoriam), deixou 4 filhos e 3 netos... Esses últimos filhos citados e suas famílias moram em Paulo Afonso. Manoel Reis mora em Caruaru. O esposo de D. Diva, Seu Nezinho, faleceu em 12 de setembro de 2017.

E esta história começou no dia 4 de julho de 1922 na hoje cidade de Delmiro Gouveia, em Alagoas, que, naquele ano, era ainda a Vila da Pedra e pertencia ao município de Água Branca/Alagoas. Em 1938, a Vila da Pedra passou a ser o Distrito de Vila da Pedra, ainda como parte do município de Água Branca e assim continuou ainda em 1945 quando foi mudada a denominação da Vila da Pedra para Vila Delmiro Gouveia. O município, porém, só foi definitivamente criado em 16 de junho de 1952, quando foi emancipado e desmembrado de Água Branca. Nasceu aí a cidade e o município de Delmiro Gouveia.

Nesse dia, 4 de julho de 1922, nascia na Vila da Pedra, hoje cidade de Delmiro Gouveia, Diva Barboza que depois, ao casar com o Sr. Manoel dos Reis Filho, também nascido na Vila da Pedra, em 06 de agosto de 1923, passou a ter o nome de Diva Barboza dos Reis. Os dois trabalhavam na Fábrica da Pedra.

Dessa união, nasceram seis filhos. José Barbosa Reis (Zé Reis) e Joseli Barboza Reis (Lili), que nasceram em Delmiro Gouveia.

O casal e estes dois filhos foram morar em São Paulo e depois, todos vieram para Paulo Afonso onde nasceram os outros quatro filhos Maria Aparecida Reis (Cida), Manuel Barboza Reis (Nell), Mario Barboza Reis, que faleceu em março de 2021 e Maria de Fátima Reis (Fafinha).

O Sr. Manoel dos Reis Filho, que era conhecido como Seu Nezinho, foi ex-combatente do Exército Brasileiro e depois de deixar o Exército, trabalhou muitos anos na Chesf, nas Oficinas da chamada Nova Brasília, área chefiada muito tempo pelo Sr. Nicolson Chaves.  Ele e a família moraram, na Rua S, no Acampamento da Chesf, ao lado da Escola Adozindo Magalhães de Oliveira. Todos os filhos estudaram nas Escolas da Chesf e no Ginásio/Colégio Paulo Afonso – COLEPA, de que Manoel Reis (Nell) é presidente da Associação de ex-alunos.

Ao se aposentar da Chesf em 1977, Seu Nezinho e família foram morar no Bairro Amaury Menezes, conhecido como BNH, onde até hoje mora D. Diva, embora os filhos, todos casados e com filhos e até netos tenham se espalhado por Recife, Caruaru e Paulo Afonso.

O Sr. Manoel Reis Filho, Seu Nezinho, faleceu em 12 de setembro de 2017.

Antes dele morrer, a família recebeu um presente que ninguém sabia que ele existia. Uma foto de D. Diva ainda jovem. Manoel Reis diz: “Esta foto é um enigma. Ninguém sabia da existência dela, até quando uma amiga de infância de mamãe e Papai, há poucos anos atrás, papai ainda vivo, procurou minha irmã Fafinha, lá no posto da mulher, onde ela trabalha e disse que tinha uma foto de mamãe e tio Francisco, irmão de mamãe (falecido) e entregou a ela”.

Os 99 anos de D. Diva mereceram muitas mensagens, pela celebração da vida, nas redes sociais.

Destacamos uma delas, da grande atleta dos tempos do COLEPA, Geusa, que escreveu:

“Dona Diva, mulher forte, uma das pioneiras de Paulo Afonso, assim como minha mãe e tantas outras que vieram junto com os maridos e filhos desbravar esse sertão árido, sem elas nada do que foi feito teria sido possível. Mulheres eternas e inesquecíveis”.

Uma grande verdade.

Deixo a minha mensagem de alegria, de felicidade por registrar esse momento do aniversário de D. Diva, e de trazer à memória esta família linda cujo patriarca, Seu Nezinho, foi companheiro de trabalho e amigo do meu pai, João Galdino, também de saudosa memória, nas Oficinas da Chesf.

Que Deus renove as forças de D. Diva a cada dia para que possa continuar a sua caminhada entre nós e na convivência dos seus familiares amados.

Parabéns D. Diva! Rumo aos 100 anos e muito mais, no querer de Deus!




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

3 comentários


Edson Piancó

06/07/2021 - 13:47:55

Parabéns família maravilhosa a qual tenho muito respeito e admiriraçao!


Socorro Mendonça

06/07/2021 - 07:14:24

Parabéns minha amiga!DEUS derrame bençãos de saúde e paz Divina sobre você. Nos perdemos de vista na caminhada da vida, mas estou feliz por vê _ la comemorando 99 anos de vida!


Marcos Antônio Lima

05/07/2021 - 22:17:15

Parabéns, Dona Diva. Saúde e paz.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!