Domingo, 16 de Junho de 2019
Turismo

A AGTURB, criada na gestão do Prefeito Abel Barbosa, com o apoio do DEMTUR e da Chesf, completa 35 anos

Abel Barbosa criou o Departamento Municipal de Turismo e em sua gestão foi criada a AGTURB.

Publicada em 15/04/19 às 01:29h - 236 visualizações

por Antônio Galdino com informações de Eduardo Cruz


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Na entrada do Centro de Cultura Lindinalva Cabral ficam a AGTURB e o NAT  (Foto: Arq. AGTURB e Arq. Folha Sertaneja)

A AGTURB foi criada em Paulo Afonso em Abril de 1984, na gestão do Prefeito Abel Barbosa e Silva e quando era Diretor do Departamento Municipal de Turismo, criado nesta gestão municipal, o professor Antônio Galdino da Silva.

O primeiro curso de Guias de Turismo foi realizado em Paulo Afonso no ano de 1983, através de uma parceria entre a Prefeitura Municipal (Demtur), a Bahiatursa e a Chesf.

Em função disso, foi criada em 11 de abril de 1984 a AGTURB-BA/PAV - ASSOCIAÇÃO DE GUIAS DE TURISMO DO BRASIL –SECÇÃO BAHIA - SUBSECÇÃO DE PAULO AFONSO. Sua primeira diretoria foi composta por: Presidente: João Ronildo Reis, Tesoureiro: Jorge Robson de Andrade e Secretária: Vita Joana Bezerra.

A AGTURB-BA/PAV, foi a terceira associação de Guias de Turismo criada no interior do Brasil, sendo as Associações de Foz do Iguaçu no Paraná e de Mariana em Minas Gerais, as primeiras.

O PAV que acompanha sua sigla é originado do código aéreo internacional, por Paulo Afonso possuir aeroporto e distinguir das demais cidades que tem siglas PA, como é o caso de Pedro Alexandre, entre outras.

No mesmo ano da criação da AGTURB, em 1984, ainda no governo de Abel Barbosa, foi construído o CITUR – Centro de Informações Turísticas, na Av. Getúlio Vargas, inaugurado pelo Prefeito Abel e com a Sra. Socorro Magalhães, responsável pela Sala dos Visitantes da Chesf participante do corte da fita de ianuguração. 

Em 16 de junho de 1996, foi inaugurado pelo prefeito Anilton Bastos o novo CITUR no Centro de Cultura Lindinalva Cabral, atualmente é chamado de NAT – Núcleo de Atendimento ao Turista, que serve como sede da entidade.

Desde que foi criada, em 1984, a AGTURB foi sempre importante associação responsável pela recepção e acompanhamento dos visitantes que chegavam a Paulo Afonso aos milhares, vindos de todos os Estados do Brasil e de vários países.

Nesse tempo, foi muito importante o apoio da Bahiatursa, através do seu presidente Paulo Gandenzi, que depois veio a ser o Secretário de Turismo da Bahia, que, a pedido de Abel Barbosa e do Diretor de Turismo da Prefeitura, Professor Antônio Galdino, colocou Paulo Afonso no programa Caminhos da Bahia e produziu grande quantidade e variedade de material de divulgação do município no Brasil e no Exterior a ponto deste município estar no Catálogo da SOLETUR, que era a maior operadora de turismo do Brasil na época. A Soletur tinha duas viagens rodo/aéreas para Paulo Afonso toda semana, saindo de São Paulo para o Recife (aéreo) e do Recife a Paulo Afonso, via Garanhuns (rodoviário).

Durante esses 35 anos a AGTURB ainda é a única entidade formal do trade turístico da região. Foi responsável pela roteirização dos atrativos de forma profissional, proporcionando ao visitante opções de aumentar o período de estadia.

Ao ser criado o Departamento Municipal de Turismo e a Agturb, Paulo Afonso passou a ser o centro receptor da região e coube à AGTURB criar vários roteiros regionais, saindo de Paulo Afonso, conforme informa Eduardo Cruz, tais como:

- Baixa do Chico (Raso da Catarina):Fizemos em parceria com o Departamento de Turismo de Paulo Afonso, o primeiro levantamento turístico em 1994. Desde então milhares de turistas e estudantes tiveram a oportunidade de conhecê-lo.

- Serra do Umbuzeiro: Criamos o roteiro com a inclusão da comunidade, onde todos os produtos necessários para a realização da trilha são obtidos no próprio povoado, como é o caso da água e das frutas.

- Foram também criados roteiros aproveitando-se os projetos de desenvolvimento do município, como foi o caso da estrutiucultura, piscicultura, artesanato de pedras no Rio do Sal e Tecelagem da Malhada Grande. Participamos da criação do roteiro Museu Casa de Maria Bonita, isso sem falar na interligação das cidades vizinhas como Piranhas, Tacaratu, Água Branca e Delmiro Gouveia.

Em 1989 foi criado o Roteiro Itaparica, que era composto da Usina Apolônio Sales, Usina de Itaparica (hoje Luiz Gonzaga), e o Balneário Canto das Águas em Nova Glória.

Em 1990 criamos o Roteiro Xingó, com a Usina ainda em construção, e conseguimos demonstrar a grandiosidade da Usina de Xingó e levávamos os turistas para conhecerem a simplicidade e a grande beleza da cidade de Piranhas.

Diz ainda Eduardo Cruz, um dos pioneiros da AGTURB: Paulo Afonso foi a primeira cidade do interior do Norte e Nordeste a ter Guias de Turismo, e Guias cadastrados no Ministério de Turismo, como Guia Regional Bahia, Guia de Excursão Brasil e América do Sul, além de alguns com especialidades em atrativos naturais.

Na época da criação tivemos um grande e importante apoio da Chesf, através da Sra. Socorro Magalhães (In Memoriam), do DEMTUR através do Professor Antônio Galdino e do Prefeito Abel Barbosa e Silva, o maior incentivador do turismo local, além dos antigos recepcionistas da Chesf: Antônio Vitório, Raquel Marques, José Carlos Feitosa (In Memoriam) nosso grande mestre, João Vieira Nunes (In Memoriam), Arnaldo Luís e Zezinho. Dos pioneiros guias chesfianos, o Antônio Vitório, já bem idoso, continua atuando na AGTURB, assim como Pedro Ribeiro que também trabalhou na Chesf, anos depois.

Assim após 35 anos de luta, a AGTURB de Paulo Afonso continua acreditando no desenvolvimento do turismo e do município, pronta para apoiar e desenvolver parcerias no intuito de engrandecer ainda mais o nome de Paulo Afonso e dos Guias de Turismo.

O atual presidente da Associação de Guias de Turismo de Paulo Afonso é Jorge Robson de Andrade.

(Antônio Galdino, com informações de Eduardo Cruz, da AGTURB/BA/PAV)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

5 comentários


João Ronildo Reis

15/04/2019 - 18:13:44

E muito bom a nossa história sendo lembrada,e contada para que a população de Paulo Afonso possa saber que existimos como guias de Turismo.


JORGE RBSON

15/04/2019 - 16:31:37

PARABÉNS MAIS UMA VEZ A FOLHA SERTANEJA E A TODOS QUE FIZERAM E AINDA FAZEM PARTE DESTA HISTÓRIA.PARABÉNS AOS GUIAS DE TURISMO DE PAULO AFONSO,DESTA CIDADE BELA, CIDADE QUE ESTÁ PRONTA PARA RECEBER OS NOSSOS CONVIDADOS ( TURISTAS )SEMPRE COM UM BELO SORRISO. " PAULO AFONSO VÊ-SE SENTE-SE MAS NÃO SE DESCREVE." THEODORO SAMPAIO, JORNALISTA CARIOCA QUE NO INICIO DO SECULO XX CONSEGUIO ASSIM DESCREVER A NOSSA CIDADE.


Prof. Galdino

15/04/2019 - 12:20:47

Vejam também no Facebook Antonio Silva Galdino


Joselma

15/04/2019 - 08:04:55

Muito bom,nem toda cidade tem um apoio desse para os turistas,que cada dia seja melhorado o produto turístico


Francisco Cruz

15/04/2019 - 07:57:44

Que bom,nossa história sendo lembrada pela primeira vez!


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário






Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2019 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12