Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020
Local

Natal Energia registra público recorde nos últimos dias de programação

Projeto realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, recebe elogios de pauloafonsinos e visitantes

Publicada em 31/12/19 às 18:54h - 479 visualizações

por Ascom/PMPA


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Divulgação Ascom PMPA)

Com um público surpreendente, os festejos natalinos em Paulo Afonso tiveram seus últimos dias neste final de semana. Atrações da cidade e convidadas levaram centenas de pessoas à Praça das Mangueiras, onde foi celebrado o Natal Energia.

O destaque do encerramento foi a Orquestra Super Oara, que se apresentou na sexta-feira (27), reunindo centenas de pessoas, embaladas pelos sucessos da banda. A programação infantil também atraiu dezenas de crianças no fim de semana, que se divertiram com a apresentação do Natal do Bebê Tubarão e o palhaço Hulkinho.

Iniciado no dia 6 de dezembro, o evento reuniu mais de 40 atrações que se apresentaram no palco. A Parada Natalina, com o desfile do Papai e da Mamãe Noel pelas ruas do centro da cidade, marcou o início da programação, que agradou a todos os gostos, com teatro, cantatas, corais, orquestras, shows de música gospel e católica e espetáculos infantis. A realização contou com a colaboração das secretarias de Educação, Cultura e Esporte e Turismo, Indústria e Comércio.

“Foi uma festa preparada com muito carinho para toda a população da nossa cidade. Agradecemos a participação de todos que estiveram conosco durante esses dias, especialmente ao trabalho da equipe, que com muita dedicação ofertou diversão e alegria. Encerramos a programação no palco, mas a decoração continua até o dia 6 de janeiro, quando é celebrado o Dia de Reis. Desejo a todos um ano novo de realizações”, frisou a secretária interina de Desenvolvimento Social, Cíntia Rosena.

O sucesso do Natal Energia foi atestado pelo público, que compareceu em massa. O eletricitário aposentado Francisco Cardoso, natural de Conselheiro Lafaiete, Minas Gerais, conta que veio a Paulo Afonso para conhecer o complexo hidroelétrico e depois de visitar a cidade decidiu vir morar aqui. Para Francisco, a gestão municipal está de parabéns por resgatar a tradição do Natal.

“É a quarta vez que eu venho a Paulo Afonso e me apaixonei pela cidade. Já realizei o sonho de conhecer as hidrelétricas e vir morar aqui. Acho que o resgate da tradição natalina feito pela Prefeitura é importante para manter viva uma festa que é celebrada mundialmente”, disse.

A aposentada Maria do Carmo, 70 anos, esteve presente em quatro dias da festa. Dona Banga, como éconhecida popularmente, elogiou a organização e disse que já está com saudade. Para ela, com amor, respeito e compreensão ao próximo, o novo ano será coroado de bênçãos.

“Este ano a festa está maravilhosa! A Prefeitura caprichou na decoração das ruas, a programação foi feita para agradar a pessoas de todas as idades, e o povo está participando com muita alegria. Já está terminando e deixando saudade, mas vamos esperar 2020, que, com fé em Deus vai ser um ano abençoado para todos”, encerrou.

O palhaço Hulkinho foi uma das últimas atrações da programação. O show produzido pela Lima Artes envolveu crianças e adultos no domingo (29). No final, Hulkinho deixou uma mensagem de otimismo para os moradores de Paulo Afonso no ano novo e agradeceu ao público pela participação no show.

“É gratificante fazer mais um show em Paulo Afonso, e com a participação de crianças e adultos. Momentos como esse nos deixam satisfeitos e esperamos voltar outras vezes. Desejamos que em 2020 Deus derrame muitas bênçãos sobre Paulo Afonso”, falou. (Ascom/PMPA)

Vendedores ambulantes comemoram vendas em evento natalino promovido pela Prefeitura


A presença de trabalhadores autônomos tem se tornado cada vez mais comum nas cidades brasileiras. Em festas populares, os vendedores ambulantes tornam-se conhecidos dos habitantes e dos turistas, que através do contato com eles, conhecem a cultura de cada local.

Em Paulo Afonso, os eventos festivos promovidos pelo governo municipal representam o complemento da renda de muitas famílias que obtiveram êxito com a venda de lanches, churrasquinho, coquetéis, artesanatos e brinquedos durante o Natal Energia, que aconteceu na Praça das Mangueiras.


Givanildo Oliveira, 58 anos, é um exemplo de pequeno empreendedor que encontrou na informalidade um meio de aquisição de renda própria. Ele trabalha como vendedor de lanches há 22 e conta que até 1997 era locutor de carro de som, quando decidiu ajudar a esposa, que já exercia a profissão. Há mais de duas décadas, o casal está presente em todos os eventos, e Givanildo diz que se sente realizado com a escolha que fez e não pretende voltar a exercer sua profissão anterior.

“Para nós, as festas realizadas pela Prefeitura são um meio de sobrevivência. Nesses 22 anos de atividades, graças a Deus, temos conseguido bons resultados. Estamos presentes em todas as festas, nos divertimos e além de manter a família com o lucro do que vendemos, já compramos uma casa em Aracaju, e isso nos motiva a continuar trabalhando”, diz o vendedor.

A dona de casa Edvaneide Tenório, há 14 anos decidiu entrar no ramo de vendas. Seu carrinho é uma pequena loja onde os clientes encontram óculos, acessórios, controle remoto, utilidades e brinquedos que atraem principalmente os olhares das crianças. A vendedora de 39 anos considera os eventos promovidos pela Prefeitura como fontes de renda.

“Com a escassez de emprego formal, eu decidi procurar um meio de sobrevivência e encontrei. Comecei vendendo óculos, depois inclui outros itens, e me apaixonei por essa nova profissão. Trabalho no centro da cidade durante o dia, e quando tem festa, também estou presente. Essa é minha única fonte de renda, eu sou feliz porque amo meu trabalho, e as festas de são João, São Pedro, Copa Vela e Natal me ajudam muito a ganhar um dinheirinho a mais e cobrir as despesas”, conclui. (Ascom/PMPA)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2020 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12