Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Política

Realizada a primeira sessão itinerante da história da Câmara de Paulo Afonso

Sexta-feira, 8 de Novembro/2019, na Escola Municipal Rivadalva de Carvalho, no Bairro Tancredo Neves. Para o presidente Macário, “é uma forma de termos o Legislativo mais próximo da comunidade".

Publicada em 09/11/19 às 10:37h - 240 visualizações

por Assessoria de Comunicação (CMPA) - Luiz Brito DRT/BA 3.913


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Fotos: Francisco Sales - Divulgação Ascom/CMPA)

A população da região do bairro Tancredo Neves pôde acompanhar como funciona uma Sessão Ordinária do Legislativo. É que nesta sexta-feira, 08, os parlamentares saíram da sede, no Centro da cidade, e foram até a comunidade para ouvir as reivindicações.

Há 14 anos, o então presidente Petrônio Barbosa conseguiu aprovar a Lei, mas nunca havia sido colocada na prática. Somente em novembro de 2019, é que a lei começou a ser cumprida.  

O encontro teve as presenças de 13 vereadores, apenas a vereadora irma Lêda e o vereador Edilson do Hospital, não compareceram, todavia, se justificaram; do secretário de administração interino Cleston Andrade, representantes do corpo de bombeiros, das igrejas católica e evangélica, além de assessores de parlamentares e da secretaria executiva da Câmara.

A iniciativa levou cerca de 250 pessoas a quadra de esportes do Ginásio Rivadalva de Carvalho, no Bairro Tancredo Neves, escolhido para dar largada ao projeto de aproximar o Legislativo da comunidade.

O autor da iniciativa, vereador Pedro Macário Neto, falou da importância do evento histórico do Legislativo e para a cidade.  “É um sonho que estamos realizando hoje. Durante 14 anos esse era o anseio de muitos vereadores fazerem essa sessão itinerante. Segundo Macário, a intenção em realizar a sessão itinerante é aproximar o Poder Legislativo da comunidade. “Não são raras as vezes em que o cidadão desconhece por completo o funcionamento do Legislativo.

Essa aproximação é fundamental para que o cidadão compreenda não só o rito da sessão legislativa, mas que também perceba a importância da Câmara de Vereadores na vida da cidade”, enfatiza.

Algumas reivindicações propondo benfeitorias para as ruas do BTN, foram apresentadas por escrito por populares. Durante a semana a Câmara estará desenvolvendo um trabalho de avaliação criteriosa das reivindicações, a fim de priorizar as que de fato reflitam diretamente na comunidade do bairro Tancredo Neves.


Durante duas horas e meia, os vereadores, um a um, se apresentaram em uma estrutura montada especialmente para o evento que teve a oportunidade de levar os pleitos da comunidade ao conhecimento dos legisladores por escrito.


O presidente Pedro Macário Neto disse que todos os pleitos serão anexados em um único documento e subscrito por todos os vereadores para serem encaminhados à Prefeitura. E avaliou como positiva a largada do projeto Câmara Itinerante.

“A Resolução está em vigor e a intenção é de que este ano seja um projeto piloto, essa Câmara Itinerante. Havendo participação da comunidade, como houve aqui, no ano que vem pode haver um calendário já estipulado para ser com antecedência”, disse ele.. “É uma forma de termos o Legislativo mais próximo da comunidade, frisou Macário.

A segunda sessão itinerante deverá acontecer após o recesso de final de ano. 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2019 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12