Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020
Local

Chesf recebe mudas como presente de Natal

A importância do SPOM

Publicada em 25/12/19 às 00:02h - 611 visualizações

por Francisco Nery Júnior - Texto ampliado - Atualizado em 25/12 às 12h.45.min


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Ângela Nery)

A Chesf, através do CSC (Centro de Serviços Compartilhados) da DGRP (Gerência Regional de Paulo Afonso), recebeu 100 mudas de árvores cedidas pelo professor Francisco Nery Júnior. As mudas, algumas bastante desenvolvidas em latões, foram incorporadas ao estoque da sementeira da Chesf localizada no antigo jardim zoológico e estão à disposição da população de Paulo Afonso e região.


O objetivo da companhia com a manutenção da sua sementeira é fomentar o plantio de árvores na região com ênfase na conservação e recuperação das matas ciliares do Rio São Francisco sem perder o foco da preservação do meio ambiente.


A partida foi composta de caraibeiras, palmeiras, romãzeiras, flamboyants, trapiás, cássia fístulas, seriguelas, pitangueiras, jabuticabeiras, catingueiras e mangueiras.


A oferta foi calorosamente acatada pela Coordenadora da Segurança Física e Patrimonial da Regional, Maria de Fátima Barbosa de Araújo, e prontamente recolhida e transportada pelo Coordenador da Equipe de Serviços Gerais, Matias Pereira Lima.


Fátima e Matias são perfeitos continuadores da obra dos engenheiros Frederico Fausto e João Soares que, hoje enxergamos claramente, tinham o toque mágico de como lidar com a turma de companheiros, homens de boa índole e que efetivamente realizavam a obra nem sempre fácil de manter o Acampamento.


Fred e Soares me receberam de braços abertos no SPOM. Fred me concedeu o primeiro “pingado” da minha vida chesfiana, Soares me colocou na sua sala de chefia como assessor, e os mais de trezentos componentes do SPOM me dedicaram, todos, uma consideração que, confesso, não esperava, e que, creio, estava além do que eu merecia. A minha mais profunda gratidão.


A reboque da oportunidade, em espírito do Natal que festejamos, peço vênia ao site e aos leitores para lembrar o amparo semelhante que recebi do professor Silva e da professora Ana Miná no começo do meu exílio. Em 1992, a ordem do Serviço era arrancar Mário, meu filho, em início de ano letivo, da Escola Boa Ideia, não obstante, naquela época, o serviço de ensino da companhia abrigar cerca de 60% de alunos filhos de pais não empregados da Chesf. O professor Silva permitiu e Ana Miná dignamente manteve a criança na escola até o final do ano letivo. Dali, Mário partiu para o conceituado Sete de Setembro, já passou em três vestibulares em universidades federais e hoje trabalha na Suape, antiga subsidiária da Petrobrás, onde entrou por concurso público.


Esta conversa com os leitores do site não é, em hipótese nenhuma, resultado de jactância ou orgulho desnecessário. Mas em época natalina, nunca é demais lembrar que está escrito que certas coisas, na nossa vida de formiguinhas, acontecem para confundir os sábios e entendidos.


Então, plantemos árvores e comemoremos o Natal do Salvador.

Francisco Nery Júnior







ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


F. Nery Jr.

25/12/2019 - 08:18:21

VOCÊ é um terreno fértil, Socorro! Feliz da ALPA e da comunidade que tem você como participante. Não desista. Contagie!


Maria do Socorro

25/12/2019 - 00:19:42

Excelente iniciativa do professor Nery em fazer essa doação, ele que é um amante da ecologia e defensor ferrenho da natureza!que essas mudas encontrem terreno fértil.


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2020 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12