Please ensure Javascript is enabled for purposes of website accessibility
Professor Galdino

Ponte Metálica D. Pedro II e Mirante da Ponte. Manutenção (da ponte) e construção (do mirante)...Urgente!

Publicada em 25/01/21 às 14:20h - 1621 visualizações

por Antônio Galdino


Compartilhe
Compartilhar a notícia Ponte Metálica D. Pedro II e Mirante da Ponte. Manutenção (da ponte) e construção (do mirante)...Urgente!  Compartilhar a notícia Ponte Metálica D. Pedro II e Mirante da Ponte. Manutenção (da ponte) e construção (do mirante)...Urgente!  Compartilhar a notícia Ponte Metálica D. Pedro II e Mirante da Ponte. Manutenção (da ponte) e construção (do mirante)...Urgente!

Link da Notícia:

Ponte Metálica D. Pedro II e Mirante da Ponte. Manutenção (da ponte) e construção (do mirante)...Urgente!
 (Foto: Fotos Acervo Antônio Galdino - Arq. jornal Folha Sertaneja)


Fotografias mostrando placas quebradas na Ponte D. Pedro II estão circulando em grupos de Whataspp mostrando o perigo que isso traz para os turistas que se aventuram em fotografar a beleza do Cânion do rio São Francisco desse espaço, na divisa dos Estados de Alagoas e Bahia.

Lembramos então e trazemos à memória a história dessa ponte e o que ela representa para o município de Paulo Afonso e para o turismo o que mostra também a necessidade de medidas urgentes para sanar esse problema e para uma avaliação mais cuidadosa sobre as condições das estruturas dessa ponte que foi construída há mais de 60 anos.

Essas são as fotos do estado do espaço de pedestres na ponte que, segundo a administradora de um dos grupos de Whatsapp, são fotos atuais.

 

Uma breve história da Ponte D. Pedro II

A ponte metálica D. Pedro II foi construída sobre o início do cânion do rio São Francisco em Paulo Afonso, no Estado da Bahia e se constitui no único elo de ligação entre os estados do Nordeste brasileiro e as regiões Sudeste, Sul, Centro Oeste do Brasil.

Ela foi iniciada no começo dos anos de 1950 mas só foi concluída entre os anos de 1957 e 1958 no governo do Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira que, quando esteve em Paulo Afonso, em campanha para a presidência da República, participou de comício improvisado, organizado por Abel Barbosa. (veja o livro – Abel Barbosa – o inventor de Paulo Afonso, de Antônio Galdino da Silva. À venda na SUPRAVE).

Nesse comício, o candidato Juscelino foi questionado por um senhor chamado Aparício que, do meio da multidão, perguntou se o candidato, se eleito fosse, mandaria concluir a ponte. Juscelino confirmou que faria isso e, nos anos de 1957 e 1958 a ponte foi concluída e inaugurada.

(Veja artigo de João de Sousa Lima chamado A Ponte D. Pedro II no livro anual da ALPA –Revista da Academia de Letras de Paulo Afonso – Nº 02 - ano 2020)

Pesquisadores asseguram que ela é feita de puros ferros franceses, dos mesmos utilizados na Torre Eiffel de Paris.

A beleza da ponte e a sua localização privilegiada tem merecido fotos de renomados fotógrafos como João Tavares e, recentemente, a Ponte D. Pedro II mereceu a capa de uma revista online italiana chamada CONNESSIONE, ao lado do Coliseu de Roma.

A ponte tem 240 metros de vão, está a 86 metros de altura das águas do rio São Francisco e une o território do município de Paulo Afonso, na Bahia ao território alagoano do município de Delmiro Gouveia.

Há anos que se reclama de providências do governo federal – DNIT – para uma manutenção grande nessa ponte. Há alguns anos foram feitos alguns reparos e a substituição de algumas placas de concreto que têm sido frequentemente roubadas.

A ponte recebe o trânsito pesado de muitas carretas, pois o Posto Fiscal do Estado da Bahia está localizado a cerca de 200 metros dela, do lado baiano e o Posto Fiscal do lado alagoano fica a cerca de 5 quilômetros dela e é muito grande o movimento por ela.

Apesar disso, muitos turistas se arriscam fazendo fotos, selfies e vídeos da beleza do cânion, o que torna o risco ainda maior para todos.

Mirante da Ponte D. Pedro II

No ano de 2009, quando diretor do Departamento de Turismo da Prefeitura apresentamos ao Prefeito e secretários de Turismo, Infraestrutura, um pré-projeto, com dezenas de fotos, de criação de um mirante, nas proximidades da Escola Municipal José Geraldo, que estava desativada e serviria de apoio para esse projeto. Mas isso foi ignorado e o fluxo de turistas na ponte D. Pedro II continua grande.

Agora, chegam à redação do jornal Folha Sertaneja, algumas fotos mostrando a existência de buracos na área de circulação de pedestres ao longo dos 240 metros de sua extensão.

As autoridades locais precisam estar mais preocupadas em preservar esse belíssimo patrimônio e as vidas que para ali acorrem querendo sempre o melhor ângulo para sua foto e para a sua selfie...

Apela-se assim para os senhores vereadores, prefeito, vice-prefeito, secretários municipais, deputados que se dizem representantes de Paulo Afonso, para que busquem, por um lado, a manutenção periódica desse rico e significativo patrimônio e por outro, a oferta de melhores condições aos turistas para que não arrisquem as suas vidas. As sugestões e fotos de mais de 10 anos atrás, para a construção de um mirante próximo desta ponte, ficaram todas no Departamento Municipal de Turismo e nas mãos de secretários da época.

Tanto esse mirante como ações efetivas de manutenção periódica da Ponte D. Pedro II dependem das ações municipais, seja com recursos próprios, no tocante ao Mirante, seja junto ao DNIT, no que se refere à Ponte. Nos dois casos que se complementam, as medidas precisam ser tomadas com urgência.

Antônio Galdino da Silva

Professor, escritor,

com pós-graduação e mestrado em Turismo




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

10 comentários


Alexandre de Souza Batista

11/07/2022 - 12:53:22

Muito lindo o meu sertão alagoano


F. Nery Jr.

26/01/2021 - 08:34:31

Uma das minhas maiores emoções, jovem indo de ônibus a Brasília, foi ver, de cima de uma ponte, pela primeira vez, o Rio São Francisco. Na nossa ponte, os turistas se deliciam com a visão do cânion rio abaixo. Tem que haver um mirante ali, Marcondes! "É verdade, é verdade!". Abrs.


professor Galdino

25/01/2021 - 22:40:04

Parabéns ao vice-prefeito Marcondes Francisco que, poucas horas depois que saiu esta matéria, esteve, acompanhado do Inspetor Chefe da Polícia Rodoviária Federal Rodolfo Melo, visitando a área das placas destruídas da Ponte Metálica D. Pedro II e, como informa o Instagram da Prefeitura Municipal de Paulo Afonso, já se está mantendo contatos com representantes do DNIT para corrigir esse problema pontual apresentado e realizar inspeção geral em todas as estruturas desse importante elo de ligação entre a Região Nordeste e as regiões do Sudeste e Centro/Sul do país.


Alex Xela Lima

25/01/2021 - 17:45:11

Ainda hoje (25), passei pela ponte e parei para uma bela foto do cânion do São Francisco. A querida Gigante de Aço precisa ser restaurada e reestruturada por completo: lajotas novas e perfeitas, asfalto sem buracos e sem ondulações e uma checagem dos vários pontos que apresentam corrosão por ferrugem. As grades laterais também poderiam ser elevadas a fim de dificultar as constantes tentativas de suicídio.


Paulo Lopis

25/01/2021 - 16:47:56

Oportuna a advertência. Passei pela ponte na última quinta-feira e presenciei alguns turistas tirando fotos. É realmente perigoso, pois as pessoas correm perigo transitando em cima da ponte enquanto os veículos transitam ao mesmo tempo.


Welton Luis Santos

25/01/2021 - 15:54:12

Faz pouco tempo que foi anunciada uma reforma na ponte. Aconteceu mesmo ou foi mais uma pegadinha? Em paulo Afonso falta quem cobre as promessas do Governo.


De olho

25/01/2021 - 15:40:32

Um mirante ali, com policiamento, claro, salta aos olhos. Só a prefeitura não entende isso. Tão caro não custa.


Segurança

25/01/2021 - 15:35:33

A situação da ponte pode ser uma tragédia anunciada. Há segurança? As carretas duplicaram de peso, talvez triplicaram. desde a inauguração.Não há necessidade de algum reforço?


ISAC DE OLIVEIRA

25/01/2021 - 14:45:46

A prudência manda não se esperar, que uma tragédia aconteça.


Marta

25/01/2021 - 14:43:12

Ótimo artigo! Não devemos esperar a revitalização da ponte e adjacências! Isto é urgente!


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2022 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12
Converse conosco pelo Whatsapp!