• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Opinião

09.10.2018 | 14:30

 Compartilhe:

Anilton Bastos mostrou força política em sua primeira experiência rumo à Assembleia Legislativa

Anilton conseguiu 39.409 votos, ficando na 2ª suplência

Antônio Galdino

Anilton Bastos mostrou força política em sua primeira experiência rumo à Assembleia Legislativa

Do Facebook
Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Do Facebook
Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

 O médico Anilton Bastos Pereira assumiu a Prefeitura de Paulo Afonso entre os anos de 1993 e 1996, substituindo Luiz de Deus. Em 2009, foi novamente eleito, pelo mesmo grupo liderado por Luiz de Deus para mais um mandato e reeleito em 2012, permaneceu na gestão do município de Paulo Afonso até o final de 2016, quando Luiz de Deus retornou ao poder, depois de quatro mandatos como Deputado Estadual e outro como Deputado Federal, cumprido na sua segunda metade, após a renúncia de ACM Neto que havia sido eleito Prefeito de Salvador.

Anilton, o único prefeito de Paulo Afonso com três mandatos, num total de 12 anos, sedimentou a sua estrada e, mesmo após a insistência de muitos amigos para que se candidatasse a uma vaga na Assembleia Legislativa, só decidiu aceitar esse desafio nos últimos minutos do segundo tempo.

Do Facebook
Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

 E, embora fora da gestão municipal há quase dois anos, teve apoios importantes e também adversários fortes mas recebeu uma boa resposta dos moradores de Paulo Afonso que lhe deram a maior votação do município, quase 18.500 votos (18.355), ou quase 35% (34,84%) dos votos válidos. Essa votação já era esperada, e até maior, pelo grande número de pessoas que compareceram à última caminhada do candidato pelas ruas de Paulo Afonso, durante a campanha política.

Do Facebook
Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Se forem, como devem ser, considerados os movimentos bruscos da política local nos últimos dois anos e o surgimento de grande número de concorrentes onde oito se apresentavam como candidatos de Paulo Afonso, e vários nomes apresentados por lideranças locais, vários deles de partidos do mesmo grupo de Anilton, foi mesmo uma votação expressiva para quem dizia, antes de aceitar o desafio que “não iria para essa disputa porque todo o tempo havia se dedicado apenas à gestão municipal”.

Do Facebook
Anilton agradece

Anilton agradece

 Ainda assim, fora de Paulo Afonso, Anilson conseguiu mais de 20 mil votos e o total de 39.409 votos o deixou, como disse Bob Charles em seu site, “na ante-sala da Assembleia Legislativa da Bahia, na segunda suplência”.

Do Facebook
Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Em sua página no Facebook, Anilton agradeceu a estes que confiaram na sua proposta de trabalho:
“A grande vitória está em saber que temos conosco, pensando ideias diferentes, democráticas e sinceras, pessoas maravilhosas, guerreiras e que podemos contar para fazer de nossa região um lugar ainda melhor.
Quero agradecer por cada voto de confiança e pela credibilidade em nosso projeto.
A luta continua! Precisamos continuar nessa estrada em busca de melhorias na qualidade de vida e desenvolvimento da região.
Obrigado Bahia.”

Do Facebook
Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

Anilton em campanha nas ruas de Paulo Afonso

 Há quem assegure que a maioria dos candidatos que disputaram esta eleição, como Valmir Rocha, Val Oliveira, Mário Galinho, que tiveram mais de cinco mil votos, estão mesmo de olho nas eleições municipais de 2020. Se é esse o foco, Anilton sai, disparado, na dianteira. O que vai exigir muito empenho de todos porque são ainda dois anos de caminhada e, ainda nos próximos dias, uma nova eleição para Presidente da República...

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.