Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Local

Lata D`Água na Cabeça – BTN tem fim de semana do tempo do chafariz

Parece uma volta ao passado - Vila Poty, início de 1950...

Publicada em 01/12/19 às 20:22h - 188 visualizações

por José Ivandro, em www.tribunamulungu.com.br


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Foto histórica. Moradores da Vila Poty, hoje cidade de Paulo Afonso, pegando água, no início de 1950  (Foto: Arq. Folha Sertaneja)

No dia 09 de fevereiro deste ano, quando o Tribuna Mulungu ainda era um Blog, publicamos um artigo assinado por mim que tratava da falta de água nas torneiras do BTN. 


No ano passado por diversas vezes participei pelo whatsapp do programa Primeira Hora da RBN falando dessa questão.


Movidos pelo interesse politico, vereadores criaram um movimento na Câmara Municipal que protelou por dois anos há renovação da concessão da EMBASA, sabiam eles que a TAXA de ESGOTO não era decisão que coubesse ao legislativo municipal, é da alçada estadual, competência dos deputados e não dos vereadores.


Na ocasião eu escrevi e falei que a insistência dos Vereadores em não renovar o contrato de concessão da EMBASA com a prefeitura traria graves consequências para os moradores do BTN e de todos que dependem da estação de tratamento localizada no bairro, a estação de tratamento já estava sobrecarregada pelo aumento da população por ela atendida, e o sofrimento com os problemas no abastecimento só se agravariam com a demora na renovação do contrato.


Todos os dias falta água em alguma parte do complexo BTN. Isso tá virando uma rotina perversa, e quando ocorre no fim de semana é ainda pior, por que fica sem solução até o inicio da semana seguinte.


Neste fim de semana, semana de calor intenso, parte do BTN e todo o Rodoviário ficaram sem água nas torneiras, em algumas ruas tá faltando há dois, em outras há três dias.

Teve gente que pra beber, cozinhar e tomar banho literalmente voltou ao tempo do Chafariz, indo buscar água em baldes e panelas nas casas dos amigos e parentes, aqueles sortudos que ainda tinham o precioso liquido em suas torneiras.


As autoridades do município, o prefeito, os deputados e os vereadores tem que levar o caso ao governador. O ministério público, tem que se envolver no processo. É preciso providências urgentes.

Afinal vão agir quando? quando ocorrer o caos? quando o sistema entrar em colapso total? ou somente quando as pessoas se revoltarem com o descaso? 

(Por José Ivandro - Publicada em 01/12/19 às 19:35hs em www.tribunamulungu.com.br)




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

3 comentários


carlos souza

01/12/2019 - 23:00:48

Tarifas um absurdo. Ainda o roubo da "tarifa de esgoto" que não funciona na minha rua. As finanças da Bahia estão bem. As tarifas de água da Embasa devem estar enchendo os cofres do governo da Bahia.


Marcos Antônio Pereira de Lima

01/12/2019 - 22:46:01

Isso é um verdadeiro desrespeito da Embasa, para com a população do BTN.


Professor Galdino

01/12/2019 - 20:33:02

Na participação que faço no Programa Patrulha, da Rádio Cultura de Paulo Afonso, nas quartas-feiras, das 13:30 às 15 horas, têm sido muito frequentes as reclamações sobre falta de água nos bairros de Paulo Afonso, com grande incidência destas reclamações do Bairro Tancredo Neves que hoje tem mais de 45 mil habitantes. E Paulo Afonso é privilegiada com a oferta de águas. A parte histórica da cidade é uma ilha. Contornando a cidade há os grandes reservatórios da Chesf. O de Moxotó tem a capacidade de acumular 1 bilhão de metros cúbicos de água. O da Usina Paulo Afonso 4, que se limita com o BTN, tem mais de 100 milhões de metros cúbicos que vêm do Lago de Moxotó, pelo Canal de PA-4.E, logo depois dos paredões da Usina PA 4, começa o cânion do rio São Francisco que virou o Lago de Xingó e acumula 3,2 bilhões de metros cúbicos de água...


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2019 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12