Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
Política

Dra. Juliana Fontes, delegada da DEAM, homenageada pela Câmara de Paulo Afonso, como Cidadã de Paulo Afonso

Publicada em 30/09/19 às 23:10h - 155 visualizações

por Antônio Galdino - Atualizada em 01/10/2019 às 11h17min.


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Vereadores Marconi Daniel, autor da proposta e Pedro Macário, presidente da Câmara, entregam o título de Cidadã de Paulo Afonso a Dra. Juliana Fontes  (Foto: Antônio Galdino)

A Câmara Municipal de Paulo Afonso viveu um dos seus mais marcantes momentos de sua história neste ano de 2019 ao realizar, na manhã da segunda-feira, 30 de Setembro, a Sessão Solene para entrega do título de Cidadã de Paulo Afonso à Dra. Juliana Pontes Barbosa, delegada titular da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher – DEAM de Paulo Afonso.

Saudada por oradores renomados com o advogado Antônio Martins, que ressaltou suas qualidades de “excepcional profissional que honra a Polícia Civil do Estado da Bahia e uma mulher que tem sido referência em todo o Estado e até além fronteiras pelo grande carisma no trato das delicadas questões, tanto no relacionamento com crianças e adolescentes como com as mulheres que se sentem encorajadas a procura-las porque sabem que vão encontrar uma amiga que vai lhes dar a atenção e o carinho que precisam”.

Outros delegados da região – e estavam presentes os delegados de vários municípios do Estado da Bahia – também ressaltaram a força e a determinação sempre demonstradas pela Dra. Juliana, desde quando atuou no município de Sítio do Quinto, em condições de muitas dificuldades que ela soube vencer, deixando ali uma nova delegacia, que ainda funciona hoje.

“Filha de policial federal e de uma professora, Dra. Juliana herdou dos dois as qualidades que fazem dela esta mulher excepcional. Do pai, herdou a firmeza, a experiência policial. Da mãe, a ternura, a suavidade e o carisma da professora que sabe se dirigir às crianças e adolescentes para orientar a sua caminhada”, disse um dos oradores.

O policial civil Marcos Vinícius fez uma saudação em versos e neles destacou todas essas qualidades, lembrando que “esta homenagem está acontecendo no dia 30 de Outubro, Dia da Bíblia, pois foi nesse dia que Gutemberg apresentou ao mundo a primeira Bíblia impressa por ele e é na Bíblia Sagrada que encontramos o alento para as nossas angústias na nossa caminhada”.

Todos os vereadores presentes, que aprovaram a concessão desse título proposto pelo vereador Marcondes Daniel por unanimidade, foram também unânimes em dizer da satisfação que tiveram em aprovar a indicação da Dra. Juliana Fontes para ser a mais nova Cidadã de Paulo Afonso.

Em mensagens de vídeo, parentes e amigos também lhe mandaram recados carinhosos, o que levou Dra. Juliana às lágrimas muitas vezes, arrancando calorosos aplausos do grande público presente.

Sua primeira atividade na vida pública foi em 1999 quando foi aprovado em concurso pública como escrivã da 2ª Vara de Família no Fórum Rui Barbosa em Salvador. Em 2001 assumiu a delegacia de Sítio do Quinto, onde viveu tempos difíceis pelas condições de trabalho. “Ali, os fatos mais marcantes, o maior movimento da cidade era nos fins de semana, principalmente aos domingos, dia de feira. Decidi então, nos sábados ir à zona rural do município e aos domingos, trabalhar regularmente para atender à população”. “Não vou negar. Por duas vezes cheguei a arrumar as malas para ir embora. Fechei os olhos e falei com meu Pai celestial e, com a certeza de que somente nos é dado o fardo que podemos carregar, segui adiante”, disse Dra. Juliana.

No ano de 2005, Dra. Juliana foi designada para a Delegacia Territorial de Polícia de Paulo Afonso, onde passou a trabalhar como Delegada Plantonista. “Em Paulo Afonso, encontrei outra realidade. Ao invés de um policial como em Sítio do Quinto, havia outra estrutura com seis policiais e uma escrivã”, relata a homenageada.

Em Julho de 2007 foi criada a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher – DEAM – em Paulo Afonso sendo designada como Delegada a Dra. Mirela Santana. Em Fevereiro de 2014, Dra. Mirela é nomeada como Delegada Regional de Paulo Afonso, assumindo a coordenação da 18ª Coorpin e a Dra. Lígia Nunes de Sá assume a DEAM de Paulo Afonso. Dois anos depois, em Março de 2016, Dra. Lígia é nomeada como Delegada Regional de Juazeiro/BA e assume a coordenação da 17ª daquele município. 

Em 17 de Março de 2016, Dra. Juliana Fontes assume a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher – DEAM de Paulo Afonso, onde vem realizando um trabalho que tem sido destacado como modelo regional. 

Entre os muitos amigos que vieram abraçá-la, estava Ana Clara Moreira que foi Secretária de Desenvolvimento Social da Prefeitura nos últimos 10 anos e estabeleceu uma ampla rede de apoio às atividades de proteção e assistência às mulheres em Paulo Afonso, através de vários órgãos da Prefeitura, muitos deles ligados à esta Secretaria Municipal, em parceria com outras instituições, entre as quais a DEAM, primeiro dirigida por Dra. Mirela, depois por Dra. Lígia e deste Março de 2016 por Dra. Juliana.

Ali, ela criou um projeto chamado “Bromélias do Sertão”. E ela explicou o que é isso. “Esse projeto tem como meta levar o conhecimento das relações de gênero, da Lei Maria da Penha e dos Estatutos da Criança e do Adolescente e do Idoso às escolas, às vítimas de violência doméstica e familiar no município de Paulo Afonso, formando novas atitudes comportamentais nas quais a criança, o adolescente e o idoso possam conhecer as diversas formas de violência, notadamente de violência doméstica, gerando assim uma rede de difusão, informação e formação de cidadania”.

Em seu emocionado e agradecido discurso ao receber o título de Cidadã de Paulo Afonso, Dra. Juliana explicou porque esse projeto se chama “Bromélias do Sertão”. “Nomeamos assim o Projeto, pois a bromélia é uma flor bela e forte, resistente, assim com a mulher sertaneja, pauloafonsina”.

Dra. Juliana Fontes Barbosa, ao lado do esposo João Carlos e da filha Ana Júlia teve uma palavra de gratidão para todos os seus companheiros de trabalho, delegados e policiais civis que a ajudaram nessa caminhada e afirmou, enfática: "Se dez ou mil vidas eu tivesse, eu seria novamente policial civil. E como dizia Cora Coralina: 'Fiz a escada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores".

“Agradeço, emocionada, a todos. Dra. Mirela, Dr. Cícero Gomes, Dr. João Lira, Dr. Rodrigo Martins, Dr. Mozart Cavalcanti, Dr. Hildebrando Alves, ao meu chefe de Equipe, João Enoque e a Antônio Marcos...aos que não puderam estar aqui. Sintam-se todos abraçados”.

E reservou uma palavra e um abraço especial para sua tia Maria Lúcia, também presente. “Minha tia Maria Lúcia, conhecida por Tia Lucinha, irmã de minha mãe, a quem peço a bênção e me abençoa em toda a caminhada. Deus levou a minha mãe de quem ouvia todos os dias ‘Deus te abençoe, minha filha’. Obrigado, tia Lucinha por você existir e me abençoar”.

E concluiu, a nova cidadã de Paulo Afonso: “Agradeço a Deus por ter-me encorajado nos momentos mais difíceis e me inspirado nas tomadas de decisões mais importantes de minha vida. Que Deus nos abençoe a todos e me inspire para honrar a Cidadania pauloafonsina”.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2019 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12