• Tamanho da letra:
  • -A
  • +A

Início » Evangélico

25.12.2011 | 02:01

 Compartilhe:

Amara lança CD Ungido de Deus em culto de louvor e adoração na Assembléia de Deus

Antônio Galdino

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Momentos do lançamento do CD Ungido de Deus

O lançamento do CD de Amara Barros, dia 23/12, na Igreja Assembléia de Deus, foi uma festa. Ali estavam pessoas vindas de várias igrejas, das muitas congregações da Assembléia de Deus e outros, não evangélicos, que foram ouvir esse trabalho pioneiro da pauloafonsina Amara que fez a difícil opção de deixar o brilho dos palcos de bandas famosas de forró, como Calcinha Preta e Gatinha Manhosa, dentre outras e o dinheiro que ganhava nesses shows, para estar em outro cenário, outro ambiente, de pessoas simples, muitas vestindo ternos mesmo no calor do clima tropical que beira os 40 graus em Paulo Afonso nos últimos dias.

 

Na sua apresentação um depoimento firme e seguro de Amara: “Não olhem, nem aplaudam Amara que deixou de cantar para muitos, passando uma mensagem vazia para todos e para mim. Enxerguem agora Amara Barros, uma nova criatura, resgatada pelo Senhor Jesus e usando o dom que ele me deu apenas para louvar e engrandecer o seu Santo nome”.

 

Antes de sua apresentação o clima já era de louvor e adoração. Pastores pregaram e parceiros de Amara neste primeiro CD também apresentaram composições suas como foi o caso de Oscar Silva, autor de seis das doze músicas do CD e o pastor Josias de Souza, que compôs outras cinco músicas. O Pastor Jessélio também apresentou uma música de CD que está preparando.

 

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Grupo de coreografia, Amara e Banda

No palco, a Banda Luz e Vida, que participou da gravação do CD – Miquéias, Dudu Guita, Rudson, Jessé Farias, as vocalistas.

 

Uma biografia de Amara, apresentada por Angelina mexeu com a emoção de Amara. Ainda assim, ela se sentiu em casa e mostrou toda a segurança adquirida nos palcos da vida mesmo quando um dos microfones falhou ou quando teve que dar uma olhadinha numa letra de uma das canções.

 

Foi apenas uma apresentação de parte das músicas do CD, todas falando da vitória dos que creem que “o Deus de ontem é o mesmo hoje e eternamente”, como ela declarou entre uma música e outra.

 

Amara falou da sua caminhada pelos palcos das bandas de forró mais famosas do Brasil. De como ganhava dinheiro com isso e porque deixou todos esses aplausos para dedicar-se à fé cristã/evangélica. “Eu tinha tudo, meus irmãos, era aplaudida por multidões quando subia ao palco e ali, eu passava uma mensagem vazia, vendia a ilusão da felicidade, da alegria passageira. Depois dos shows, no hotel, eu também sentia um vazio imenso no meu coração.”

 

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Oscar Silva

E, continuou Amara em seu testemunho: “Eu cheguei na Banda Gatinha Manhosa justamente para substituir a cantora Sara que estava saindo da Banda porque havia se convertido e não via como conciliar estas duas coisas. E foi Sara que insistiu muito comigo para ir à igreja, ouvir mensagens de salvação e louvores que falavam do poder de Deus para mudar as nossas vidas. Até que um dia eu fui e me senti envolvida pela pregação e pelos hinos que ali eram entoados. E eu também me rendi ao chamado do Senhor Jesus. E aqui estou, louvando o seu Santo Nome. Aleluia!!!"

 

Amara também falou “da benção em minha vida ao ver minha mãe também se entregando ao Senhor Jesus. Que grande alegria inundou o meu coração! E ela está aqui, com minha tia, meus familiares, meu esposo Rafael por quem eu tenho orado muito para que, também ele, se renda aos pés do Senhor Jesus. Aqui está o meu filhinho, o Davi e a minha alegria maior será poder dizer com toda a minha força – ‘eu e minha casa serviremos ao Senhor’.

 

A palavra de Amara levou à decisão de uma jovem que estava na igreja.

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Pastor Josias de Souza

Após cantar dois hinos de sua autoria, o compositor Oscar Silva também falou “da grande alegria de ter recebido de Deus estes hinos para serem interpretados pela cantora  Amara Barros. Que Deus continue abençoando esta jovem levita do Senhor para levar a Sua mensagem, através dos hinos e de sua voz a todas as criaturas que precisam ouvir e entender esta mensagem de salvação”.

 

O Pastor Josias de Souza, da Igreja Assembléia de Deus da Barragem Leste, Alagoas, que está concluindo mais um CD que será lançado no final de janeiro ou início de fevereiro, também falou sobre Amara Barros. “Que prazer foi poder compartilhar desse ministério da irmã Amara e contribuir com algumas canções que ela interpretou tão bem com sua voz maravilhosa. Que o poder de Deus, na voz de Sua serva, traga muitos ao altar do Senhor Jesus”.

 

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Pastor Eliseu Nicácio, com a netinha

O Pastor Eliseu não escondia o seu contentamento. Ao abrir o culto, apresentou e agradeceu a todos os que contribuíram “para esse momento tão importante na vida da irmã Amara”. Falou dos músicos, dos compositores Pastor Josias e Oscar Silva, do apoio do Pr. Miguel e da Igreja Assembléia de Deus, das adolescentes da coreografia, da matéria publicada na revista Geração JC, da CPAD, que se baseou para isso em entrevistas e reportagens da Folha Sertaneja. Falou da Galvídeo que estava ali, com o seu diretor Antônio Galdino e os câmeras Nícolas e André, registrando esse lançamento . Eliseu aproveitou para apresentar o filho Elianderson Nicácio que estava com a esposa e a netinha. Foi Elianderson que produziu a capa do CD.

 

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Pastor José Miguel

O Pastor Miguel, presidente das Assembleias de Deus da região de Paulo Afonso, que reúnem mais de quarenta congregações e pastor da Igreja Assembleia de Deus da sede do município, na rua São Francisco, onde aconteceu o evento, também agradeceu aos que ajudaram a realizar “esse sonho de Deus na vida da irmã Amara” e aproveitou para lançar um desafio aos cantores e compositores evangélicos que é a realização de um grande encontro, um festival de músicas evangélicas, cujo prêmio seria a gravação de uma CD. O desafio foi aceito na hora por aqueles que foram chamados para isso, Oscar, Josias, Galdino, Jessélio, a própria Amara e os músicos presentes.

 

Ao ouvir esse chamamento, Oscar Silva disse já possuir pronto um projeto para isso e que sentiu que via ali “a providência de Deus para que ele venha se realizar, principalmente quando ele é anunciado por uma liderança como o Pastor José Miguel”.

 

Antônio Galdino
Antônio Galdino

Público no lançamento do CD de Amara Barros, na Assembléia de Deus em Paulo Afonso

Após o lançamento, Amara autografou o CD, vendido por apenas R$10 reais com direito a um exemplar do jornal Folha Sertaneja, no lançamento, que tem acompanhado, com suas reportagens e gravações pela www.tvmandacaru.com.br, esta nova vida de Amara Barros.

 

Amara estará fazendo nova apresentação do CD Ungido de Deus na programação natalina da Praça das Mangueiras, em Paulo Afonso-BA, no dia 29 de dezembro, às 20 horas.

Enviar por e-mail

Insira até cinco e-mails, separados por vírgula





Deixe um comentário






O comentário será enviado para um moderador antes de ser publicado.