Terça-feira, 07 de Abril de 2020
Local

Paulo Afonso/BA pode ter a moradora mais idosa do Brasil

D. Inocência Vieira de Jesus tem 113 anos e será homenageada pela Câmara Municipal com o título de Cidadã de Paulo Afonso

Publicada em 10/08/19 às 19:23h - 919 visualizações

por Antônio Galdino com Assessoria da CMPA


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: divulgação)

Matéria publicada esta semana pela Assessoria da Câmara Municipal de Paulo Afonso, que tem a coordenação de Luiz José Ferreira de Brito, mais conhecido como Bob Charles relata, com informações de Dimas Roque, a localização de moradora de Paulo Afonso que poderá ser a mais idosa brasileira.

D. Inocência Vieira de Jesus, moradora em Paulo Afonso considerada a pessoa mais velha do município, completou 113 anos no dia 15 de julho último, cercada por parentes e amigos.

O assunto chamou a atenção de pesquisadores sobre a história da região e também dos vereadores de Paulo Afonso.

O presidente da Câmara, vereador Pedro Macário Neto foi visitá-la, conheceu um pouco de sua história e descobriu que ela, depois de viver mais de um século, ainda tem um sonho: ser cidadã de Paulo Afonso, e resolveu atender a esse desejo do coração de D. Inocência e propôs aos seus pares a concessão do Título de Cidadã de Paulo Afonso para D. Inocência Vieira de Jesus, o que foi aprovado pela unanimidade dos vereadores de Paulo Afonso.

Foi uma forma que o presidente da Câmara e os vereadores encontraram para homenagear esta senhora e a solenidade de entrega desse título na Sessão Ordinária da Câmara, no dia 19 de Agosto (segunda-feira), às 9 horas da manhã na Câmara Municipal de Paulo Afonso, localizada na Avenida Apolônio Sales.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Pedro Macário Neto, autor da propositura, destacou a importância da homenagem. “As pessoas idosas muitas vezes ficam esquecidas e em muitos casos acabam se isolando do mundo. “Dona Inocência e toda a sua família são riquezas da nossa cidade e é uma honra poder dedicar esse título  para uma mulher guerreira, que criou sua família e celebra mais de um século de vida”, justificou o presidente, vereador  Macário. 

Inocência Vieira de Jesus nasceu no dia 15 de julho 1906, no Sítio Barra no município de Glória, a quem pertencia toda a região do hoje município de Paulo Afonso que se emancipou em Julho de 1958, mesmo mês em que nasceu D. Inocência.

E, há 106 anos mora em terras que passaram a pertencer ao município de Paulo Afonso quando ele se separou do município de Glória.

D. Inocência de Jesus é filha de Cícero e Joana Leite da Conceição, já falecidos há muitos anos. Ela Casou com Antônio Teotônio também já falecido e tiveram e criaram oito filhos sendo uma delas, filha adotiva e, destes oito filhos, quatro filhas ainda estão vivas. Duas delas moram em São Paulo, uma mora no Rio de Janeiro e a outra mora em Paulo Afonso.

Desses filhos, D. Inocência tem dezesseis netos, trinta e quatro bisnetos, quinze tataranetos e um tetraneto.


No início do mês de março deste ano, a japonesa Kane Tanaka de 116 anos levou o título de mulher mais velha do mundo pelo livro Guinness World Records. Com 113 anos, D. Inocência de Jesus pode ser a mulher mais velha do Brasil e a segunda mais velha do mundo.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

2 comentários


F. Nery Jr

13/08/2019 - 09:29:38

Parabéns a Macário pela iniciativa. Para quem teve uma mãe que chegou aos 105 anos e meio,em boa memória e com toda autoridade de chefe da família, é um bálsamo ver D. Inocência firme e forte aos 113.Feliz da nação - da cidade - que não despreza os seus anciãos.


Cláudia Galindo

12/08/2019 - 07:11:32

Que benção e que bela homenagem que nosso amigo Vereador Macário vai prestar a essa bela Senhora. Parabéns Macário pela sensibilidade!


Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (75)99234-1740

Copyright (c) 2020 - Jornal Folha Sertaneja Online - Até aqui nos ajudou o Senhor. 1 Samuel 7:12