Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
Opinião

Fatos e costumes da França

Toulouse - 4ª maior cidade da França. Mais de 400 mil habitantes; 120 mil estudantes

Publicada em 26/09/19 às 23:32h - 169 visualizações

por Francisco Nery Júnior, de Toulouse/França para o jornal Folha Sertaneja


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Toulouse - a cidade cor-de-rosa do sul da França  (Foto: FOTOS: www.uol.com.br/viagem )

Há um mês na França, passo a descrever para o leitor o que vi de diferente do que temos ou fazemos em Paulo Afonso. Falo do que testemunhei em Toulouse, cidade do sudeste do país. Em outras palavras, o que poderíamos aproveitar e o que deveríamos desprezar. Esta [é] a intenção. O leitor, como sempre, decide:


1.A Igreja Batista de Toulouse serve a Santa Ceia todos os domingos. Não há culto à noite. Ninguém entra e sai para beber água durante o culto.Tambores e pandeiros tocam suavemente, um convite à adoração. Na França, o respeito à tranquilidade do vizinho é fundamental;


2.Não há buracos nem batentes nas calçadas de Toulouse. Você sai do aeroporto e pode puxar a sua mala quilômetros a fio. Os bares, entretanto, no centro, podem colocar cadeiras e mesas contanto que deixem um espaço para os pedestres;


3.Ninguém faz buracos nas praças para armar barracas ou exposições. Eles usam um tipo de bloco de concreto com furos. Ninguém faz massa na calçada ou no assalto;



4.Em alguns pontos da cidade há bebedouro público. A qualidade da água é garantida;


5.Os tulusianos de todas as idades se deslocam em bicicletas;


6.Eles saem com os cachorros. Não apenas levam os cachorros para passear como fazemos. Vi pessoas entrarem no trem com bicicletas e cachorros;


7.Todo fim de mês, na ruas do centro, acontece a braderie. As lojas colocam cavaletes na calçada e vendem seus produtos com desconto;



8.Táxi é caríssimo na França. Uma corrida de 10 km custa 25 euros; úber! Não há mototáxi nem tuk-tuk;


9.Eles estão para batata (batata do reino ou batatinha) assim como nós estamos para feijão com arroz. Na composição de todo prato está a batatinha;


10.As lojas não fornecem sacolas. Poucas fornecem (vendem) sacolas de papel. Nunca sacolas plásticas;


11.Todos os mendigos têm cachorro para evitar que a polícia os retire da rua. Alguém me disse que a polícia não dispõe de canil;



12.Mais de uma vez vi restaurante ou bar que disponibiliza um micro-ondas para o cliente, se desejar, esquentar o seu prato;


13.Nao vi nenhum, mas fui informado que eles praticam o vide-grénier que os americanos chamam garage sale. Eles juntam muita coisa que querem descartar e colocam na frente da casa para venda. O vizinho que estiver interessado compra.

Então, leitor, o que você assimilaria ou recomendaria para os gestores da nossa cidade?

Francisco Nery Júnior, de Toulouse/França para o jornal Folha Sertaneja




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


Manoel

27/09/2019 - 10:43:15

César seu comentário foi brilhante


César

27/09/2019 - 06:36:50

Muito interessante, a qualidade de ruas e calçadas, aqui cada um faz o seu obstáculo para o pedestre.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2019 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12